Outra mulher morta por bolsonarista?

Jackson Furlan, um cidadão de bem acusado de atirar na cabeça de agrônoma Júlia Barbosa após perseguição de trânsito, em 2019.

​Jackson, de 29 anos, apresentou-se na delegacia com advogados e foi preso. Estava sendo procurado.

Sua camionete foi encontrada em um matagal, onde ele a abandonou. No para-choque, o adesivo “Bolsonaro 2022”.

Attachment image

8 Respostas

Classificação
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.