Thata perguntou em Família e RelacionamentosDivórcio · Há 1 década

Me ajudem advogados!!!?

Meu namorado está com um processo de converção litigiosa de separação em divórcio...

Porém ele tem uma filha com essa mulher...então a pensão tá atrasada 1 mês pq ele gastou muito com cirugias com a mãe dele...

A PERGUNTA É: A EX PODE PROTELAR O PROCESSO DE DIVORCIO POR CAUSA DESSA PENSÃO?LEMBRANDO QUE ESTÁ SÓ AH UM MÊS ATRASADA...

ELA CONTEXTOU O DIVORICO ALEGANDO ISSO...

QUE DEVO FAZER?

OBRIGADA!

5 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Resposta favorita

    A pensão alimenticia não corre e não tem nada haver com o divorcio.

    A pensão tem que ser paga independe dos problemas dele, pois a fome não espera.

    Divorcio ser protelado ela tem este direito e vai para o litigio.

    Pensão e Divorcio são distintos.

    Precisa pagar a pensão independe do divorcio, agora uma boa conversa é melhor para evitar gasto com adv.

  • Anônimo
    Há 1 década

    Eu acho q não tem nada haver, porém... seria bom q ele não atrasasse.

  • Anônimo
    Há 1 década

    Não tem nada a ver, e só acontece alguma coisa com ele se ele atrasar a pensão por três meses, aí ele é preso.

    Bjs, Nathália.

  • Há 1 década

    A amiga "vidaloca" já respondeu a sua pergunta com bastante propriedade, mas gostaria de acrescentar alguns comentários para melhor esclarecer as suas dúvidas, se assim me permitirem as nobres senhoras!

    A falta de pagamento da pensão em nada se relaciona com o processo de conversão litigiosa de separação judicial em divórcio; portanto, não porque se preocupar com isso no caso em tela. Contudo, a ex-mulher de seu namorado pode pedir a prisão dele por falta de pagamento da pensão alimentícia, bem como pode vir a requerer a execução de qualquer bem dele, que, assim, será levado à leilão para que com o fruto seja satisfeita a dívida de alimentos.

    Datavenia, obviamente, a ex-mulher de seu namorado, como medida protelatória, poderá se valer do não pagamento da pensão alimentícia para se negar a assinar a conversão, pois, pelo que conhecemos, ela não compactua pró-ativamente com tal feito, certo?

    O seu namorado, da parte dele, não poderá alegar as despesas extraordinárias em que incorreu como motivo para o não pagamento da pensão; portanto, sugiro que ele pague ao menos uma, senão a totalidade, da pensão, no mínimo, como forma de demonstração de boa vontade da parte dele. Isso sem falar nas necessidades da própria filha, cujos interesses imagino conhecer o próprio muito mais do que nós...

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 década

    Ele não deveria ter deixado de pagar a pensão para a filha,se ele gastou e não tinha condições de mandar o valor todo que mandasse pelo menos 50% da pensão.

    Quanto a ex-mulher ela pode se negar sim em assinar o divorcio por qualquer motivo,ai vai do juiz assinar por ela e acabar com isso ou marcar uma nova audiência,

    O que ele deve fazer é pagar a pensão para filha o quanto antes pq a fome não espera.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.