Anônimo
Anônimo perguntou em Sociedade e CulturaReligião e Espiritualidade · Há 6 anos

O que significa esse símbolo de aspas " no ocultismo?

Tem algum simbolo que é dois traços ?

| |

q nem esse acima?

5 Respostas

Classificação
  • Há 6 anos

    Não faço a menor ideia.

    Se dissesse onde o viu, em que contexto, talvez eu possa ajudar... mas assim fica difícil.

    E o chamado "ocultismo" é muito vasto, que abrange desde simbologia teosófica até simbologia enoquiana, passando por todo o paganismo do planeta inteiro. Enfim...

  • Há 6 anos

    Nunca vi.

  • Há 6 anos

    Veja se tem lógica, um amigo meu me disse e eu concordei, mais também não tenho certeza. Os dois traços representa o numero onze (11) a qual os mandamentos de Deus são dez (10).

    O inimigo querendo ser mais que Deus.

    Fonte(s): Encontre verdadeira esperança http://www.esperanca.com.br/
  • Anônimo
    Há 6 anos

    Marcado para morrer.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • JHS
    Lv 4
    Há 6 anos

    O PROTESTANTISMO E A KU KLUX KLAN http://www.youtube.com/watch?

    http://www.cpr.org.br/fato68.htm

    Não se deixe enganar: a Maçonaria adora a Lúcifer. Portanto combate ferozmente a Igreja Católica fundada por Jesus. A maçonaria está extremamente preocupada em ter - ou parecer que tem ...[102] Uma das ironias mais lastimáveis é que os mesmos líderes denominacionais que recusam fraternidade e cooperação com outros irmãos evangélicos em Cristo vão à loja maçônica e confraternizam com não-cristãos de todos os tipos. Kloppenburg,A Maçonaria no Brasil, 259s., tem toda razão ao se arrepiar com as histórias sobre os elos entre evangélicos e a loja contra o inimigo católico.

    E os próprios evangélicos reconhecem que seus pastores são maçons:

    O Maior Segredo da Maçonaria: O Vídeo que eles não querem que você veja - Nova Ordem Mundial

    http://www.youtube.com/watch?v=-6ciFLLwv0A

    Youtube thumbnail

    &feature=related

    http://www.youtube.com/user/queruvimwj#p/f/10/nQ7X...

    http://www.youtube.com/user/queruvimwj#p/f/3/freck...

    http://www.youtube.com/watch?v=Kg7mH2ze-eg

    Youtube thumbnail

    http://www.espada.eti.br/n1083.asp

    Maçonaria: Tensões e Perguntas

    http://www.cpr.org.br/fato51.htm

    J. Scott Horrell

    A maçonaria constitui um enigma para o povo evangélico. Sendo a maior sociedade secreta do mundo, com cerca de seis milhões de membros atualmente, a maçonaria tem uma longa história entrelaçada com o protestantismo – especialmente na Grã-Bretanha, na Europa, nos Estados Unidos (com 4 milhões de membros) e no Brasil [1]. Ao mesmo tempo, a fraternidade orgulha-se de contar com membros das elites do mundo, seja no passado [2] ou no presente: desde Voltaire, Mozart, Garibaldi e Goethe, até vários nobres da Europa - incluindo o rei da Suécia e a Rainha Elizabete II (Grande Patronesa da Loja Britânica) - além de catorze presidentes dos Estados Unidos (Johnson, Ford, Reagan etc.). George Washington, o primeiro presidente dos Estados Unidos, era um Grão-Mestre maçom, sendo considerado um dos adeptos mais fiéis de todas as treze colônias de sua época. Não é por acaso que a cédula do dólar americano, que tem o retrato de Washington, traz a pirâmide, o esquadro, a águia e outros símbolos maçônicos junto com as palavras NOVUS ORDO SECLORUM (sic., "nova ordem dos séculos") [3]. O fato de que milhares de pastores e leigos evangélicos ao redor do mundo fazem parte das lojas maçônicas, e de que projetos filantrópicos de grande porte são administrados por eles [4] sugere que essa sociedade só oferece o bem, e até promulga valores e ensinos cristãos.

    a maior igreja evangélica dos Estados Unidos, a Convenção Batista do Sul - que possui um alto índice de membros maçônicos ...Com sua filosofia de religião aberta (sendo, conforme certos estudiosos, anti-católica), a maçonaria brasileira facilitou, em alguns casos, a entrada de missionários evangélicos no país. Às vezes, a loja maçônica até os protegia da oposição da Igreja Católica.[18] Outras vezes, pelo menos no nível individual, a fraternidade maçônica ajudou a financiar a construção dos templos evangélicos. Por estas e outras razões, a maçonaria goza de alta aceitação em meio a certas denominações protestantes do Brasil, contando até com defensores entre os pastores nacionais.[19] O testemunho sincero do Pr. José Motta reflete uma experiência que não é incomum. Sendo convidado para requerer seu ingresso na maçonaria, o jovem pastor batista foi visitado por um respeitado advogado cristão:

    ... ele foi me dizendo que também era maçom e que muito se orgulhava de sê-Ia, pois não via inconveniência para nós, crentes em Jesus; pelo contrário, as coisas se tornam mais fáceis para a penetração na sociedade como maçons e a nossa influência como crentes se torna mais acentuada e respeitada... [No dia em que o PI. Motta, com 23 anos, declarou que queria entrar para a maçonaria:] Vi-me cercado por homens da alta sociedade, dentre eles médicos, generais de Exército, aposentados, professores, advogados e outros...

    Fonte(s):

    Tipicamente, os argumentos de maçons evangélicos são que a maçonaria: (1) é uma fraternidade benemérita e não-religiosa; (2) gera respeito para a presença evangélica entre pessoas de alto gabarito; e (3) abre caminho para servir a Deus na sociedade em geral.

    Certamente, a presença maçônica está deixando sua marca nas igrejas evangélicas do país.

    Baseado em sua extensa pesquisa, Stephen Knight - que não é nem cristão, nem maçom - observa o seguinte: "A maçonaria está extremamente preocupada em ter - ou parecer que tem - boas relações com todas as igrejas cristãs".[99] Ele prossegue dizendo que, dentro da igreja, o poder maçônico é tão forte que "a igreja... não ousa ofender ou provocar milhares de leigos influentes e, muitas vezes, financeiramente abastados, investigando as implicações religiosas da maçonaria.[100]

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.