promotion image of download ymail app
Promoted
Anônimo
Anônimo perguntou em Artes e HumanidadesFilosofia · Há 2 meses

Apaixonar-se é uma doença?

13 Respostas

Classificação
  • Karla
    Lv 7
    Há 2 meses

    Olá!! 

    Paixão (do latim tardio passio -onis, derivado de passus, particípio passado de patī) significa, literalmente, «sofrer», vide a "paixão de Cristo" ou o seu martírio em via crucis. É um termo que costuma designar um sentimento muito forte de atração por uma pessoa, objeto ou tema.

    Biologicamente a paixão é um mecanismo inteligente do qual a natureza se utiliza para a perpetuação da espécie, em um processo no qual neurotransmissores como a dopamina e a noradrenalina são liberados de forma constante. A amígdala cerebelosa tem um papel central neste, pois é desta região que emanam alguns dos sentimentos mais instintivos. Esta tempestade bioquímica está relacionada c/ um índice baixo de serotonina, tal como acontece c/ os portadores de transtorno obsessivo compulsivo, o que explica a certa "obsessão" dos apaixonados ou a irracionalidade característica do estado, rs. Este mecanismo é semelhante ao de algumas drogas, como a cocaína.

    Além destes neurotransmissores, a participação de outras substâncias, tais como a oxitocina e a vasopressina, estão relacionadas c/ o amor ou c/ as sensações de segurança e de calma derivadas do estado amoroso. 

    Abraços. 

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    sim, uma loucura

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Platão dizia o seguinte: "Amor: uma perigosa doença mental."

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Apaixonar-se é sentir-se atraído (em diferentes graus de intensidade) normalmente pelo sexo oposto. Não vejo como ser considerado uma doença uma vez que provoca uma intensa euforia, prazer. Doença provoca sofrimento, dor.

    Feniletilamina, também conhecida como "hormônio da paixão", é um neurotransmissor cuja molécula se parece muito com a anfetamina, e cuja produção no cérebro suspeita-se possa ser desencadeada por eventos simples como uma troca de olhares ou um aperto de mãos

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 2 meses

    Boa tarde, anônimo, se for em excesso, sim! Caso não, já é extremamente saudável e recomendável na realidade, pode confiar!

    Inscreva-se em meu canal do YouTube: https://www.youtube.com/c/SávioChristiHistóriaemqu... !

    Fonte(s): A paixão (doentia ou saudável) e eu mesmo!
    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Uai, porque seria? Todos nos sofremos e fazemos as pessoas sofrer por amor, mas também somos e fazemos pessoas felizes pelo mesmo motivo.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Fl3ch
    Lv 4
    Há 2 meses

    Concordo.................

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    É sim. E é fulminante, poderosa e incurável, embora que momentânea.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    É uma doença da qual eu quero morrer dela...

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 2 meses

    Não é uma doença catalogada pelos médicos mas se apaixonar apresenta sintomas e alterações biológicas no corpo. Então, creio que hipoteticamente é uma doença.

    Eu como exemplo estou apaixonado já fazem uns anos por um menino da minha escola, quando eu vejo nele começo a tremer, suar, sentir um aperto no peito, realmente como sintomas da paixão. Então considerar paixão uma doença não é completamente errado não alkdasjdjasdjalçd.

    Abraço :D

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.