Beck perguntou em Animais de EstimaçãoCães · Há 6 meses

Meu cachorro está destruindo tudo?

Bom,eu adotei pq ele estava em estado precário, foi achado em um esgoto com o pescoço em carne viva e desnutrido ..Ok, levei no veterinário, descobri que estava com dermatite pois ele fedia e se coçava muito,eu e minha mãe gastamos dinheiro com exame,consulta e remédios, ao todo foram 530,00 e hoje ele está ótimo! 

Acontece que, ele agora está dando pra destruir tudo dentro de casa,e ele sabe que está destruindo pq assim que a gente ver tudo destruido,ele corre pra de baixo da mesa ,fica na varanda e lá tem cesto de roupas,ele destruiu todos os pregadores,lascou o tapete, joga tudo no chão, e já está rolando até discussão entre eu e minha mãe por causa disso,e hj ela falou que não queria mais ele dentro de casa e que eu desse um jeito de doar ele .

Oq eu faço? Até eu já estou perdendo a paciência com ele.

3 Respostas

Classificação
  • Há 6 meses

    Essas dicas me ajudou muito, quando tive as mesmas coisas

  • Anônimo
    Há 6 meses

    ISSO É NORMAL POR CAUSA DA IDADE DELE, COM O TEMPO VAI DEIXAR DE FAZER ISSO, PROCURE ALGUM BRINQUEDO MACIÇO QUE DISTRAIA O ANIMAL, UM BOM PEDAÇO DE CORDA CHEIO DE NÓS PRESO NUMA ÁRVORE, OU COM UM BLOCO DE CIMENTO PRA FAZER PESO E CANSAR O ANIMAL TRARÁ MENOS PREJUÍZO, VAI POR MIM QUE AQUI TEM 5.

  • Há 6 meses

    P1 - História -2º B- 2º Trimestre

    *Obrigatório

    Nome *

    Eduardo Nobrega Rodrigues da Silva

    Número e Série *

    Número 08, 2°B

    A Revolução Farroupilha ocorreu no Rio Grande do Sul, entre 1835 e 1845 o movimento teve início no dia 20 de setembro de 1835. Sobre esse assunto leia as afirmações e assinale se são verdadeiras ou falsas. I- A situação política na região era tensa desde a independência em razão do vínculo de alguns setores políticos com Portugal e da grande desigualdade social; II- Houve dificuldade em conciliar os diferentes interesses dos envolvidos no movimento, devido à forte repressão do governo e uma epidemia de varíola que enfraqueceu o movimento; III- O movimento resistiu até 1845 quando os últimos grupos se renderam; estima-se que mais de 30 mil pessoas tenham morrido nessa revolução; .IV- O movimento no Rio Grande do Sul teve origem nos conflitos entre os poderosos estancieiros gaúchos e o governo central; V- Os estancieiros gaúchos estavam descontentes com os altos impostos cobrados sobre o charque, que encareciam o produto e favoreciam a concorrência dos artigos argentinos e uruguaios; VI- Muitos escravos aderiram à Revolução Farroupilha, com a promessa de que seriam libertados após o conflito; VII - Apesar das promessas de alforria, os escravos que participaram do movimento não foram libertados pela República Rio-Grandense. *

    1 ponto

    F,F,F,V,V,V,V.

    V,V,V,V,F,F,F.

    V,F,V,F,V,F,V.

    F,V,V,F,V,F,V.

    F,V,V,V,V,F,F.

    As ideias liberais, identificadas com os interesses da burguesia em ascensão, desenvolveram-se e consolidaram-se ao longo dos séculos XVIII e XIX, levando a profundas transformações nos campos da política e da economia. Sobre esse assunto, considere as seguintes afirmações: I - Entre 1830 e 1848 teve início na França um onda revolucionária que logo se expandiu por quase todo o continente; II- No plano econômico, os liberais pregavam a liberdade na prática das atividades produtivas e comerciais, sem a interferência do Estado, que serviria apenas para garantir o direito de propriedade e a livre-iniciativa individual por meio de uma legislação criada para esse fim; III- A onda revolucionária da década de 1830 na Europa contribuiu para tornar mais próxima a derrota dos aristocratas e a consolidação do poder burguês no plano político; IV- No campo político, os adeptos do liberalismo contestavam o direito divino dos monarcas e os privilégios da nobreza e do clero; V- A burguesia queria garantir sua participação política sem colocar em risco suas propriedades. Os proletários, os socialistas e a população pobre da cidade, por sua vez, desejavam transformar a sociedade; VI- Independentemente das diferenças, as propostas dos liberais tinham em comum o fato de não incluírem demandas pela igualdade social e pela participação política de todas as camadas da população. Estão corretas as afirmações: *

    1 ponto

    IV, V e VI.

    I, II e III.

    II, III e V.

    II, IV e VI.

    I, III e V.

    Sobre os pensadores socialistas utópicos, leia as afirmações classificando-as como Verdadeiras ou Falsas: I- Robert Owen o problema estaria nas precárias condições de trabalho a que eram submetidos os operários.; II- Claude-Henri de Rouvroy, o conde de Saint-Simon apontava a ociosidade de certos grupos da população, como o dos proprietários, como o pior problema da sociedade; III - Friedrich Engels procurou compreender os mecanismos do sistema capitalista, pois acreditava que após esse entendimento seria possível encontrar os meios para sua superação; IV- Bakunin defendia a proposta de que o Estado deveria ser dissolvido imediatamente, discordando da ditadura do proletariado marxista; V- Charles Fourier identificava a propriedade privada como um dos principais problemas da sociedade. Ele propunha a construção de um modelo de organização social com base na associação e no cooperativismo. *

    1 ponto

    F, F, F, V, V.

    V, V, F, F, V

    V, F, V, F, V.

    V, V, V, F, F.

    F, F,V, F, F.

    A história de todas as sociedades tem sido a história das lutas de classe. Classe oprimida pelo despotismo feudal, a burguesia conquistou a soberania política no Estado moderno, no qual uma exploração aberta e direta substituiu a exploração velada por ilusões religiosas. A estrutura econômica da sociedade condiciona as suas formas jurídicas, políticas, religiosas, artísticas ou filosóficas. Não é a consciência do homem que determina o seu ser, mas, ao contrário, são as relações de produção que ele contrai que determinam a sua consciência. (Adaptado de K. Marx e F. Engels, Obras escolhidas. São Paulo: Alfa-Ômega, ./d., vol 1, p. 21-23, 301-302.0).As proposições dos enunciados acima podem ser associadas ao pensamento conhecido como: *

    1 ponto

    Socialismo científico que acredita na transformação espontânea da sociedade capitalista em socialista.

    Materialismo histórico, que concebe a história a partir da luta de classes e da determinação das formas ideológicas pelas relações de produção.

    Socialismo utópico, que defende a reforma do capitalismo, com o fim da exploração econômica e a abolição do Estado por meio da ação direta.

    Materialismo histórico, que compreende as sociedades humanas a partir de ideias universais independentes da realidade histórica e social.

    Socialismo utópico, que propõe a destruição do capitalismo por meio de uma revolução e a implantação de uma ditadura do proletariado.

    Leia as afirmações abaixo e selecione a alternativa INCORRETA: *

    1 ponto

    A Lei Saraiva, de 1881, fez parte de uma reação conservadora que, prevendo o decreto da Abolição, criou mecanismos para impedir o voto dos analfabetos.

    A Abolição da Escravatura no Brasil não veio acompanhada de nenhuma política que possibilitasse o desenvolvimento econômico dos negros libertos.

    A Lei Saraiva-Cotejipe, também conhecida como Lei dos Sexagenários, libertava os escravos com mais de 60 anos de idade após três anos de serviço.

    A Lei do Ventre Livre determinava que todo filho de escravo nascido após 1871 deveria ser liberto imediatamente sem nenhum tipo de indenização.

    A Lei Áurea foi realizada como forma de as elites barrarem o avanço do debate sobre a reforma agrária.

    Quando Dom Pedro I abdicou, em abril de 1831, o príncipe herdeiro tinha apenas 5 anos. Como ele ainda não tinha idade suficiente para governar, uma junta de governo assumiu o poder transitoriamente, dando início ao período regencial. Sobre esse assunto, considere as afirmações a seguir: I - Em 1837, o senador regressista Pedro de Araújo Lima assumiu interinamente o Poder Executivo, dando início ao processo de centralização política do império; II- O grupo Liberais moderados eram proprietários rurais militares, padres e profissionais liberais que viam na figura do imperador um meio de preservar seus privilégios, mas defendiam o aumento dos poderes e das atribuições do Legislativo; III - O crescimento econômico durante o período citado propiciou às camadas mais ricas da sociedade a adoção de costumes refinados, importados dos centros urbanos europeus; IV- Em 1850 o Brasil aprovou a Lei Eusébio de Queirós, que extinguiu o tráfico de cativos, assim a entrada de africanos no Brasil aumentou drasticamente, e o preço de um escravo diminuiu em poucos meses; V - Em abril de 1831, a fim de solucionar a questão da sucessão de Dom Pedro I, foi criada uma Regência Trina Provisória, eleita pela Assembleia Geral para governar o Brasil, essa Regência governou até julho do mesmo ano, quando a Câmara, dominada pelos moderados, escolheu um novo governo; VI - Aprovado em agosto de 1834, o Ato Adicional modificou a Constituição de 1824, estabelecendo mudanças descentralizadoras. As afirmações incorretas são: *

    1 ponto

    I e III.

    I e II.

    III e IV.

    V e VI.

    IV e V.

    Durante o período regencial, o governo central foi contestado por revoltas em diversas províncias, na Bahia, no Rio Grande do Sul, no Maranhão, no Mato Grosso e no Grão Pará. Sobre esse assunto considere as seguintes afirmações: I - Em janeiro de 1835, a cidade de Salvador foi palco da Revolta dos Malês, organizada e conduzida por africanos escravizados e libertos, apesar de o movimento ter sido organizado e liderado por malês, nem todos os negros muçulmanos da cidade participaram da revolta, assim como nem todos os rebeldes eram seguidores do islamismo; II - Apesar das promessas de alforria, os escravos que participaram do movimento não foram libertados; III - O sentimento antilusitano, associado ao grande descontentamento com as condições precárias de vida, impulsionou uma série de levante na região do Grão Pará destacando a sublevação, conhecida como Cabanagem que se espalhou-se pela província; IV- A Guerra dos Farrapos, ocorreu no Rio Grande do Sul, entre 1835 e 1845, teve origem nos conflitos entre os poderosos estancieiros gaúchos e o governo central; V- A Sabinada foi uma revolta popular contra os desmandos da aristocracia rural do Maranhão contra as imposições e as nomeações políticas do governo regencial; VI –Em 30 de maio de 1834 teve início as Rusgas Cuiabanas devido aos boatos espalhados de que os portugueses estariam planejando o assassinato do Padre Diogo Antônio Feijó. Estão incorretas as alternativas: *

    1 ponto

    IV, V e VI.

    II, V e VI.

    I, II e V.

    III, IV e V.

    I, II e III

    O principal objeto de estudo de Marx e Engels foi a sociedade em que viviam. Em seus estudos, concluíram que a propriedade privada dos meios de produção e a mais-valia eram a essência do sistema capitalista. Sobre esse assunto considere as seguintes afirmações: I - Mais-valia é o termo famosamente empregado por Karl Marx à diferença entre o valor final da mercadoria produzida e a soma do valor dos meios de produção e do valor do trabalho que é a base do lucro no sistema capitalista; II - Meios de produção, eles se referiam à terra, aos imóveis, aos instrumentos de trabalho, ao capital, às matérias-primas, enfim, a , 

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.