Anônimo
Anônimo perguntou em Educação e ReferênciaNível Superior · Há 2 meses

Medicina vai se tornar um curso desvalorizado?

Antigamente direito era igual medicina, super concorrido, tinha muito status.

Mas agora tem tanta gente se formando, muita universidade particular que o curso tá se tornando desvalorizado, muita gente formada desempregada.

E está acontecendo aos poucos a mesma coisa com medicina, concordam?

9 Respostas

Classificação
  • ?
    Lv 7
    Há 4 dias

    pergunta complicada hein

  • Anônimo
    Há 2 meses

    Não concordo. Ainda mais agr na pandemia, os médicos estão mais valorizados pq sempre precisaremos cuidar da nossa saúde.

    A nota de corte pra medicina é altíssima (acima de 750), e se for pagar, é caríssimo (acima de 5.000 reais). Com uma nota de corte de 600 da pra fazer Direito, e com menos de 500 reais da pra pagar a mensalidade desse curso.

    Medicina tem um piso salarial de 15.000 reais pra 20 horas semanais de trabalho, já a média salarial de um advogado é menos de 4.000 reais.

  • Anônimo
    Há 2 meses

    Amigo eu tenho doutorado. E estou desempregado me humilhando pra emprego de 1 salários  minimo e ainda nao encontro nada. Todas as areas estso assim. Resultado de muitos anos de socialismo que deixou empreender nesse país muito caro

  • Anônimo
    Há 2 meses

    Não é tão fácil abrir faculdade de medicina quanto é fácil abrir faculdade de direito, pois é preciso ter uma série de requisitos como maternidade, hospital, etc. O número de médicos vai dobrar ou triplicar nos próximos 30 anos, mas existe muita demanda. Tem médico que a pessoa só consegue vaga daqui a 10 dias. Mas de fato para a maioria dos médicos não vão ganhar 30 mil, 40 mil por mês. Mas vai dar até os próximos 40 anos para ser no mínimo classe média bem de vida.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 2 meses

    A importância das profissões altera com o tempo. A medicina sofre concorrência da tecnologia da informação e de aparatos tecnológicos que tornam a maioria dos médicos simples emissores de receitas ou operadores de máquinas. Adapte-se ou pereça...

  • Há 2 meses

    Não concordo. O direito só se tornou desvalorizado pelo fato de ter sido permitido que "abrissem" faculdades de direito de qualidade e que qualquer um consegue vaga em direito em uma dessas "unesquinas ". Já as faculdades de medicina não estão se proliferando da mesma forma pois o MEC está realmente exigindo que sejam cumpridas normas mínimas de qualidade para que uma nova faculdade de medicina possa ser aberta. Uma da coisas é que são exigidos que os cursos tenham hospitais próprios ou conveniados e que neles sejam prestados serviços para a população mais carente. Só isso já dificulta muito que as pessoas queiram investir tanto dinheiro para abrir um curso de medicina. Ainda temos muito campo de trabalho para médicos no Brasil. Os grandes centros urbanos estão muito bem servidos de médicos mas nas pequenas cidades isso é claramente muito deficiente e muitas vagas de trabalhos não são preenchidas por falta de profissionais. Boa sorte. 

    Fonte(s): 67 anos de vida, arquiteta e professora de arte.
  • Anônimo
    Há 2 meses

    Acho que não, o que pode (e vai) acontecer é uma maior competição 

    Eu, por exemplo, pretendo fazer medicina no Brasil, mas penso em fazer residência nos EUA, pois isso vai me colocar muito a frente de qualquer outro médico brasileiro que não seja velho.

  • Há 2 meses

    Concordo em partes. Realmente, hoje é bem mais fácil  entrar na faculdade de medicina do que era antigamente, mas não acho que vai rolar desemprego e nem saturação desse profissão no mercado, pois o setor da saúde no Brasil ainda é precário em vários aspectos, e ainda há uma demanda muito grande não apenas por médicos, mas por profissionais da saúde em geral, então acho que nunca vai faltar oportunidade de emprego para quem é formado em medicina.

  • ?
    Lv 4
    Há 2 meses

    Jamais será desvalorizado, pode diminui o salário, mas todos nós iremos precisar passar por um médico, é uma das profissões mais difíceis e importantes do mundo 

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.