Por que em inglês e em espanhol, você não usa o artigo antes do nome verdadeiro de uma pessoa ou empresa, mas usa se for um nome de guerra?

Por exemplo (situação fictícia!), se surgir um boxeador com o nome de guerra de 'Indestrutível' (que pode ou não vir com o artigo gramatical logo antes em se tratando de ser o nome de guerra oficial e atual dele, que seria 'O Indestrutível' [isso de forma bem mais específica]), se passar o nome verdadeiro do esportista para o inglês e para o espanhol, não é possível chamá-lo de 'The + name + surname' (em inglês) ou de 'El + nombre + apellido' (em espanhol)... mas, por outro lado, dá para chamá-lo de 'The/El Indestructible' (a tradução [em termos de grafia] é idêntica nos dois idiomas).

No caso, quais os critérios e os processos para definir que nomes verdadeiros não levam os artigos, mas de guerra, sim?

Pelo menos em português, é bem comum usar o artigo... sendo que, dependendo do caso, você é obrigado(a) a incluí-lo.

Ah, sim: não falo francês (inclusive, meu amigo de infância e o pessoal da redação de um site que frequento acham que devo aprendê-lo, sim, pois me será bem útil para meu currículo e meu histórico), só que um hispano-americano já me disse que, em francês, o artigo também não é usado antes do nome verdadeiro. É isso aí mesmo?

Atualizada:

Cara, valeu mesmo por ter me elogiado! E entendi bem sua resposta!

Totalmente grato por ter me respondido!

1 Resposta

Classificação
  • Anônimo
    Há 1 mês
    Resposta favorita

    Isso é meio que intuitivo.

    Por exemplo, como ela se chama? Daniela, a águia das pistas. Entende? A gente coloca o artigo pq parece uma espécie de aposto.

    Qual usuário mais top do YR? Sávio

    Qual usuário mais top do YR? O Rei Sávio. 

    Entende? Não sei explicar, mas é natural a diferença.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.