O Yahoo Respostas será encerrado em 4 de maio de 2021 (horário do leste) e, a partir de 20 de abril de 2021 (horário do leste), estará disponível somente para leitura. Não haverá alterações em outras propriedades ou serviços ou em sua conta do Yahoo. Você pode encontrar mais informações sobre o encerramento do Yahoo Respostas e como fazer para baixar seus dados nesta página de ajuda .

Anônimo
Anônimo perguntou em Governo e PolíticaOutras - Governo e Política · Há 1 mês

“A condução da pandemia por Bolsonaro nos levará a uma tragédia”, afirma Arthur Chioro, ex-ministro da Saúde?

Para Chioro, o caminho é “enfrentar as forças conservadoras”. “Os fascistas precisam voltar para o armário e nós lutar pela vida, pelo SUS, pelo direito à vacina, por políticas públicas, ciência e tecnologia”, disse. Assista na TV 247

7 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 1 mês

    Assisti a essa fabulosa live na TV 247 e saí de lá assim...

    Attachment image
  • Anônimo
    Há 1 mês

    Ele não é o condutor da pandemia, tonto. Pandemia não precisa de condutor.

    Ele é o Presidente.

    Isso significa que não cabe a ele resolver problemas da alçada de governadores, secretários e prefeitos.

  • Anônimo
    Há 1 mês

    Um louco na direção de um País . 

  • Há 1 mês

    sim do jeito que comanda

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Anônimo
    Há 1 mês

    sim. eu já fui até a bahia fazendo isso, eu cheguei até o céu e lá tinha muitas nuvens aí fui andando e pulando de nuvem em nuvem até chegar lá, só foi difícil na hora de descer, eu tive que pular em cima de um prédio e depois tive que descer os andares e sair do prédio sem ninguém me notar.

  • Há 1 mês

    Verdade. Ele disse isso. Vi no 247. Pode acreditar, não é deep fake. O 247 não chegaria a esse ponto.  

  • Anônimo
    Há 1 mês

     Em participação no programa Pauta Brasil, transmitido pela TV 247, o ex-ministro da Saúde Arthur Chioro criticou duramente o governo Jair Bolsonaro pela ausência de ações para conter o avanço da Covid-19 no Brasil e reduzir a mortalidade causada pela doença.Para Chioro, Bolsonaro leva uma política de omissão deliberada que gera uma “tragédia sem precedentes”. O ex-ministro estima que o Brasil chegará ao final do primeiro semestre de 2021 com meio milhão de mortos pelo coronavírus. “A condução da pandemia por Bolsonaro nos levará a uma tragédia. Chegaremos em julho com mais de 500 mil óbitos no Brasil”.

    Segundo Chioro, caso o Brasil tivesse feito a lição de casa, registraria 44 mil óbitos. Se nada for feito, de acordo com ele, o número será maior que 1,5 milhão de mortes.

    Chioro elencou ainda diversas decisões de Bolsonaro e equipe que prejudicaram o combate à pandemia no Brasil: “desmonte da estrutura técnica do Ministério [da Saúde], do comitê de vacinação, a incapacidade de prover vacinas, de incidir sobre os insumos em falta, a ausência do governo e sabotagem em relação às medidas não medicalizantes, destruição das estratégias de isolamento social; o Ministério não fez campanhas de informação, a sabotagem do próprio presidente com o uso de máscaras, o confronto com governadores e prefeitos, incapacidade de financiar a saúde, os equívocos na estratégia de vacinação e a guerra política”.

    “São questões que se acumulam e irão gerar a tragédia social e humanitária que viveremos”, acrescentou.

    O ex-ministro concluiu lembrando da responsabilidade de cada cidadão na proteção à vida. O Brasil, de acordo com Chioro, necessita de um grande freio para não viver uma tragédia ainda maior. Para isso, porém, é preciso mobilizar a sociedade. “Os fascistas precisam voltar para o armário e nós lutar pela vida, pelo SUS, pelo direito à vacina, por políticas públicas, ciência e tecnologia. Precisamos enfrentar as forças conservadoras”.

    O Pauta Brasil, programa da Fundação Perseu Abramo, recebe especialistas, lideranças políticas e gestores públicos para discutir os grandes temas da conjuntura política brasileira. Os debates são realizados às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 17h, e transmitidos ao vivo pela TV 247

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.