promotion image of download ymail app
Promoted

Uma tese aprovada de Mestrado* sobre TCI é um ponto a favor do reconhecimento acadêmico do fenômeno espírita?

.

..

...

Uma tese aprovada de Mestrado* sobre TCI é um ponto a favor do reconhecimento acadêmico do fenômeno espírita ?

O fenômeno das vozes gravadas, de entes desencarnados tem sido reconhecido como autêntico e sem explicações científicas ainda pelos métodos convencionais.

Um espectro de voz analisado por um software do FBI comprovou uma identidade sonora no meio de centenas embaralhadas para teste de veracidade

A máxima: "Nada há que esteja oculto que não seja revelado" faz do tempo seu parceiro.

Paradoxalmente, aqui no Brasil em que o espiritismo tem um grande número de adeptos e milhões de simpatizantes o aspecto científico é discreto. Somente de forma tão, e muito voluntariosa, navega, apesar dos ventos contrários dos preconceitos.

Diz *Sonia Rinaldi, a maior pesquisadora atual de TCI no Brasil, que, no exterior "não são centenas, são milhares de universidades , institutos e fundações investigando a vida depois desta da vida"

.

Atualizada:

*´¨)

¸.•´

(¸.•*¨*•►Ao encerrar a questão:

A TCI ou EVP(eletronic voice phenomena), como é pesquisado no exterior tem se revelado como uma repetição da febre das mesas girantes. Citam-se grupos de estudos na Europa, EUA, Bélgica, Portugal, Austrália e até no Japão, com surpreendentes resultados. A Universidade do Arizona faz pesquisa com médiuns e o Instituto Windbridge da Universidade de Iowa desenvolve um trabalho que inclui a EVP.

O fenômeno é real, documentado. Não explicado ainda.

Não são mortos. São vivos, raciocinam, são coerentes.

As vozes dão nomes, dados, detalhes, respondem.

O fenômeno NÃO é religioso. É uma ocorrência da natureza. Precisa pesquisar o que é.

É pedir muito ?

.

.

.

12 Respostas

Classificação
  • Há 10 anos
    Resposta favorita

    Dois dos princípios básicos da doutrina espírita( reencarnação e comunicação com espíritos desencarnados) são comprovados pela Terapia de Vidas Passadas(TVP) e pela Transcomunicação Instrumental(TCI), respectivamente. No que diz respeito à TVP, muitos espíritas são contrários por considerarem que o esquecimento das vidas anteriores é graça divina que deve ser respeitada. Particularmente, eu na minha ignorância, não concordo com essa posição um tanto radical, pois é preciso considerar que a finalidade da TVP é buscar a cura de transtornos psíquicos, cuja origem remonta a traumas adquiridos em vidas passadas. No que se refere à TCI, desconheço que exista qualquer reação contrária. Ambos os procedimentos ocorrem em consultórios e laboratórios, respectivamente, longe dos centros espíritas, e a sua prática pode ser contestada por alguns espíritas, mas a sua negação só pode partir de quem ignora o assunto.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 10 anos

    OI Yesno,

    No seu livro “Os mortos nos falam”, o teólogo católico padre François Brune lamenta:

    «O mais escandaloso é o silêncio, o desdém, até mesmo a censura exercida pela Ciência e pela Igreja, a respeito da descoberta inconteste mais extraordinária de nosso tempo: o após-vida existe e nós podemos nos comunicar com aqueles que chamamos de mortos.”

    Numa entrevista, Richard Simonetti, espírta orador e escritor respondeu a seguinte pergunta:

    Como você vê a questão da Transcomunicação Instrumental (TCI) no Brasil? As pesquisas são sérias, profundas e à luz da Doutrina Espírita? E no exterior?

    Na questão 934, de O Livro dos Espíritos, o mentor espiritual que responde a Kardec informa que no futuro haveria meios mais diretos e mais acessíveis para a comunicação com o Espíritos. Parece-nos que esse futuro chegou, com a TCI. No Brasil conheço grupos espíritas que desenvolvem com seriedade esse trabalho. Há notícias de que o mesmo ocorre no exterior, particularmente na Europa, com um detalhe: as experiências por lá são realizadas sem vinculação com a Doutrina Espírita. Os europeus estão redescobrindo o intercâmbio com o Além graças à TCI.

    Fique em paz

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 10 anos

    Amigo Yesno, sou profundo admirador da pesquisadora Sonia Rinaldi e sempre que posso vou até sua página na Internet (Ipati.org.br) para ver os novos boletins com as gravações dos espíritos cujas famílias buscam notícias.

    Já sabia que ela iria defender essa tese, se não me engano na PUC procurando dessa forma levar ao meio acadêmico (onde reside a nata do ceticismo) toda parafernália eletrônica de que dispõe, a fim de provar que os espíritos existem sim, e as provas serão as gravações.

    Chico Xavier precisou apenas de uma caneta e papel para psicografar mensagens dirigidas às famílias que se encontravam arrasadas pela perda repentina de seus entes queridos... Chico foi Chico... Entretanto sempre existiram contestadores.

    Tenho fé de que com os avanços tecnológicos em progressão geométrica, o meio eletrônico disporá das ferramentas ideais a fim de que seja provada a existência do espírito, e que a reencarnação seja tratada como lei biológica... Creio que estamos bem próximos disso.

    Parece-me que países europeus estão muito avançados em TCI, e aí me surgiu uma dúvida: Será que a doutrina espírita encampará essa causa?

    Abçs. José.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 10 anos

    Uma procura por assunto na Plataforma Lattes ( http://lattes.cnpq.br/ ) sobre "Transcomunicação instrumental" no item Assunto, volta dois resultados somente.

    Um para a senhora Sônia Rinaldi e outra para um professor de Pernanbuco, chamado Eduardo Barros do Nascimento -mas para ele não é um trabalho de mestrado, é uma produção cultural. No lattes da senhora Rinaldi, o TCI aparece aos bornotões, mas a idéia de TCI não aparece para mais ninguém.

    TCI ou Transcomunicação instrumental não é tema de produção universitária, nem de pesquisa científica. É só uma alegação religiosa espírita da senhora Sônia Rinaldi, e não passa disso. Não é aceito pela pesquisa científica como ciência. Conforme-se com isso.

    Não vai ser estranho para mim, que um monte de trolls espíritas, ao invés de argumentar, rebaixem ou reclamem de minha resposta, que foi meramente argumentativa crítica e descritiva do que seria a validade acadêmica da tal TCI.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • kiuspa
    Lv 6
    Há 10 anos

    ERRO: A TCI absolutamente NÃO É um fenômeno espírita.

    Espiritismo é essencialmente doutrina fundamentada no cristianismo e, de certa forma, pode-se até notar que manifesta uma certa aversão pela TCI. Por outro lado, comunicações em TCI advindas de Marduk e outros pólos de desenvolvimento do processo, absolutamente não confirmam as pregações doutrinárias espíritas. Será por isso, certamente, que, como você mesmo afirma, "aqui no Brasil em que o espiritismo tem um grande número de adeptos e milhões de simpatizantes o aspecto científico é discreto."

    Repito aqui o que já afirmei há pouco, em outra resposta: o espiritismo se deixou atolar na areia movediça do cristianismo, e por isso tem dificuldade para acolher qualquer proposta que não tenha por princípio um Deus Criador, antes contemple o universo em que vivemos como um conjunto de Leis Eternas que jamais conheceram princípio e jamais conhecerão um fim.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 10 anos

    A antiga URSS tinha uma pesquisa avançadíssima nesta área, muita coisa se perdeu...campo PK, fenômenos mediúnicos, espiões projetores, telepatia, campos biológicos flutuantes e etc, entre os cientistas figuravam: o Dr. Nikolai Semyonov, detentor de um Prêmio Nobel de Química e vice-presidente da Academia de Ciências da URSS; acadêmicos como o Dr. M. Leontovich, o Dr. A. Mints, o Dr. P. V. Rebinder, importante físico-químico; o Dr. Gleb Frank, diretor da "Cidade da Ciência" de Puschino, perto de Moscou.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • drude
    Lv 4
    Há 3 anos

    Anne, o próprio Jesus(que é um só) e não pertence à religião A,b ou C, Ele pregou o amor, nada além disso e acho que nós humanos devíamos nos entender, nunca nos desafiar united statesaos outros, pois há tanto problema no mundo, tanta miséria, fome, falta de escolaridade, moradia, and so on, que esse bate-boca entre religiões, united statesquerendo ser o dono da verdade, querendo posição stronger, isso é bobagem e só faz regredir na vida, quem pratica, olha somente para sua crença e demonstra desamor. faça o bem e não olhe a quem. discussões filosóficas são inúteis ! não acha ?

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 3 anos

    Se houvesse evidências científicas sólidas da realidade de tais comunicações, o assunto já estaria sendo estudado em todas universidades do mundo e muito se teria aprendido com este estudo. O problema é que sem base em evidências empíricas sólidas, o caso fica no domínio das opiniões das pessoas. Neste campo nenhuma hipótese foi firmemente comprovada e em geral os pesquisadores não aceitam evidências que refutem suas hipóteses. Nenhuma ciência progride e nem é aceita pela comunidade científica se suas hipóteses não conseguem ser testadas para confirmação ou refutação. A coisa só piora se os cientistas da área não aceitam a refutação empírica de suas adoradas hipóteses. Explicações muito mais simples para explicar a maioria dos fenômenos desta área são simplesmente rejeitadas pelos pesquisadores. Há de se conviver com isso, pois é assim que o ser humano funciona, o lado bom é que a comunidade científica praticamente não se envolve nesse tipo de pesquisa que é inútil para produzir conhecimento real do universo.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • aulus
    Lv 5
    Há 10 anos

    parceiro! pelo que sei a transcomunicação é uma das fases mais recents do espiritismo; vejo em shopings livrarias cada vez mais abarrotadas de livros; filmes recentemente já sairam dois de maior bilheteria no brasil.

    asisti em são paulo aum minario de medicina espiritual e fiquei impressionado com sposição do psiquiatra dr. sergio felipe.

    pra sua tese de mestrado que só vc pode fazer porque é sua tem literatura suficiente; a rastronomia é o ramo romeno da parapsicologia que ficou de saco cheio o maluco do padre quevedo.

    pelo que li espiritismo é ciencia e filosofia; busque em livros e no google.

    depois não esqueça de que a água que vc precisa pra viver é feita de duas coisas que vc não vê, hidrogenio e ossigenio

    abçs

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 10 anos

    O problema nunca foi acreditar que existam espiritos por toda parte.... eles existem!!!

    O problema e' que por sermos humanos, nao temos a capacidade de saber o que realmente sao....

    Se Deus/Jesus Cristo condena aa morte todo aquele que procurar o conselho e comunicacao com espiritos, e' porque boa coisa NAO pode ser....

    Louco e' aquele que passa por cima de Deus e faz o que Ele termitantemente PROIBE!!!!! Esse e' o X do problema.....

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.