Anônimo
Anônimo perguntou em Governo e PolíticaPolítica · Há 4 semanas

O que está por trás da crise da Bolívia se o problema não é a economia, que é a melhor da América do Sul?

Como você entende o que se passa no nosso "vizinho de parede"?

Attachment image

13 Respostas

Classificação
  • Há 4 semanas

     Eu procurei saber em canais de esquerda e direita do Brasil e da América Latina:

    Canais do México acham que os EE.UU estão por trás disso déizem que o chefe das forças armadas fez curso  nos EUA.

    Outros canais dizem que há evidências fortes de que Evo fraudou as eleições. Uns chamam de golpe outros de contragolpe.

    O que eu acho:

    A Bolívia vem crescendo bem 5% ao ano, e a crise mundial não chegou lá. Economistas dizem que a crise não chegou porque Evo estava endividando o país.

    As classes ricas sabem que num governo de esquerda endividamento significa a classe rica pagar mais impostos, então deram um jeito de deporem o Evo e tentar colocar um governo de direita para não aumentarem os impostos. Claro que deve haver outras razões mas pelo que pude entender essa é a principal. 

  • Há 4 semanas

    Nem tudo vem de uma motivação econômica.

    O próprio Chile vem com uma economia em crescimento, e mesmo assim está em convulsão, que é de natureza diversa da que atinge a Bolívia.

    Lá, o seu fator decisivo é a questão política.

    Nós acompanhamos a transição da Bolívia em uma semi-ditadura durante os governos sucessivos de Evo Morales.

    Obviamente, ele guarda seus méritos por isso: a situação dos pobres melhorou, a previdência foi ampliada, os grupos indígenas foram apoiados. É claro que a renda do trabalhador boliviano ainda é mais baixa que a do chileno (o que explica a emigração para o Brasil...), mas sem dúvida melhorou muito.

    Porém, paralelamente, o governo aumentou seu controle político.

    Em uma semi-ditadura, há eleições regulares, Parlamento funcionando, pluripartidarismo, plebiscitos, etc. 

    A Bolívia tinha tudo isso, como na Venezuela do governo Chávez, no auge do petróleo. Enquanto há aprovação, os governos populistas se firmam em instrumentos democrática; mas, quando a economia piora, começam a aparecer meios de coerção.

    A Bolívia já estava nesse caminho no ano passado, com a polêmica lei de direitos humanos, que na realidade estabelecia a censura.

    (observe que Evo Morales nunca teve um controle sobre todas as regiões e as Forças Armadas)

    Em um determinado momento, com a nova lei, Morales pareceu ter concordado em não disputar um novo mandato.

    Isso abria a disputa dentro do MAS, mas, por algum motivo, Evo voltou atrás e exigiu, inconstitucionalmente, concorrer mais uma vez.

    Ja é um golpe.

    Na eleição, os indícios de fraude ficaram evidentes quando os dados da apuração foram interrompidas, até aparecer um resultado que dispensava a realização de segundo turno.

    Outro golpe.

    A partir não teve diálogo.

    A oposição se levantou e os militares aproveitar para também dar seu golpe, que pode ou não conduzir à redemocratização.

  • Há 4 semanas

    loucura estuda historia se forma e me conta

  • Há 4 semanas

    Lá havia uma ditadura (democracia fraudada) imposta por um indio velho obeso durante quase 2 décadas.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 4 semanas

    O Indígena e Político Evo Morales se elegeu em 2006 sendo o primeiro indígena a ocupar a presidência da Bolivia, em 2010, 2014 e em 2019 ele foi eleito. Mas esta última eleição foi a gota da água e enfureceram a população boliviana que estava reinvindicando a legitimidade daquela eleição que foi fraudada. E então o povo se revoltou e eles começaram a pressionar Morales para deixar o cargo e isto realmente aconteceu em 10 de novembro de 2019 ele renunciou a presidência e foi para o México, e o cargo ficou vago durante 2 dias quando a senadora Jeanine Ánez proclamou-se presidente.

    Por isso que a república é tão horrível, toda hora estes problemas. No meu governo fiquei estável durante 49 anos, quando um republicano conseguiu me expulsar do poder.

  • Anônimo
    Há 4 semanas

    Até a Bolívia tá melhor que o Brasil kkkkkk

  • Há 4 semanas

    Geralmente, má governabilidade por causa da inflexibilidade do governo. E também, muitas disputas de poder causadas por ranços e picuinhas.

  • Há 4 semanas

    O Evo Morales é a versão do nosso kagalhão.

    Corrupção, Narcotraficante, Ladrão etc. etc. Isso era o presidente da Bolívia que foi se juntar aos Poderosos traficantes Mexicanos.

    A Bolívia sempre foi um país conturbado.

    O povo é muito pobre.

    • ­­
      Lv 4
      Há 4 semanasDenunciar

      Mas a política nos últimos dez anos tem melhorado a vida dos mais pobres. Não será a elite que está incomodada com isso?

  • Anônimo
    Há 4 semanas

    ­­­­­­­­­­­­­­­

  • Há 4 semanas

    O cara deve ter feito besteira... o Evo... por isso que nem tá falando muito sobre o assunto. De qualquer modo, era estranho querer se reeleger de novo, e ele mudou a constituição da última vez só para se reeleger... muito tempo no poder, causa estranheza

    • ­­
      Lv 4
      Há 4 semanasDenunciar

      Sim a pobreza diminuiu nos últimos dez anos segundo dados de fontes externas. O problema parece não ser só a pobreza que ainda é grande.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.