E SE SEU FILHO FOSSE GAY?

16 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 1 mês
    Resposta favorita

    Eu sou evangélico...e quanto mais tempo passo com Ele em oração, leitura bíblica, me sobra menos espaço para o preconceito, julgamento e ódio. Quando a gente se aproxima de Deus, o Amor dEle preenche o nosso ser. Se eu tivesse um filho gay, eu o amaria e expressaria ainda mais esse amor...pois ele ia precisar para enfrentar o que ele vai enfrentar. Eu oraria por ele, estaria do lado dele para o que der e vier.

    Eu conheço a historia de um pastor que o filho era transexual...e ele sempre tratou o filho dele com amor...e um dia esse pastor chamou o filho dele para ir a igreja...e ele disse que nao iria pois nao queria envergonhar o pai...e o pai disse que tinha muito orgulho dele e disse para ele ir...e quando ele foi a igreja, as pessoas olharam torto, alguns clamaram por misericórdia...e quando o pastor viu o seu filho, fez questão de abraça-lo na frente de todos...e as pessoas ficaram sem entender nada. Esse pastor faleceu...e resumindo a historia, hoje ele é missionario, casado com uma mulher e tem 2 filhos...e ele fez os procedimentos estéticos para ter aparência de homem novamente. 

  • Anônimo
    Há 1 mês

    Não iria ligar o problema é dele 

    Fonte(s): []
  • Há 1 mês

    Eu o amaria da mesma forma. Love is all. ❤❤❤

  • Anônimo
    Há 1 mês

    No passado quando era um ignorante não entendendo a situação talvez fizesse exatamente o que esse monte de pais homofobicos faz, daria surras, diria que são influencias de amigos, diria que ele tem algum problema mental ou coisa do genero e talvez ate expulsasse de casa, hoje em dia se algo assim acontecesse não faria nada, porque nada pode ser feito a não ser aceitar e ponto final, a sexualidade alheia não deveria ser problema pra ninguem só é por conta da mentalidade de Idade Média que o brasileiro ainda tem

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Anônimo
    Há 1 mês

    Siga seu caminho e seja feliz meu filho a vida é sua

  • Há 1 mês

    Eu daria todo o apoio psicológico possível, pq sei como é ser LGBT nesse país. Diria para ele ser forte e jamais deixar ninguém dizer que ele é menos do que alguém, independente se ele for ativo, passivo, discreto, afeminado etc. Ele continua sendo um ser humano como todo mundo e com os mesmos direitos e deveres, e que ele sendo uma pessoa honesta e verdadeira, não tem pq se esconder. O errado não é ele, e sim as pessoas preconceituosas.

  • Anônimo
    Há 1 mês

    Eu não abandonaria ele, nem desprezaria. Mas eu não concordaria, porque sou Cristão. 

    Eu ficaria do lado dele, aconselharia sempre para o bem. Mas abandonar, odiar, nunca. Não é preciso vc concordar com a pessoa para amar ela.

  • Há 1 mês

    Iria apoia-lo e cuidar dele com todo meu amor.

  • Anônimo
    Há 1 mês

    Aceitaria na boa, mas eu ficaria decepcionado se ele virasse bich4 louca, aqueles gays escandalosos.

  • É meu filho? Sim, é ele que vai queimar rosca? É, então problema dele kkkkkkkk

    Fo.da é a galera que diz que Deus não gosta de gays e que isso está na Bíblia, mas pelo que eu bem me lembro, a única frase contra os gays foi dita paulo se não me engano, e ele não é um exemplo de ser humano já que ele tbm fala coisas machistas em suas falas dizendo que mulher não tem lugar de fala em muitos assuntos, então cala boca ae religioso fanático

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.