Como não trocar o L pelo R?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
Exemplo: inglês por ingrês, Flávia por Frávia, claro por craro , etc.
Melhor respostaEscolha do autor da pergunta
  • ? respondido 3 anos atrás
L ----> Para pronunciar esse som, a ponta da língua toca no céu da boca, bem atrás de onde ficam os 2 dentes da frente. E os lados da língua estão levantados, quase tocando nos dentes de cima, mas não chegam a tocar em nada, pois o ar passa pelos lados. Como os lados estão levantados, a língua fica com a forma de uma ``canoinha``, de um ``barquinho``.

Exemplos: ``Lado``, ``Lento``, ``Legal``, ``Louco``, ``aLô``, ``Lebre``, ``Lã``.
---------------------------------------...




R ----> Para pronunciar esse som, a ponta da língua toca no meio do céu da boca. O resto da língua fica no lugar, relaxado. O ar passa entre a ponta da língua e o céu da boca, causando uma VIBRAÇÃO na ponta da língua.

Exemplos: ``paRto``, ``daRdo``, ``caRta``, ``amoR``, ``doR``, ``laRissa``, ``bRasil``, ``oRiental``.


Essa VIBRAÇÃO DO R não acontece com o L.
Perceba que o R tem esse som vibrado descrito acima, em português, APENAS NO MEIO E NO FIM DAS PALAVRAS E QUANDO É UM R SÓ. No começo das palavras ou quando são 2 letras (RR), o som é outro, como o som do H em inglês.

Exemplos: ``Rato``, ``Rico``, ``Roma, ``Real``, ``Reto``, ``eRRado``, ``maRRom``, ``buRRo``, ``baRRo``, ``feRRo``, ``Hot``, ``Hero``, ``Hollywood``, ``He``.

Em espanhol, o R sempre tem o som vibrado descrito, não importa onde esteja.

Em inglês, o R nunca tem esse som, mas sim um som ``enrolado``, parecido com o que os caipiras brasileiros pronunciam. Em inglês, não se encosta a língua no céu da boca para pronunciar o R.

Classificação e comentário do autor da pergunta

5 de 5
Me ajudou muito ^-^
  • Taxa
  • Comentário

Outras respostas (5)

Classificada como mais alta
  • Classificada como mais alta
  • Mais antigo
  • Mais recente
  • Anna :) respondido 3 anos atrás
    Muitas vezes, dois sons que são semelhantes não são distinguidos em uma língua, como é o caso do “S” e do “Z” no espanhol, mas são distinguidos no português.O “L” e o “R” são sons muito semelhantes em termos da articulação. Quando pronunciamos esses dois sons fazemos com a língua movimentos muito próximos. A diferença é que ao pronunciarmos o “ L”deixamos o som escapar lateral mente, o que não acontece com o “R”. Essa confusão na pronúncia é chamada pelos lingüistas de hipercorreção. O segredo é treinar,treinar ... ESPERO QUE TENHA AJUDADO!!

    Fonte(s):

    http://blog.controversia.com.br/2007/11/02/por-que-as-pessoas-no-brasil-tendem-a-trocar-o-r-pelo-l-e-o-l-pelo-r/
    • 1
    • Comentário
  • BrT Team respondido 3 anos atrás
    kagome-chan: are you Japanese? I ask this due to your nick. If you are a J-national, it's a matter of training speech. If you are Brazilian, then you do need to see a phono physician. And watch what you say, whether it's correct or not.

    Fonte(s):

    A friend of mine, who used to say "bicicreta" without noticing that, lol.
    • Taxa
    • Comentário
  • eron respondido 3 anos atrás
    Essa trocas são conhecidas como "rotacismo" e "lambdacismo". Nem sempre acontece por querer, mas por problemas fonéticos. Um fonoaudiólogo deve ser consultado. Grande abraço!
    • Taxa
    • Comentário
  • Eric Matheus respondido 3 anos atrás
    fono
    • Taxa
    • Comentário
  • Noeli CWB respondido 3 anos atrás
    Se fôr para uma criança o simples treino corretvo em casa já trás bons resultados, mas se fôr em um adolescente ou adulto, só mesmo com a ajuda de um fonoaudiólogo.
    Bjinhusssssssss
    • Taxa
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear