Mei perguntou em Ciências SociaisPsicologia · Há 6 meses

Sentir nojo de criança não é algo comum, mas sim um aspecto psicologicamente modificado?

E aí pessoas, como estão?

Então, venho pesquisando há um tempo sobre os estudos de Freud e sobre a causa e os efeitos do psicológico humano quando ele é posto em uma situação na qual não sabe lidar.

Pois bem, me peguei sentindo nojo e raiva de uma criança hoje (no geral eu sinto mesmo) e me lembrei que desde pequena (já tenho 21 anos) eu costumava maltratar minha irmã caçula. Hoje em dia eu sinto nojo até de bebês, parece que houve uma evolução do problema.

A questão é: não creio que eu tenha passado por algum trauma psicológico na infância para ser assim. Isso pode ser algum fator psicológico hereditário? (Meus parentes por parte de pai são bem violentos e descarados)...

2 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 6 meses

    Odeio crianças, sinto ódio de crianças e bebês. Aliás minha jovem, eu não sinto afeto por ninguém.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 6 meses

    Eu também detestoooo crianças, mas não nesse seu nível.

    Aqui onde eu moro as crianças de 11 anos já falam de sexo e é algo natural para elas. Já fumam, bebem, falam gírias ridículas e a maioria deles já até tiveram até a sua primeira relação sexual... É normal pensar em sexo nessa idade, eu mesmo pensava... Mas ser tão desenvolvido assim me dá nojo. Me acho meio ranzinza por julgar assim, até porque criança é idiota né, eu também já fui uma... Mas ver aquele meninos e meninas catarrentas, me vem uma anciã de vômito só de pensar. Essas crianças não devem nem saber lavar suas partes íntimas direito.

    Já sobre os bebês, eu amo bebês porque eles são inocentes até certa idade.

    De 10 anos pra cima já não considero mais criança, considero aberração mesmo (brincadeira mas é verdade)

    • Faça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.