Anônimo
Anônimo perguntou em Casa e JardimLavanderia e Limpeza · Há 1 mês

Acabei de concluir que sou extremamente feio e nunca irei casar e ter filhos?

eu não tive culpa de nascer assim,sempre sofri bullying minha adolescência inteira por ser feio,agora é só esperar a morte na sorte eu pego uma doença terminal e morro antes dos 30

14 Respostas

Classificação
  • Há 3 semanas

    Eu tenho 33 e ainda sou virgem, eu sei como deve estar se sentindo. Mas não pense em morrer não, isso vai acontecer uma hora ou outra.

  • Há 4 semanas

    felizmente para mim e infelizmente para você, SIM !

  • Há 4 semanas

    Isso porque você ainda não viu a minha cara,no outro dia resolvi olhar bem no espelho e quase morri de tanto rir,eu ate chorava de rir,só que agora eu olho para o espelho e não acho mais nenhuma graça!

  • Anônimo
    Há 1 mês

    Vc é doente, precisa consultar um psiquiatra.

    Faça isso por vc.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 mês

    Cara, vai viajar, vai estudar. Se cuida e se ame. se interesse por você que as pessoas vão se interessar por você mesmo. 

  • Há 1 mês

    Casar e ter filhos é uma das piores coisas da vida (imagino eu), então não queira.

    Viva a sua vida como quiser, pague prostitutas para te satisfazer ou até mesmo tente aquilo de "esposa de aluguel", caso tenha interesse.

    Kisses.

  • Há 1 mês

    Eu conclui isso há muito tempo....

  • Há 1 mês

    kkkkkkkk fracassado,vc queria ser bonito e nao ter saude ? viver no hospital igual o hospital anda cheio ? vai se fud3r porr4 vc vai achar alguem q te queira só tirar esse pensamento de fracassado

  • Louis
    Lv 4
    Há 1 mês

    Larga mão de ser assim. A aparência não diz quase nada sobre uma pessoa, você pode compensar a feiúra com algo a mais na personalidade

  • Anônimo
    Há 1 mês

    Kkkkkkkkkk se meu filho for que nem tu quando crescer, vou chorar no banho todos os dias me perguntando no que eu errei

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.