promotion image of download ymail app
Promoted
Anônimo
Anônimo perguntou em Governo e PolíticaPolícia e Aplicação da Lei · Há 2 meses

Posso denunciar um crime de abuso sexual que ocorreu na infância?

Vou resumir minha dúvida em um fato real:

Uma criança de 6 anos sofre abuso sexual de seu padrasto, porém só agora com 18 anos ela caiu ficha do que aconteceu e como isso afetou a vida dela. 

Obs: O padrasto ainda está morando com a mãe da vítima e a própria vítima. 

A vítima já contou para a mãe, só que a mãe não acreditou e prefere continuar com o criminoso. 

Quais são chances do indivíduo pagar por isso? Sendo que a vítima não tem provas de que aconteceu? 

A vítima hoje em dia sofre transtornos por causa disso, seu psicológico está extremamente abalado e quer apenas justiça. 

O que ela deve fazer?

Atualizada:

Obs: a vítima tem uma irmã mais nova que mora junto com esse escroto. 

Então não é só questão de procurar ajuda psicológica, e sim botar ele na cadeia antes que isso aconteça de novo. 

8 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 2 meses

    Sinceramente acho melhor esquecer e tocar a vida,  e isto é psicológico, a vitima só se sente mal quando percebe que o crime é horrível, viu? psicológico, mas ok, não deixa de ser crime e a vitima vai ficar com aquilo na mente para sempre, mas aqui vai a resposta que quer:

    a lei foi alterada em 2008/2009 e pela nova lei a denuncia pode ser feita mesmo se passando anos pois entende que antes a vitima não tinha capacidade para entender a gravidade da situação, mas pessoalmente critico a lei neste ponto pois como a vitima vai apresentar provas de algo ocorrido a vários anos? sento que uma "vitima" com más intenções pode ferrar a vida de um homem alegando ter sofrido abusos, a justiça acredita, sem provas, e a vitima se dar bem a ponto ate de ficar com seus bens, não estou dizendo que é seu caso, mas só citei uma possibilidade se a justiça atender um caso sem provas. (se o fato ocorreu antes da mudança da lei não se aplica)

    Mas a denuncia é valida porque pode ocorrer do agressor ja ter cometido outros crimes e ate de ele ja ter sido fichado, então, se tem outras vitimas, não vai ser tão difícil assim uma prova.

    Eu honestamente neste caso acho que passado é passado, o que vejo ai é um desejo de vingança, se uma pessoa é punida assim que ocorre um fato, é valido, pois ela pode ser uma ameaça a outras vitimas, mas, se uma pessoa faz algo errado e passasse anos, décadas, ai vem a punição, não passa de vingança e não de justiça, mas nossa justiça não passa de uma milícia de vingadores, então tá valendo.

    Finalizando: procure um especialista sobre o caso, um advogado, e se a vitima precisa, busque um tratamento psicológico, claro que não sou defensor de tal crime, mas acho que tem muito mimimi em cima destes casos, s vezes o crime foi só um beijo indevido, caricia, etc, e dizem que foi estupro, fazem a cabeça da vitima e ela fica aterrorizada desnecessariamente.

    ps. eu fui vitima de abuso quando tinha doze anos, não tneho interesse nenhum em me vingar ou punir o agressor, mesmo se um dia ele for preso por outro caso e depender de mim para aumentar sua pena ou coisa assim, não pretendo tocar no assunto, como disse, passado é passado, não ouve gravidade e não tendo gravidade não vejo porque eu deveria me fazer de vitima.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 2 meses

    A mãe quase sempre não acredita porque ama o companheiro e não quer ver sua família no centro das atenções diante estes casos, se ele é um risco para outra criança, arrume uma forma de tirar esta criança do convívio dele e leve esta criança a um especialista, psicologo, que vai saber como conversar com ela no intuito de descobrir se ela esta passando pelo mesmo, entenda que denunciar um caso antigo sem provas só vai trazer dor e sofrimento para outras pessoas e no fim, se a justiça entender que não ouve crime ou que não se tem provas, só vai aumentar a dor e o sofrimento em torno do caso.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Acho que você não pode por faltas de provas, é a sua palavra contra a dele, mas precisa de provas para comprovar isso.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 2 meses

    Eu não faço ideia de como agir numa situação dessas, mas não recomendo guardar isso para si. Eu te aconselho a procurar a ajuda e o auxílio de um profissional, um psicólogo, algum parente de confiança... Isso é inadmissível, as pessoas tem que saber quem realmente é o seu padrasto 

    • GaiaHá 2 mesesDenunciar

      Mas no caso, a vítima tem uma irmã mais nova que mora junto também. Sei que ela precisa de um amparo psicológico, mas também é questão de proteger essa criança antes que aconteça a mesma coisa (se é que já não aconteceu né...) :/ 

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 mês

    Hola, sera que e bom ligar no 181 de um orelhao longe e com lenco na boca? As ligacoes sao rastreadas.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 mês

    Se a vítima não tem provas não tem o que fazer. Agora, se conseguir provas, poderá fazer a denúncia até a véspera de completar 38 anos. 

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Tem que fud3r ele, deve pagar pelo abalo psicológico causado isso não é mimimi

    • ...Mostrar todos os comentários
    • Sujar sua vida? Pois é ele pode querer se vingar ou algo do tipo, poxa amiga arranje um jeito de prejudicar fortemente ele. Ou jogue na justiça acho que você ganha pelo depoimento da sua psicóloga

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Tem um aplicativo chamado "Oi advigado" baixa no seu celular, voce pode entrar em contato com advogados

    • GaiaHá 2 mesesDenunciar

      Baixei e já mandei a minha dúvida, você sabe se eles cobram pra ajudar? Pq não temos condições de pagar advogado :( 

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.