Anônimo
Anônimo perguntou em Sociedade e CulturaReligião e Espiritualidade · Há 9 anos

Se os pais de Jesus vinham de sua cidade natal para o senso na em Jerusalém...?

...com certeza dormiram várias noites juntos durante a jornada. Vocês não acham estranho que ele ainda não tivesse consumado seu casamento com Maria?

Segundo a bíblia José era bem mais velho que Maria. Será que por causa da idade José não teve como consumar seu casamento? E depois de Jesus Maria teve outros filhos com José, Isso não é estranho? Você tem alguma teoria sobre isso?

Te essa também:

http://br.answers.yahoo.com/question/index;_ylt=As...

4 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 9 anos
    Resposta favorita

    Segundo a bíblia, José a desposa depois de já estar grávida (Mateus 1:18)

    Poderia sim ter tido relações com ela após a gravidez, e isto não teria nenhuma implicação com a virgindade na concepção de Jesus.

    Porém o texto é claro = Mateus 1:25 - "Não a conheceu até que deu a luz seu filho, o primogênito , e pôs-lhe por nome Jesus"

    O texto esclarece também a segunda parte da pergunta. Sim, se Ele é o primogênito, é porque tiveram outros filhos.

    Quanto ao estranho... Não, não acho nada de estranho. Para um povo educado para o auto-domínio, abster-se de sexo por mais alguns meses é normal,principalmente diante de um fato fantástico como a chegada do Salvador do mundo.

    Excelente pergunta e reflexão. Tercival Campestre Barbosa

    Fonte(s): www.deusebom.com
  • Anônimo
    Há 9 anos

    na verdade Jesus não nasceu de uma relação sexual entre maria e josé. a bíblia diz que josé não teve relação com maria até o dia em que ela deu a luz a jesus, Jesus foi gerado pelo espirito santo de Deus.

  • Leo, tá te faltando "senso", ou seja, juízo e discernimento para entender o que a fé católica fala sobre o assunto. Agora, o que aconteceu na Judeia, e não só em Jerusalém, foi um"censo", ou seja, contagem de pessoas, viu?

  • Há 9 anos

    Oi! Prezado Leo.

    A Bíblia não diz o ano, o mês e o dia do nascimento de Cristo. Os Cristãos podem, portanto, aceitar que a data de 25 de dezembro não passa de uma convenção, isto sem ao menos o tal fato, arranhar a sua fé. Com o local da natividade, porém, a história é bem outra, pois a Bíblia diz que Jesus nasceu em Belém. Se ele não nasceu lá, a Bíblia está errada. Como a Bíblia é supostamente a palavra de Deus, mas será que a palavra de Deus está errada? Os Evangelhos dizem que Cristo nasceu em Belém porque os evangelistas queriam convencer os judeus de que ele era o Messias anunciado pelo Velho Testamento, e o tal Messias nasceria no mesmo lugar onde teria nascido o Rei Davi, isto é, Belém. Os judeus não levariam a sério um candidato a Messias nascido em outro lugar. (No fim das contas, os judeus acabaram não levando Jesus a sério, mas isso é outra história). Era preciso, entretanto, explicar por que Jesus nascera em Belém, se seus pais moravam em Nazaré. O que faria uma grávida de nove meses longe de casa numa época em que as viagens eram penosas? O evangelista Lucas tenta responder: José e Maria teriam viajado a Belém para participar de um censo romano. José teria que se apresentar em Belém por ser oriundo de lá (os romanos exigiriam que cada chefe de família se apresentasse na cidade onde nasceu). Aqui começam os problemas.

    Quirino, o governador romano que segundo Lucas ordenara o censo, só governou a região a partir de 6 depois de Cristo, quando Jesus já teria entre dez e doze anos de idade. Ao contrário do que pensava Lucas, Quirino não foi contemporâneo de Herodes, o Grande, aquele que teria mandado matar as criancinhas numa tentativa de assassinar Jesus. Não houve censo romano na época do nascimento de Jesus. Além disso, segundo o historiador inglês Robin Lane Fox, não é verdade que os chefes de família tinham que se apresentar ao censo em seu local de nascimento: cada um era recenseado onde vivia, onde tinha propriedades, onde ganhava o seu sustento. José seria recenseado, por conseguinte, em Nazaré, e não em Belém. Por fim, os romanos não realizavam censos em regiões de governo autônomo, como a Galiléia, terra de José e Maria. Os habitantes de tais regiões não pagavam impostos diretamente a Roma, mas ao governo regional, que, por sua vez, pagava tributos a Roma. O objetivo dos censos romanos era exclusivamente tributário, e o Império só fazia censos onde recolhia os tributos diretamente

    Se as razões apontadas pela Bíblia para Jesus ter nascido em Belém são falsas, pode-se concluir com boa margem de segurança, que também é falso seu nascimento naquele local. Assim fecha-se o jogo: o ano é falso, o dia e o mês são falsos, o lugar também é falso. Tanta falsidade não surpreende: a humanidade vive submersa num oceano de lendas, mitos e mentiras.

    Um forte abraço, cheio de Paz e Luz.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.