Anônimo
Anônimo perguntou em Ciências SociaisPsicologia · Há 8 meses

Por que nao tornar-se andarilho? Considerem os seguintes fatos;?

Tenho meus dezoito anos.

Não tenho coisas que me façam estabelecer-me no chão; compreendem? Por exemplo: amores, amigos, religião ou famíliares dependentes de minha pessoa em qualquer sentido.

Não tenho sonhos ( não por ter sido desiludido ) nunca tive sonhos, talvez ninguem verdadeiramente tenha sonhos.

Sou filho unico alias, e meus pais sao figuras um tanto confusas - ambos tem psicose ou esquizofrenia - tambem tenho eu uma imaginação por demais fertil...mas creio nao ter apresentando nenhum sintoma ate agora.

Sou o que pode-se dizer um espirito livre, tenho certa curiosidade para com a origem e os "mitos" que nos envolvem diariamente - por.isso tornei-me um psiconauta ( drogado? ) Alguem que usa psilocibina com o fim de explorar a propria mente - deslumbrando alem das portas da percepção -

Todas essas experiências me fizeram ter uma certeza ; tempo passa...

E o que vale mais? Explorar os diversos lugares sendo alguem vivido e autentico?

Ou...trabalhar? Mas trabalhar pra que? Que faço eu com o dinheiro? Ja lhes disse! Status, aparencia, amor...essas coisas eu nao tenho a capacidade de ligar para elas : apesar de estarem intrinsecas ah nossa biologia...e isso uma contradicao? Pois seja!

Apesar de tudo que escrevi! Nao escrevi com honestidade...e impossivel talvez..

9 Respostas

Classificação
  • Há 8 meses

    "Por demais" kkkk O jeito que escreve é fofo 

  • Lv 7
    Há 8 meses

    Eu acho que vc tem que fazer as coisas com muita consciência.

    Um andarilho enfrenta muitas dificuldades. Já imaginou isso? Se imaginou enfrentando e conseguindo superar todas essas dificuldades?

    Vc quem sabe das suas decisões, mas pense bem. Vc pode trabalhar sim para ganhar dinheiro, mas para ser independente, ter a sua vida livre e poder viver a sua vida como bem entender e aí sim aproveitar o dinheiro para viver experiências, aí sim vale à pena.

    Abraços!

  • Há 8 meses

    Você pode fazer tudo isso tendo uma vida normal como qualquer um, busque novas amizades, pessoas para compartilhar experiências, saia do seu ambiente, mude os ares, mas isso não significa literalmente virar um "mendigo". grato

  • Nossa deve ser muito ruim, veja só: a mais completa solidão, ausência de higiene, frio, chuva sem falar nos insetos que podem subir na pessoa no chão onde ela for dormir. Isso não é vida.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Poeta
    Lv 4
    Há 8 meses

    Porque como o dinheiro é um meio para todo fim, sem estabilidade financeira você é forçado à compensar demais em todas as áreas, para que elas fiquem estáveis : Desde saúde física à mental, você precisaria aprender a mantê-las independentemente, e várias vezes isso seria impossível.

    Explorar lugares e explorar idéias são ótimas formas de mudar a forma como enxerga o mundo e a si mesmo, mas empregos/empreendimentos são a melhor forma de obter mais rápidamente tudo que você precisa, inclusive a capacidade de viajar para lugares distantes.

    Vendo o modo como você pensa, me lembra os meus 16 anos, sufocados por romancistas, como álvares de azevedo e baudelaire, e alguns livros de filosofia que achava em alguma estante. Acontece que, conforme você amadurece o seu pensamento, infelizmente percebe que  essas idéias idealísticas se provam formas improdutivas e impraticáveis de alcançar os próprios propósitos que elas almejam. Você vê que é preciso estudar mais o mundo antes de lançar esses planos românticos de aventura. E, conforme estuda, percebe que a forma mais produtiva de alcançar qualquer coisa é quase sempre sem aventura, sempre chata e desanimadora. A própria tarefa de encontrar a forma mais produtiva já é tudo isso. Mas no fim, você constrói o melhor produto : Viajar em lugares e idéias sem abdicar a segurança e estabilidade nas demais áreas da sua vida. Não é como se você tivesse tanta pressa que o motivo da urgência fosse mais importante que o preço a pagar no futuro. Tendo tempo para criar uma estratégia, crie. Não planejar é pegar um empréstimo com o diabo, você nunca saberá o preço da pressa.

  • Anônimo
    Há 8 meses

    A vida é muitos sofrida.

  • Há 8 meses

    “O Andarilho” (Nietzsche, Humano Demasiado Humano #638)

    “Quem alcançou em alguma medida a liberdade da razão, não pode se sentir mais que um andarilho sobre a Terra e não um viajante que se dirige a uma meta final: pois esta não existe. Mas ele observará e terá olhos abertos para tudo quanto realmente sucede no mundo; por isso não pode atrelar o coração com muita firmeza a nada em particular; nele deve existir algo de errante, que tenha alegria na mudança e na passagem. Sem dúvida esse homem conhecerá noites ruins, em que estará cansado e encontrará fechado o portão da cidade que lhe deveria oferecer repouso; além disso, talvez o deserto, como no Oriente, chegue até o portão, animais de rapina uivem ao longe e também perto, um vento forte se levante, bandidos lhe roubem os animais de carga. Sentirá então cair a noite terrível, como um segundo deserto sobre o deserto, e o seu coração se cansará de andar. Quando surgir então para ele o sol matinal, ardente como uma divindade da ira, quando para ele se abrir a cidade, verá talvez, nos rostos que nela vivem, ainda mais deserto, sujeira, ilusão, insegurança do que no outro lado do portão e o dia será quase pior do que a noite. Isso bem pode acontecer ao andarilho; mas depois virão, como recompensa, as venturosas manhãs de outras paragens e outros dias, quando já no alvorecer verá, na neblina dos montes, os bandos de musas passarem dançando ao seu lado, quando mais tarde, no equilíbrio de sua alma matutina, em quieto passeio entre as árvores, das copas e das folhagens lhe cairão somente coisas boas e claras, presentes daqueles espíritos livres que estão em casa na montanha, na floresta, na solidão, e que, como ele, em sua maneira ora feliz ora meditativa, são andarilhos e filósofos. Nascidos dos mistérios da alvorada, eles ponderam como é possível que o dia, entre o décimo e o décimo segundo toque do sino, tenha um semblante assim puro, assim tão luminoso, tão sereno-transfigurado: – eles buscam a filosofia da manhã.”

  • Anônimo
    Há 8 meses

    ................................................................. Eu sou da tua faixa etária e discordo de tu 

  • 34
    Lv 7
    Há 8 meses

    Resumindo:

    - 18 anos.

    - Falta de ligação emocional ou sentimental. 

    - Falta de sentido de pertença.

    - Falta de objectivos e perspectivas de futuro. 

    - Ascendentes doentes mentais, com especial foco na esquizofrenia. 

    - Abuso de drogas para, por exemplo autoconhecimento, transcendência... 

    Os sinais de esquizofrenia "simples" estão todos aqui, e de muitas outras doenças, e os seus planos de ser um sem abrigo fazem-me acreditar que é grave. No entanto para declarar que pode ser efectivamente esquizofrenia tem que ser analisado por um psiquiatra. 

    Sendo esquizofrenia pode controlar totalmente se respeitar a terapia receitada pelo seu médico. 

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.