Apenas um desabafo...?

Sei que o mundo é cheio de problemas, uns piores que outros. Mas venho aqui compartilhar os meus. O motivo: não sei. Não estou sendo dramático, não me corto, não tento chamar a atenção de ninguém. Tenho uma ótima vida, não tenho muito dinheiro, mas tenho uma vida feliz. Tenho 22 anos, estou no último semestre do... mostrar mais Sei que o mundo é cheio de problemas, uns piores que outros. Mas venho aqui compartilhar os meus. O motivo: não sei.
Não estou sendo dramático, não me corto, não tento chamar a atenção de ninguém.
Tenho uma ótima vida, não tenho muito dinheiro, mas tenho uma vida feliz.
Tenho 22 anos, estou no último semestre do meu curso, minha família me ama muito. Sem falar na minha namorada, que já faz parte da minha vida há 4 anos. Minha mãe? Dedica toda a vida dela a mim, desde quando eu era criança e percebeu que eu poderia ter algum transtorno, o que mais tarde foi diagnosticado como sindrome do pânico. A partir dos 12 anos até mesmo o ato de sair na rua me causava problemas. Comecei a me isolar até conhecer minha namorada. Minha família e ela foram os responsáveis pela minha notável melhora. Até mais ou menos um ano atrás.
Desde então comecei a não achar mais graça em nada, muitos dias não tenho vontade de levantar da cama, fico completamente distante, irritado.
Não vou mentir, já pensei em várias formar de acabar com tudo. Remédios, cortar os pulsos. Mas cada vez que penso nisso, lembro da minha família e em como isso afetaria a vida de todos. Principalmente da minha mãe, minha namorada e minha sobrinha de 5 anos, que me chama de pai. Aprendi a me por no lugar dos outros, como eles se sentiriam?
Apenas um desabafo e um lembrete para quem está passando por isto: a vida vale muito a pena, as vezes temos muitas pessoas querendo nosso bem e não vemos isso. Assim acontecem as tragédias.
11 respostas 11