Alguns gostam de criticar a Bíblia e fazer distinção do Deus do AT e do NT, mas não percebem que Deus,  além de ser  o mesmo, não mudou?

Vem com abobrinha e as mesmas falácias de sempre!!..Uma ladainha sem fim!

''Ah, Deus no AT era mau, mandava matar criancinhas''

''Deus permitia o incesto''

''Agora Deus é só amor, antes um sanguinário''..  E por aí vai..

Mas não percebem que Deus não mudou!..Ele continua sendo Deus, dono da vida..e da morte..

Mata sem piedade e tem piedade sem fim...A vida aqui na Terra é passageira e Deus sabe mais que ninguém!

Ele mata sim. Continua matando quem atrapalha seus planos! Continua tirando a erva daninha da sua plantação...O lobo do meio de suas ovelhas! Quanto ao incesto, Deus nunca permitiu, mas respeitou o livre arbítrio de alguns no passado, assim como hoje em dia.. Os frutos dos incestos foram as causas dos maiores males do povo de Israel e de toda  a humanidade, e até hoje trás suas consequências!.. Adão teve filhos com Eva, mas quem disse que seus filhos se casaram entre si?..

Há mistérios que a Bíblia não revela!...E o que foi revelado está mais que explicado!..

Mas vem alguns  e dão uma breve lida e logo correm espalhando suas falácias. Não entendem nada, mas querem ser doutores espalhando suas tolices!

Qualquer um que for perguntado se Hitler, por exemplo, deveria ter morrido quando criança, dirá que sim, que deveria... Então estão , de certa forma, matando uma criança.. E por que Deus não poderia mandar matar aquelas que Ele sabia que seriam um mal no futuro? 

Deus sempre será amor, e quem ama protege. Quem negligencia e descuida perde o que lhe é mais precioso

Atualizada:

Iconoclasta Sagaz ..kkkk  pateta é vc mano, com essa de ''ATEÍSMO = CORAGEM!!''' kkkkkk

Que merdah de bordão sem sentido.. e vc não entendeu meu raciocínio..   .. Sobre o amor------Um pai não mataria outro homem pra proteger seu filho?.. Esse papo ateu de que Deus matava criancinha é furado.. Argumento sem pensamento e conhecimento.

3 Respostas

Classificação
  • Hermes
    Lv 6
    Há 1 mês

    ''Ah, Deus no AT era mau, mandava matar criancinhas''. Mas o problema é que é verdade, não é abobrinha, está na Bíblia:

    Números 31, 17 "Matai, portanto, todas as crianças do sexo masculino. Matai também todas as mulheres que conheceram varão, coabitando com ele".

    Deus assassino.

  • Há 1 mês

    "Ele mata sim. Continua matando quem atrapalha seus planos!", por um lado...

    "Deus sempre será amor, e quem ama protege.", por outro lado..

    Muito coerente mesmo...

    Mais: um deus que MATA CRIANÇAS no caso moisés versus faraó fez o que era certo fazer?!?!?

    Pateta...

    Mas o curioso é que esse deus precisa de PROCURADORES aqui na Terra para fazerem o que ele, supostamente, deseja: precisa de pastores, bispos, padres, rabinos, aiatolás, xamãs e não sei mais o quê...

    E TODOS eles dizem estar falando e fazendo "em nome de deus"; há otários que acreditam...

    ATEUS não se curvam, sabemos de tudo, e ELES sabem que nós sabemos que tudo é FARSA MILENAR...

    ATEÍSMO = CORAGEM!!

  • L u x
    Lv 6
    Há 1 mês

    O Cristianismo não mudou a cabeça das pessoas, o que mudou a cabeça das pessoas foi o tempo, assim como o Judaísmo não mudou a cabeça das pessoas, o que mudou foi o tempo.

    Mas como assim? Darei um exemplo!

    - > Os Cristãos do passado odiavam negros (matavam) e sustentavam seu racismo com pautas religiosos. Os Cristãos do passado queimavam pessoas e sustentavam queimar pessoas com pautas religiosos. Os Cristãos do passado acusavam e para acusar acusavam com pautas religiosas.

    O que Jesus Cristo falou não valeu de absolutamente nada pro Tempo dele, na verdade, o que ele disse não vale nem pro nosso tempo.

    Aí você pode dizer "Ele pregou coisas boas" mas as pessoas boas elas conceberiam por si mesmas mais cedo ou mais tarde, e as pessoas más, elas não iriam conceber coisas boas, ainda que lhes fosse ensinado, dou-te por exemplo a Flor Delis (a pastora evangélica que conhecendo o evangelho não hesitou em mandar matar o próprio marido) - porque não vale de absolutamente nada.

    Moisés ele sabia perfeitamente disso no tempo dele, ele sabia que falar não adiantava para contar, motivo qual ele impôs regras que cogitariam na morte de algumas pessoas que a desrespeitassem, o que incluía o apedrejamento pra época.

    Você tem que ter em vista várias coisas.

    1. Não havia polícia, a força física era a única arma, logo se um homem forte e alto decidisse de repente roubar a casa de alguém, e depois o povo perdoasse ele e fala-se "tadinho, ele é inocente" ele iria roubar mais 4, mais 5 e mais 20, e o povo dependendo unicamente da força física (o tamanho) não iriam se defender senão em bando (reunidos) e propriamente com paus e pedras pra exterminar os "agentes demoníacos" da sociedade.

    Hoje em dia isso é desnecessário, porque a estrutura da sociedade é outra, temos tribunais que tiveram suas leis testadas (algumas retiradas, outras inclusas, por tanto, a constituição de leis vive se aperfeiçoando com o tempo), temos a polícia que não precisa ter "força física" porque já possuí revolver (logo se 1 cara resolver dar uma de "louco fodão" vem polícia 1-2 se não conter com 1-2- então vem 20, 40, e se não conter, vem de outros países o exército, logo não tem como "pagar de fortão" hoje em dia como poderia-se pagar no passado).

    2. Como o povo do passado era mais primitivo, a mente deles era totalmente voltada a coisas materiais, aqui trata-se (riqueza, mulheres, poder, violência). Hoje em dia ainda temos isso (é inevitável), todavia, evoluíram a ponto de desenvolver uma "Moral Coletiva", ou seja, se o Fulano assassinar beltrano, estuprar fulana, fizer algo grave, toda a sociedade ficará contra, aliás, desenvolveram uma "Moral". No passado essa Moral não existia (estuprar era normal, matar era normal, devorar pessoas vivas era normal).

    Eu estou falando que apedrejar é errado?

    - Não não estou falando isso !

    O que estou falando é que pra época não bastava simples palavras, era preciso uma força social pra contar pedradores sociais, e que Moisés sabia disso, e ele escreveu as Leis conforme o tempo (Se matar sem motivo, deverá ser morto publicamente, desta forma, pensaram duas vezes antes de matar. Se o fulano fizer X coisa, deverá ser exposto publicamente, desta forma, pensará duas vezes) etc, etc, etc. Pra época era preciso e necessário.

    Ainda que Jesus Cristo não tivesse vindo e falado "não apedreje, não mate, não faça isso, não faça aquilo" uma hora ou outra iriam mudar a constituição, porque conforme iria ir avançando, iria ir surgindo pessoas querendo mudar as regras, e assim como derrubaram a Era Cristã do Papado, iriam derrubar aquela atual Era.

    Uma prova cabal do que estou falando são alguns valores hoje (bons ou maus) que estão sendo derrubados e dando espaço pra outros (conforme o tempo avançou).

    Como pautas negras - que no passado seriam consideradas absurdas, já que os negros não eram X ou Y. 

    Pautas de respeito LGBT e direitos - que no passado eram consideradas absurdas também.

    Pautas trabalhistas - Que no passado nunca iriam ser aceitas

    Pautas de igualdade - Que no passado nunca iriam entrar em vigor nem na constituição

    Pautas Religiosas - Que nunca iriam debater

    Pautas Cientificas - Que nunca iriam debater

    etc, etc, etc.

    Nem todas as regras do passado se adaptam a essa era, muitas coisas vão cair no descrédito.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.