promotion image of download ymail app
Promoted

duvida sobre o big bang e a extensão do universo!!!?

no big bang o que estava ocupando um espaço bilhões de vezes menor que um próton era o universo como um todo (TUDO O QUE EXISTE) ou apenas o universo observável? se era TODO o universo então isto é uma prova de que o universo é finito pois como poderia ter um volume infinito se teve um começo finito no tempo, e vem se expandindo desde entao a uma velocidade superior a da luz,mas finita.

e para onde se expandiu a singularidade? o que a cercava? o que a continha? o nada absoluto?

só responda se tiver conhecimento no assunto.

6 Respostas

Classificação
  • Há 2 meses
    Resposta favorita

    "no big bang o que estava ocupando um espaço bilhões de vezes menor que um próton era o universo como um todo (TUDO O QUE EXISTE) ou apenas o universo observável? "

    Todo o espaço. A ideia é bem mais complicada do que muitos pensam. Não é que toda matéria do universo estava concentrada em um ponto no espaço, é o espaço em si que estava comprimido.

    Um dos alicerces da relatividade geral é que o espaço e o tempo são objetos com propriedades dinâmicas, não são só um pano de fundo inerte como é no caso da mecânica newtoniana.

    Uma das propriedades mais importantes do espaço-tempo é que ele possui uma forma, definida pelo que chamamos de métrica do espaço-tempo. Experimentos modernos e observações de regiões distantes da Terra indicam que a métrica do espaço-tempo é tal que, na direção do passado, o espaço é cada vez mais compacto. Isso sugere que em um intervalo finito de tempo o universo passou por um estado de compactação extrema que, com tecnologia e ciência atuais não temos capacidade de sondar. Nossos modelos físicos deixam de dar respostas válidas e nossos experimentos ainda não conseguem replicar a escala de densidade de energia que o universo possuiu nessa época.

    "se era TODO o universo então isto é uma prova de que o universo é finito pois como poderia ter um volume infinito"

    Não prova. Mesmo espaços infinitos podem passar por expansão métrica. Expansão nesse contexto, não fala sobre "tamanho total" ou "volume". Fala sobre como distâncias se comportam. Por exemplo, digamos que você emita um raio laser verde em direção ao céu. A cor verde indica que o comprimento de onda dos fótons que compõe o raio é de uns 530 nm. A medida que o raio viaja pelo espaço e o tempo passa, a cor do raio vai mudando se tornando cada vez mais vermelho, depois infravermelho, microondas etc, pois a expansão métrica do espaço faz com que o comprimento de onda de cada fóton aumente. Se o universo é finito ou infinito não importa. O que está mudando são as distâncias dentro dele.

    "e vem se expandindo desde entao a uma velocidade superior a da luz,mas finita."Isso é um erro comum. Se parar para pensar, essa informação não faz sentido! A taxa de expansão do universo é medida em unidades de distância por distância por tempo, ou seja, tem unidade de 1/tempo. Isso não é uma velocidade. Se quiser, depois explico a origem dessa confusão.

    "para onde se expandiu a singularidade? o que a cercava? o que a continha? o nada absoluto?"Singularidade é um conceito matemático. Uma singularidade é um ponto ou uma região no qual uma função matemática não tem valor definido. Por exemplo, a função f(x) = 1/x tem uma singularidade em x = 0, pois divisões por zero são indefinidas. Quando falam de "singularidade do Big Bang" estão falando da região que citei na primeira resposta, onde o espaço é tão compacto que nossas fórmulas físicas deixam de funcionar. Ou seja, a singularidade do Big Bang não é um objeto físico por si, é um sinal de que nossa ciência atingiu um limite e precisa ser aprimorada para prosseguirmos. Precisamos de modelos físicos no qual singularidades não ocorram em situações de altíssima densidade e acreditamos que isso exija uma teoria quântica de gravidade que é o grande projeto físico da atualidade.

    Entendeu? A singularidade é somente uma região do espaço-tempo, ou seja, ela não expandiu dentro de coisa alguma ou para lugar nenhum. Ela é uma época em que o espaço em si estava tão  comprimido que não temos como estudar no presente momento.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Devo concordar com o user Adalberto. É impossível saber como exatamente ocorreu o big bang, tendo em vista nossas limitações científicas.

    É bem provável que o universo seja finito, se olharmos para a constante de hubble que diz que o universo está crescendo, e para a Radiação Cósmica de Fundo, que aponta a idade do universo, perceberemos isso.

    Acredito eu que o universo, num estado anterior ao big bang, não era bem um universo, era apenas vácuo, onde surgiam pares de partículas e antipartículas virtuais, previstas pelo princípio da incerteza.

    Num certo momento, houve uma configuração que provocou a aniquilação por pares e deu início a singularidade, o resto você já sabe.

    Esta é apenas uma hipótese, não leve muito a sério.

  • Há 1 mês

    O espaço nao nasceu com o big bang o espaço ja existia devido as configurações matemáticas e a força do campo de higgs ocorreu o big bang que deu origem a matéria 

    • Adalberto S
      Lv 7
      Há 1 mêsDenunciar

      miih, não é verdade. Tudo que há no universo, tudo mesmo, começou com o big Bang. Infelizmente para uns e outros é o que sabemos com certeza. Há controvérsias, sim há. Mas isso não é demérito.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 1 mês

    Mimimi de ateu. Bando de NÉSCIOS

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 2 meses

    Não foi bem assim. Era uma "singularidade". Termo que usamos para designar algo que não temos a menor ideia como seja! Não havia dimensões, nem tempo, nem matéria!

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Não temos como saber exatamente como se deu o big Bang.

    A ciência não tem meios ou tecnologia para descobrir como este fato ocorreu.

    Isto não é demérito, pois se a ciência soubesse tudo, iria terminar por falta de uso. 

    Até onde podemos ir frente aos fatos, evidências e cálculos é onde a "Teoria do big Bang" vai.

    É uma teoria pois não podemos replicar os fatos, embora muitas pessoas confundem a palavra "teoria" com "Teoria cientifica", que possuem conotações diferentes, e estão assinando uma confissão de que também não sabem português e se arvoram em dar opinião em um assunto tão complexo como a "Teoria do big Bang", inclusive tentam desmerecer, sem saber a fundo toda a complexidade do fato.

    Esquecem também que a ciência não é dogmática, que não tem profetas e santos para cultuar e está sujeita a modificações frente a novas descobertas. 

    O que pode ser verdade hoje, amanhã talvez tenha que sofrer modificações. 

    Então há mais coisas sobre o universo que não sabemos do que coisas que já é do nosso entendimento. E muitas ainda que temos conhecimento incompleto.

    É muito bom sabermos dados científicos "de ponta" que estão nos limites de nosso conhecimento humano e termos consciência do fato que somos humanos, falíveis e só descobrimos fatos novos através de nossa inteligência, trabalho e estudo.

    O universo sabe muito bem esconder seus segredos, isso é um fato que todos sabem.

    Agora, nos acharmos, que somos "a cereja do bolo", imortais, deuses de barro, e outras formas de arrogância, em outras palavras estão nos dizendo que são desprovido de conhecimento. 

    Em outras palavras tento dizer, que temos a reconhecer nossa pequenez frente a imensidão do universo que é tão grande que nossa imaginação não consegue abarcar.

    Estas perguntas que você fez, a ciência não tem resposta ainda, talvez no futuro as tenha, não sei, penso particularmente que talvez jamais as tenhamos.

    Um abraço e grandes estudos. Vida longa e próspera. 

    Attachment image
    • ...Mostrar todos os comentários
    • Adalberto S
      Lv 7
      Há 1 mêsDenunciar

      Não miih, não acredito em nada. Sou agnóstico. Mas o que a ciência sabe é até aí. Não está ao nosso alcance humano saber mais. Nós nos imaginamos muito sábios, mas na verdade estamos apenas engatinhando em ciências. O ser humano sempre foi prepotente e presunçoso. 

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.