Lucas perguntou em Ciências e MatemáticaFísica · Há 2 meses

SE VOCÊ É UM FÍSICO OU MANJA DE FÍSICA , ESSA PERGUNTA É PARA VC!?

Gente, se eu estiver em uma nave na velocidade da luz, como ficaria meu tempo?

Eu estaria no futuro? Estaria no passado? O tempo passaria mas rápido?

Pfv ajudem-me

thanks por me ajudar!

7 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 2 meses
    Resposta favorita

    Pelo que entendi, suponhamos que você passasse um ano dentro de uma espaçonave que se desloca a 1,07 bilhão de km/h e depois retornasse para a Terra, as pessoas que ficaram por aqui estariam dez anos mais velhas que você! Como elas estavam praticamente paradas em relação ao movimento da nave, o tempo passou dez vezes mais rápido para elas mas isso do seu ponto de vista. Para os outros terráqueos, foi você quem teve a experiência de sentir o tempo passar mais devagar. Dessa forma, o tempo deixa de ser um valor universal e passa a ser relativo ao ponto de vista de cada um, daí vem o nome “relatividade”. De acordo com Einstein, o tempo vai passando cada vez mais devagar até que se atinja a velocidade da luz, de 1,08 bilhão de km/h, o valor máximo possível no Universo.

    A essa velocidade, ocorre o mais espantoso: o tempo simplesmente deixa de passar! É como se a velocidade do espaço (aquela do velocímetro da nave) retirasse tudo o que fosse possível da velocidade do tempo. No outro extremo, para quem está parado, a velocidade está toda concentrada na dimensão do tempo.

  • DIOVAN
    Lv 7
    Há 2 meses

    Pode parecer uma boa ideia para se explorar o universo, mas na prática seria bem diferente.

    Se viajássemos em uma velocidade perto da velocidade da luz, experimentaríamos uma desaceleração, ou seja, o tempo se moveria mais devagar para nós do que para as outras pessoas. Se você realmente chegasse à velocidade da luz, o tempo pararia completamente. E caso se pudesse ir mais rápido do que a velocidade da luz, o tempo começaria a retroceder!

    Nessa velocidade, seu campo de visão também mudaria drasticamente. O mundo apareceria através da janela da sua aeronave em forma de um túnel. Além disso, as estrelas na sua frente apareceriam em azul e as estrelas atrás de você apareceriam vermelhas.

    A conseqüência é evidente: para que seja luz, ela deve apresentar a mesma velocidade para todos os seus observadores. Com base nisso, a Física moderna foi capaz de imaginar o que aconteceria se fôssemos capazes de viajar tão rapidamente quanto um dos seus raios. Chamam-se velocinautas esses viajantes do espaço; se chegarem a existir um dia, experimentarão sensações não de todo agradáveis. Antes mesmo de chegarem aos 300 000 quilômetros por segundo, todos os objetos i que encontrarem no espaço parecerão diminuídos em seu comprimento. O tempo dentro da nave espacial andará cada vez mais devagar, fazendo com que os velocinautas envelheçam menos que seus parentes na Terra.

    Apesar da aceleração sempre constante, será cada vez mais difícil aumentar a velocidade porque a nave e tudo que viaja nela, inclusive os tripulantes, se tornarão cada vez mais pesados. Teoricamente, a nave atrairá outros corpos celestes, até que todos se choquem com ela. Os velocinautas estarão, a essa altura, aproximando-se da fronteira temporal do Universo: voarão diretamente para o futuro. Um dos responsáveis por isso é o fenômeno chamado dilatação temporal.

    A varinha mágica que usaremos para isso será, mais uma vez, a velocidade da luz. Em vez da unidade temporal, o segundo, colocamos sobre um quarto eixo a distância que a luz percorreria naquele período, ou seja, 300 000 quilômetros. Em comparação com os outros três, este eixo estará exageradamente dilatado. De qualquer forma, trata-se de uma esfera perfeitamente válida, em termos físicos, e a ela chamamos quarta dimensão ou, às vezes, eixo temporal. Você percebeu que se trata do tempo espacial, da relação do tempo com o espaço por meio da velocidade da luz. Assim, pode-se dizer que cada um de nós se desloca constantemente à mesma velocidade – a velocidade da luz – por esse tempo espacial da quarta dimensão, embora para direções diferentes.

    Se ficamos quietos na Terra nos movemos à velocidade máxima, um segundo por segundo, ao longo do super eixo. O espaço permanece quieto também. Se embarcamos em uma nave veloz, uma parte desse movimento será deslocada para a locomoção no espaço. Em conseqüência, diminui a velocidade do tempo. Por exemplo, um fóton, o átomo da luz, cruza vertiginosamente o espaço, na velocidade máxima. Não sobra mais velocidade, portanto, para um deslocamento temporal. O fóton não progride mais no tempo, uma vez que este se deteve definitivamente. Em todo caso, há uma diferença entre espaço e tempo: só podemos regressar quando viajamos pelo primeiro. 

    • LucasHá 2 mesesDenunciar

      pq o tempo ficaria mais devagar???? até agr e n entendi. Se eu estou perto da velocidade da luz, o meu tempo passaria mais raipido, não?

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 mês

    O tempo é relativo ao observador.

    Então se você (como observador) viajar na velocidade da luz, o tempo irá transcorrer normalmente.

    E quando voltares na Terra, este observador que viajou contigo, irão observar que os teus conhecidos estarão mais velhos (em relação ao teu observador). Mas para um observador que permanecesse na Terra, ele irá dizer que o tempo não passou para vocês, pois a aparência seria quase igual de quando partiram.

    Este problema se chama "Paradoxo dos Gêmeos" e está muito bem explicado neste vídeo abaixo:

    https://www.youtube.com/watch?v=CrlHrP2LgnI

    Youtube thumbnail

    Outro paradoxo dentro deste é que a explicação é extremamente simples, mas muito complicado ao mesmo tempo, pois os fenômenos da física levados ao extremo, parecem fugir do senso comum.

    Um abraço e grandes estudos, vida longa e próspera.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    ENTÃO ESSA PERGUNTA NAO E PARA MIM

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Neo
    Lv 4
    Há 2 meses

    Nenhum corpo ou partícula com massa inercial diferente de zero pode atingir a velocidade da luz. A energia necessária seria infinita, portanto impossível. A luz pode viajar na velocidade c, pois não tem massa inercial e sua energia depende da frequência E=hf, também tem momento, tal que seu momento não depende da massa e sim do comprimento de onda p=h/(lambda). Se uma nave estiver com 99% da velocidade da luz o que teríamos é que o astronauta olharia seu relógio e não perceberia nada, mas se olhasse para alguém fora da nave em velocidade muito inferior a da luz ele teria a impressão que essa pessoa está se movendo rapidamente. Isso porque Delta(t)=gama.Delta(t próprio) e gama é maior que 1. Agora vamos olhar do ponto de vista de quem está fora da nave: Ele olha no relógio e ele não vê nada de anormal, mas olha a nave se afastar com velocidade de 99% olhando a janela da nave ele vê o tempo passar rapidamente para o astronauta. Epá, peraí, mas não era o astronauta que via a pessoa na Terra passando o tempo rapidamente? Então, ambos estão corretos, pois se a nave se afasta da terra com velocidade c a Terra se afasta com velocidade -c. (Perceba também que o tempo passar rapidamente também pode ser entendido como o tempo passou lentamente para quem se move mais rápido que o seu referencial). Agora vem o paradoxo do gêmeos: Se o Tempo passou rapidamente para quem está na Terra sendo meu relógio na nave marcador do tempo próprio, posso dizer por uma questão de mudança do referencial de quem está na Terra que o relógio na Terra marca o tempo próprio. Ou seja, referenciais inerciais precisam dessa simetria e eu estou num paradoxo. Acontece que é impossível você viajar próximo a velocidade da luz e retornar para Terra sem fazer uma aceleração e uma desaceleração. Então o referencial inercial não se aplica. Portanto só a relatividade geral resolve o paradoxo e mostra que quem estava na nave envelheceu menos. mas outra vez dizer que a pessoa na nave teve seu tempo passando lentamente significa dizer que o Tempo na Terra passou rapidamente e isso significa que a pessoa que estava na nave viajou para o futuro, pois tudo se passou como se ela tivesse acelerando o universo e ficado com o tempo normal dentro da nave. Então a fórmula fica complicada, mas se tem interesse ela é Delta( t próprio)= integral(gama(v(t));dt). Resumo paradoxo dos gêmeos é um paradoxo em relatividade especial, mas não em relatividade geral. Corpos com massa não pode viajar na velocidade da luz. Nenhum corpo pode passar a velocidade da luz, pois exigiria uma energia maior que o infinito e violaria a causalidade, por exemplo um vidro quebrar antes da pedra ser lançada. Relatividade geral admite viagens para o futuro, também admite viagem para o passado em geometrias fechadas. Bons estudos.     

    Fonte(s): Sou Físico
    • ...Mostrar todos os comentários
    • Neo
      Lv 4
      Há 2 mesesDenunciar

      perto da velocidade da luz é quem tem o tempo passando lentamente devido a aceleração do referencial. Ou seja resolve o paradoxo.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    O tempo iria passar EXTREMAMENTE DEVAGAR, à medida que a velocidade da nave, se aproximasse da velocidade da luz.O tempo iria PARAR, se a velocidade da luz fosse alcançada, o que é impossível.Tudo isso só seria percebido, se o astronauta pudesse ser observado por alguém que estivesse em repouso, em algum planeta, pois ele mesmo não notaria que está se movendo mais lento, que o relógio ou o coração dele está muito mais lento.Você estaria no presente, seu tempo seria extremamente mais lento, um batimento cardíaco seu poderia durar dez, cem, mil vezes mais tempo, que o de um humano na Terra, depende de quão próximo da velocidade da luz a nave estivesse.Por esse motivo, depois de envelhecer apenas alguns meses, ao voltar para a Terra, veria, surpreso, que décadas, séculos se passaram.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 2 meses

    O tempo passaria mais de vagar dentro da nave, como se você congelasse no tempo.

    Fonte(s): .
    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.