Anônimo
Anônimo perguntou em Governo e PolíticaOutras - Governo e Política · Há 1 ano

O sistema comunista e socialista é um sistema escravista desfasado?

6 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 1 ano
    Resposta favorita

    Eu acho que o grande problema do comunismo é querer uma sociedade perfeita em um mundo corrompido pelo pecado original.

    Além disso,somos todos diferentes...E igualdade não é justiça.Em um mundo cheio de problemas,uns sempre vão precisar mais de apoio do que outros.Assim como,a demanda e a oferta de algo em um lugar sempre poderá ser diferente da demanda e da oferta de outro lugar.

    • Direita BR
      Lv 6
      Há 1 anoDenunciar

      Parabéns pelo pensamento! É exatamente isso mesmo.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Pedro
    Lv 6
    Há 1 ano

    Sim, é uma idéia de girico do século passado.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 ano

    Não, não é escravista mas não deixa de ser um sistema impossível de se autossustentar.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 ano

    É o que os escravistas brazileiros dizem para fingir que somos um país capitalista.

    A luta contra as desigualdades aqui no Brazil não é COMUNISMO. Ao contrário, é querer se livrar das estruturas escravistas.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 ano

    Não

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 ano

    Não. O sistema comunista/socialista é o sistema baseado na igualdade de classes e na detenção dos meios de produção pela classe trabalhadora. Aonde não existem chefes e a divisão dos bens é dividida igualmente. Na teoria ate que funciona, mas na pratica meio que desmorona. Mas o capitalismo não é lá aquelas coisas também, pois é pautado pelo capital financeiro, baseado em quanto mais você paga, mais você tem.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.