A Receita Federal do Brasil pode realizar a interceptação de aeronaves ou embarcações suspeitas de contrabando?

A Receita Federal do Brasil pode realizar a interceptação de aeronaves ou embarcações com suspeitas de contrabando destinados ao nosso país? Fiquei nessa dúvida após ler o Art. 2 do Decreto 6.759, que diz que o território aduaneiro compreende todo o território nacional, e onde no Art. 3° do mesmo decreto enfatizou-se que a jurisdição aduaneira se estende por todo o território aduaneiro. As zonas secundárias, por exemplo, não são áreas alfandegadas, mas são subelementos do território aduaneiro, sendo assim a RFB poderia realizar interceptações?

Não há respostas ainda.
Seja o primeiro a responder esta pergunta.