Anônimo
Anônimo perguntou em Sociedade e CulturaOutras - Sociedade e Cultura · Há 2 semanas

Seja sincero: você, se estivesse em posição de poder roubar 10 milhões de dólares. Roubaria?

21 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 2 semanas
    Resposta favorita

    Aí dependeria de alguns fatores.

    Eu seria descoberto, perderia tudo e ainda seria preso?

    Ou iria poder usufruir dessa grana toda?

    Ou quem sabe fosse descoberto, tivesse que devolver a metade, ficasse só um ano preso e depois ficaria livre para usufruir da outra metade?

    Nos dois últimos casos, sim, eu roubaria!

    Fonte(s): Pronto falei.
  • Há 2 semanas

    Não.                 

  • Anônimo
    Há 1 semana

    Óbvio que não. Não pego dinheiro que não é meu. Coisa mais feia roubar.

  • Anônimo
    Há 2 semanas

    Jamais.................

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • pedro
    Lv 4
    Há 2 semanas

    Não,dinheiro fácil e uma maldição,dizia minha vó

    Não se deixe seduzir por isso,é uma armadilha

  • Frank
    Lv 7
    Há 2 semanas

    Quem TEME A DEUS jamais fará isso nem por 1 centavo. Sorte.

  • psO458
    Lv 7
    Há 1 semana

    Roubar um dólar ou 10 milhões te faz menos ou mais ladrão?

  • Há 1 semana

    Uma vez um sábio disse: filho não deixe as oportunidade escurregarem das sua mão

    Fonte(s): Sim roubaria e com gosto,usufruia da riqueza sem sentimentalismo
  • Filipe
    Lv 4
    Há 1 semana

    Levando em conta, que coisas erradas tendem adar errado.. eu nunca roubei nada, entao experiência no ramo "roubaiei" ..tendência que vai dar m4rda..

    Resposta: Não

  • Há 1 semana

    É aí que se emprega a frase "a oportunidade faz..."

  • Há 2 semanas

    Se eu fosse político,  não roubaria esse dinheiro que poderia salvar vidas no Sus. Pra mim,  corrupção é crime hediondo,  além da pessoa ficar um bom tempo na cadeia, também seria recolhido todos os seus bens materiais. 

    Bom dia  :)

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.