Anônimo
Anônimo perguntou em SaúdeSaúde Mental · Há 6 meses

Como convencer o marido a não expulsar meu filho de 33 anos que não trabalha de casa (adoro ele, mesmo sendo preguiçoso).?

Atualizada:

Eu tenho 65 anos , sou aposentada e moro com meu filho de 33 anos. O meu marido diz que mimo muito esse menino, e hoje ele não tem emprego, não estudou , fuma e fica no quarto. Não quero expulsar ele (não por estar acima do peso e ter problemas de diabete, mas é porque ele não tem ninguém).

14 Respostas

Classificação
  • Há 6 meses
    Melhor resposta

    Eu acho que a senhora têm que fazer algo para ele mudar esse comportamento, desse jeito ele nunca se desenvolverá na vida, ele já tem 33 anos já está mais do que na hora de arrumar um emprego e cuidar da própria vida, não estou dizendo para ele sair da sua casa, mas começar a ter as coisas dele e não depender dos pais para se sustentar e ter as coisas. Eu tenho 23 anos e ainda não trabalho, mas quero trabalhar e ter meu dinheiro, seu filho deveria querer o mesmo! Manda ele voltar a estudar ou fazer um curso profissionalizante, isso vai ser muito útil na vida dele. Talvez ele tenha depressão, leve ele no psicólogo se apresentar sintomas da doença, ele pode tá pessando por isso, para de mimar seu filho e comece a ajudá-lo! A senhora já é de idade e seu filho tem a obrigação de te ajudar.

    Beijo.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Bruno
    Lv 7
    Há 6 meses

    Pode não ser preguiça. Algumas pessoas têm um cérebro diferente, como os autistas, por exemplo. Muitos autistas passam a vida toda sem receber um diagnóstico e sofrem muito com o preconceito da sociedade. Pode ser que ele não tenha condições mentais de trabalhar. Leve ele para uma avaliação com um psiquiatra.

  • Há 6 meses

    MANDA SEU MARIDO TOMAR NO KU, ELE QUIS TER FILHO AGORA ELE VAI TER QUE CUIDAR !!!

    • KKKKKKKKKKKKSKKSKSKA

    • Faça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 6 meses

    Nem é mais jovem (Juventude vai dos 14 aos 21 anos - período da adolescência) .

    • Faça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 6 meses

    Diga a seu esposo fdp que se ele fizer isso você irá embora junto com seu filho, isso não se faz, é apenas uma fase na vida do garoto, seu marido é que deveria ser expulso de casa, se fizerem isso seu filho irá direto para a cracolândia (é isso que querem)?

    • Eric
      Lv 5
      Há 6 mesesDenunciar

      Vai trabalhar

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 6 meses

    Isso que eu chamo amor de mãe

    • Faça login para comentar as respostas
  • Palo
    Lv 7
    Há 6 meses

    Seu filho pode ter um distúrbio ou transtorno e precisa de tratamento. Talvez uma depressão ou algo parecido.

    Conheço pessoas que fizeram terapia e estão ótimas atualmente. Você deve procurar um psicólogo que faça terapia, mas o ideal seria procurar também um médico psiquiatra, porque ele pode receitar um remédio apropriado para depressão ou esta insegurança.

    Se você não tem plano de saúde ou convênio, procure um CAPS - Centro de Atenção Psicossocial, que é GRÁTIS (veja a listagem dos endereços no Google); ou um Hospital Universitário, que também é gratuito, ou Santa Casa (que as vezes é grátis pelo SUS). Quanto mais cedo melhor, mais fácil é a solução.

    Como complemento, se desejar, busque também um apoio pessoal / espiritual. Procure o responsável pelo Grupo Força Jovem em um dos endereços abaixo (veja na tua cidade), porque ele está preparado para te orientar e ajudar a se libertar desta situação: http://www.universal.org/enderecos/

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 6 meses

    mEU FILHO E´IGUALZINHO O SEU ,É UM ENTULHO !!!111 mANDA ELE ESTUDAR ESTO´RIA QUE ELE GANHA MAIS !!

    • Faça login para comentar as respostas
  • Paulo
    Lv 6
    Há 6 meses

    A verdadeira sabedoria é aquela que encontramos nas coisas simples da vida.

    VEJA UMA ESTRATÉGIA FINANCEIRA,APROVADA POR MILHARES DE PESSOAS,COM RESULTADOS SURPREENDENTES.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 6 meses

    Tenta escrever por email.É uma forma diferenciada de comunicação e você pode dá mais detalhes.

    • Faça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.