Mais de 50% da pontuação ativa do brasil concentra-se no setor terciário (agricultura).porquê?

1 Resposta

Classificação
  • Binho
    Lv 7
    Há 6 anos
    Resposta favorita

    A pergunta está errada. Não é pontuação ativa, é População Economicamente Ativa ou PEA, e o setor terciário é o setor de serviços, que inclui o comércio e o governo. O setor primário engloba a agricultura, a pecuária, o extrativismo e a mineração, ou seja, explora a natureza. O setor secundário é a indústria.

    A PEA brasileira está assumindo características de países desenvolvidos, que tem mais de 50% da PEA no setor terciário.

    O setor primário sofre um esvaziamento porque as novas técnicas e a mecanização do setor avançam a passos largos para reduzir a mão de obra e aumentar a produtividade. A produção agrícola familiar só é viável com o apoio de cooperativas que comprar máquinas para a mecanização da lavoura. O conceito idílico do camponês idealizado por Karl Marx agonizava quando ele ainda estava vivo, e está morto e enterrado desde o início do século XX. A Revolução Industrial só foi possível porque novas técnicas de cultivo (especificamente a descoberta dos nitratos, que são adubos) aumentaram a produtividade agrícola e reduziram a necessidade da mão-de-obra disponível. Esta população ociosa migrou para as cidades e virou a mão-de-obra barata das indústrias. Com o modismo dos produtos orgânicos, houve um pequeno (na verdade, insignificante) retorno ao campo, mas a produção orgânica é muito pequena e cara para ser mais que um modismo para as classes mais abastadas. O setor primário é forte em países subdesenvolvidos, pois a economia é baseada na natureza e o país é pouco ou nada industrializado.

    O setor secundário predominante é característica dos países em desenvolvimento que passam pelo período de industrialização. China, Vietnã e Laos são exemplos. Tem por característica os baixos salários. Neste estágio de desenvolvimento, o setor primário também é forte.

    Os países desenvolvidos tem o setor terciário forte, com mais de 50% de suas populações nele. Comércio e Governo fazem parte deste setor. O motivo do setor terciário crescer é o fato de que o setor secundário perdeu força. Graças aos elevados salários dos operários, as empresas são forçadas a procurar outros países para construir fábricas. É por isso que a maioria dos produtos importados são "made in china" mesmo sendo de uma marca americana ou japonesa. Apenas os segmentos da indústria que exigem mão-de-obra muito qualificada permanecem no país.

    O Brasil é uma país em desenvolvimento muito mais próximo do desenvolvimento do que do subdesenvolvimento. Ainda temos pobreza, mas nossa atividade econômica é parecia com a dos países ricos. Nossos operários recebem salários elevados - não tão elevados quanto os europeus e americanos, mas muito acima dos chineses, tailandeses, vietnamitas e malaios. Nossa indústria não é mais tão atraente quanto era antes por culpa da política econômica do Governo atual que acaba de ser reeleito. Salários maiores sem proporcional aumento de produção implica em menos empregos.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.