promotion image of download ymail app
Promoted
Anônimo
Anônimo perguntou em Sociedade e CulturaReligião e Espiritualidade · Há 1 mês

O que vocês acham do cristianismo ?

28 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 1 mês

    Primeiro precisamos compreender o que de fato é "O Cristianismo" para depois tecermos uma opinião a seu respeito. A seguir alguns pontos fundamentais:

    A primeira vez que os discípulos de Jesus foram chamados de "CRISTÃOS" foi na cidade de Antioquia, conforme narra Lucas, em Atos Cap. 11.1-30

    "Então Barnabé foi a Tarso procurar Saulo. Quando o encontrou, levou-o para Antioquia. Ali permaneceram com a igreja um ano inteiro, ensinando a muitas pessoas. Foi em Antioquia que os discípulos foram chamados de CRISTÃOS pela primeira vez".

    VEJAMOS AGORA UM BREVE RELATO DA HISTORIA DO CRISTIANISMO PRIMITIVO E SUAS VERTENTES.

    Os Cristãos eram pois, os seguidores do Cristo. Formavam assim todo um "movimento" cujo proposito era o de praticar e divulgar os ensinamentos de Jesus. 

    Com o passar do tempo esse MOVIMENTO deu origem as organizações regidas por normas (regimento). Eram as pequenas comunidades conhecidas pelo nome de eglesia = igreja. E a proporção que essas comunidades que funcionavam em casas ou galpões se multiplicavam surgia a necessidade de se articularem entre si, através de representantes. Tais representantes, mais tardes foram chamados de "bispos". Vale lembrar que tudo isso ocorreu graças aos trabalhos de divulgação de Paulo de Tarso.

    Pois bem, as Igrejas foram se multiplicando e algumas delas passou a sofrer influencias do judaísmo e do paganismo local.  Isso provocava certas discussões internas sendo necessário a intervenção dos Apóstolos. É daqui que surgem os conselhos (Concilios) sendo que a decisão dos conselhos era facultativa. Servia de referencias para outras igrejas mas não era uma coisa obrigatória. 

    E todo esse processo de multiplicação das igrejas ocorria no meio de muitas matanças, torturas e perseguições contra os cristãos, por parte do Império Romano. Tais perseguições tem inicio em 57 d.C através de uma lei criada por Nero e vai até 313 d.C quando o Imperador Constantino edita uma Leis, revogando a Lei criada por Nero, pondo fim as perseguições aos Cristãos e adotando o Cristianismo como religião oficial do Império Romano. 

    È neste momento da história que a coisa desanda completamente para o lado do Cristianismo enquanto MOVIMENTO. Pois, ao agregar o Cristianismo ao Império, tornando CRENÇA oficial do Estado, este se corrompe completamente. Se deturpa diante a influencia dos Imperadores que passam a nomear e controlar os Bispos, especialmente o Bispo da Igreja que ficava em Roma. È aqui que o CRISTIANISMO deixa de ser um "Movimento" e se transforma em uma "RELIGIÃO INSTITUCIONALIZADA" com direito a dogmas, rituais, sacerdotes hierarquizados, protocolos, regimentos, símbolos, procissões, altares, andores, formalidades, templos luxuosos e demais apetrechos e acessórios oriundos do paganismo.. ou seja, é aqui que morre o Cristianismo primitivo e genuíno e surge O CATOLICISMO. 

    E já em 325 dC temos pela primeira vez um "Concilio" convocado e comandado pelo Imperador Romando Constantino, estabelecendo o primeiro DOGMA, ou seja, a decisão daquele "Concilio" teria força de Lei, não podendo ser contestada. Pois, quem ousasse discordar seria executado. O bispo de roma era apenas uma faixada, um "laranja". 

    E na sequencia, a historia do catolicismo (cristianismo deturpado) esta recheada de momentos de horrores, com direito a perseguições, torturas e execuções através das caças aos hereges e as "bruxas", através das lutas e tramas sórdidas pelo papado, através das Cruzadas, Inquisições e terríveis noites de São Bartolomeu....culminando na loucura do dogma segundo o qual o papa é infalível, tal como Deus.

    O catolicismo segue seu curso na historia, com lutas internas entre os bons católicos tentando trazer de volta o cristianismo primitivo e a perigosíssima cúpula do Vaticano tentando dominar o mundo através da religião. Isso perdura até meados do se. XV com o movimento de reforma ocorrida no seio da própria igreja dando origem ao PROTESTANTISMO que se torna em mais uma vertente do Cristianismo. Vale destacar outros cisma dividindo o catolicismo entre ortodoxos, romanos e anglicanos.

    No seculo XIX temos o surgimento das Igrejas Evangélicas, vertentes do Protestantismo histórico, com suas ramificações pentecostais e neo pentecostais.

    Eis ai um breve resumo do Cristianismo e suas Vertentes. È certo que a sublime mensagem de JESUS conseguiu atravessar o tempo e os inúmeros obstáculos impostos pela ambição e interesses dos homens. O curso da historia do Cristianismo Primitivo até os tempos atuais foi marcado por alguns fatores que merecem reflexão: 

    - O Cristianismo como realmente era no principio "Um movimento e não uma Religião Formal"

    - O desenvolvimento do Cristianismo passando pelas dificuldades, interesses e influencias das pessoas, dos costumes e da politica.

    - A contaminação do Cristianismo pelo Império, se transformando em uma religião formal a serviço do poder politico.

    - A forma como o Catolicismo e o protestantismo propagou os princípios do Cristianismo.

    - Como enxergamos o Cristianismo atualmente.

    São pontos a refletir para que possamos acertadamente fazer um juízo correto a esse respeito.

    Obs:

    A historia deveria servir de alerta para o futuro, mostrando as gerações vindouras os desastres e erros que acontecem quando a Religião se alia ao Estado.  

  • Há 1 mês

    Não sigo mas acho muito importante na nossa base da cultura ocidental. Graças ao cristianismo não estamos vivendo em um califado.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 1 mês

    Religião que, no Início da Id Média, parecia que ia consertar o Mundo. A Europa pelo menos. Mas também se corrompeu... Verdade seja dita...

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 mês

    CRISTIANISMO verdadeiro existe muito pouco, tanto no mundo inteiro como dentro das próprias religiões que se dizem cristãs.

    Grosso modo, cristão é o que SEGUE o que Cristo ensinou, seguindo "as pisadas", ou os EXEMPLOS, "que Jesus deixou" (1 Pedro 2:21).

    MAS qual religião que faz isso verdadeiramente em 2020?

    Será que existe alguma?

    O próprio Jesus disse que o chamariam de "Senhor, Senhor... mas NÃO fariam o que ele havia ensinado" (Lucas 6:46). 

    Outros diriam, na "volta dele", que fizeram "obras poderosas (como CURAS) em nome dele", porém ele responderia que "NUNCA os tinha conhecido" (Mateus 7:21-23).

    Assim, NÃO adianta falar no NOME de Jesus o dia inteiro nem "andar com a Bíblia debaixo do braço", pois isso NÃO quer dizer que a pessoa seja CRISTÃ verdadeira (João 17:3,17 - Atos 17:11).

    .

    Também um cristão verdadeiro NÃO se envolveria com os assuntos das nações em que vivem, pois Cristo disse que "o (seu) reino NÃO era o deste mundo" (João 18:36)

    O link abaixo dá mais detalhes sobre o envolvimento dos "cristãos" nas GUERRAS e nas POLÍTICAS das nações:

    https://branffer.blogspot.com/2015/09/os-cristaos-...

    Fonte(s): Bíblia e História
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 mês

    Acho que os ensinos e a vida de Jesus fantásticos. A Bíblia através dos Evangelhos mostra isso muito bem.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 mês

    A salvação da humanidade 

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Lv 4
    Há 1 mês

    Não sigo, mas acho fantástico.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 mês

    É uma fé em Cristo, para entender é bom ler a bíblia, Deus é bom

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 mês

    já visitei ou frequentei sem compromisso duas religiões cristãs.

    hj, sou um pouco mais velho e concluo que não me encaixo naquele meio.

    não me adapto a normas do tipo "não pague o mal com o mal", "perdoe seu irmão 7 vezes sete" "amar inimigo" etc.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 mês

    A palavra Meshkiah foi traduzida do Hebraico para o Grego como Christós, do verbo chríein, “ungir, untar, perfumar”. Dada em tradução direta para nosso idioma, Messias.

    Messias é o termo MASHIAH, pois fazia parte das profecias que diziam que surgiria um Escolhido para salvar o povo judeu, cujos profetas afirmavam ser EMANUÉL e não Jesus. Segundo o profeta Jeremias na bíblia, o Messias teria o nome de Emanuél, mas..., inventaram esse nome, Jesus, e também sua história.

    • ...Mostrar todos os comentários
    • carlosossola
      Lv 7
      Há 1 mêsDenunciar

      Jesus, da descendência de Davi, foi ungido pelo Espírito Santo para ser rei da Israel Celestial, daí ser conhecido como um Cristo, ou Messias de Deus. 

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.