Qual sua opinião deste fato (que me ocorreu nesta tarde)? Leiam mais e comentem também se já passaram por algo parecido, igual ou idêntico:?

Pois muito bem, eu estava em uma banca de jornais e revistas daqui de Vitória (Espírito Santo), queria olhar os preços de algumas revistas e suas capas também (só as capas: não leria as leria em si no caso...) e comprar uma mercadoria já definida (e que não era uma revista...), mas tinha um cliente sentado em frente ao dono da banca e, no que esse cliente se sentou, ele mesmo tapou a prateleira das revistas e ficou jogando conversa fora com o jornaleiro por mais de quarenta minutos!

Daí, em dado momento, eu aproveitei que ele tinha se levantado para olhar as revistas, pelo que o dono da banca me pediu para dar licença, pois o outro cliente estava de volta e tomando uma cerveja (não critico quem gosta de cerveja: só estou aqui, descrevendo o ocorrido todo, que é para vocês tomarem ciência/conhecimento da coisa toda!), que tinha acabado de pegar do bar!

Nisso, fiquei incomodado demais, fui embora e julguei por bem não frequentar mais essa banca... eu fui à rua em que ela se encontra resolver outros tipos de questões e em estabelecimentos adjacentes; decidi, então, aproveitar e visitar a banca, só que me senti totalmente humilhado e ofendido!

No caso, fui (ou estou sendo até o momento...) exigente e perfeccionista demais? Podem me falar que estou errado (caso esteja, mesmo...)!

Agora, sim, é com vocês mesmos!

Atualizada:

Cara, pode me dizer pelo Messenger? Também quero saber como tirar contas já excluídas de minha rede...

Muitíssimo grato por ter respondido!

2 Respostas

Classificação
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.