confusa perguntou em Artes e HumanidadesFilosofia · Há 9 meses

E se um dia vc pudesse ver seu passado inteiro... Mais se orgulharia ou se envergonharia?

Pode colocar uma porcentagem aí para ambos...

12 Respostas

Classificação
  • Bruno
    Lv 7
    Há 9 meses

    Minha vergonha faz parte da minha aprendizagem. Se pudesse ser apagada a minha vergonha, se apagaria também o que aprendi.

  • Luisa
    Lv 7
    Há 9 meses

    Não tenho do que me envergonhar do meu passado...sempre tive uma vida bem normal. Fiz algumas besteiras, que são comuns  na juventude, mas nada disso prejudicou alguém...apenas me deram experiencias novas.

    Hoje ainda erro...e muito...mas tento todos os dias me redimir e me colocar no lugar do outro....ser generosa e gentil...tenho conseguido.

    https://www.youtube.com/watch?v=jabmx3QoJGA

    Youtube thumbnail

    bjsssss  

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 9 meses

    40%(Orgulho)

    60%(Vergonha)

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 9 meses

    ME ENVERGONHARIA DE ALGUMAS DECISOES E IDIOTICES

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Anônimo
    Há 9 meses

    Me orgulharia ver o quanto cresci. Mesmo que o passado de alguém não tenha sido bom, o que vale é o aprendizado.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • eu me envergonharia muito ao lembrar dos foras e vácuos que já tomei por ser um trouxa.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 9 meses

    Do passado eu só reclamo as " necessidades " físicas que passei . No resto, me orgulho . Fui muito pobre ,

    estudei , trabalhei de domingo a domingo para conseguir alguma coisa . Hoje, estou aposentado , tenho meu carrinho, minha casa, dois filhos e duas netas . Nunca entrei em falcatruas . Por tudo isso , sou feliz .

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Breuer
    Lv 6
    Há 9 meses

    O drama de refletirmos sobre o nosso passado consiste no fato de haver uma distância entre o "eu da narrativa" e o "eu da experiência". O primeiro eu consiste naquilo que sou enquanto lembro e "escrevo" a minha biografia e memórias. O segundo eu consiste no que eu era no momento em que vivia essa ou aquela experiência vergonhosa ou edificante. Nos tornamos juízes impiedosos das nossas memórias quando não compreendemos que o ser que julgamos não era exatamente a mesma pessoa que somos hoje, quando não enxergamos esse distanciamento provocado pelo próprio devir que é a vida. Porém, também é inegável que o que fomos tem uma relação estreita com o que nos tornamos, o que justifica o nosso esforço para iluminarmos e reavaliarmos o passado.

    Até.

  • Há 9 meses

    O sofrimento é a base da paixão.

    pode-se ter vergonha de ter sofrido

    São Pedro decidirá a tempo sobre mim

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 9 meses

    Me envergonharia não só por mim mas por tudo que aconteceu em minha familia um horror

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.