Thata perguntou em Família e RelacionamentosFamília · Há 1 década

Me ajudem como proceder com essa situação!?

O seguinte meu esposo tem uma filha do primeiro casamento,e na separação ela e ele entraram em um consenso e decidiram que tds os domingos ele pegaria a criança(na audiência com o juiz),porém ela não cumpre com isso tds domingos ela some com a criança e tbm não deixa a filha falar com ele por telefone...

Podemos pegar a filha na escola e entrega-la no outro dia?Já que ela não cumpre com nd!Pois é o único jeito que conseguiremos vela.

Outro detalhe é ele não tem condições de pagar o mesmo tanto que foi estipulado pq agora temos nossa fillha...

Me disseram que pra ele conseguir isso mais rapido é não pagar a pensão dai com 3 meses o juiz prende ele e dai já tem audiência e ele fala pq não esta pagando a pensão!!

é certo mesmo essa dica?

COMO FAZER?

3 Respostas

Classificação
  • Há 1 década

    A sua primeira pergunta é: Se pode pegar a criança na escola e entrega-la no outro dia? a resposta é não. Corre o risco de crime de sequestro ou rápto.

    Segunda pergunta: Se não pagar a pensão resolveria o problema do valor? A resposta é não. Se não pagar a pensão além de ser preso, só sairá após toda a quantia em atraso ser paga.

    O melhor caminho é peticionar ao Juiz em razão da quebra de acordo quanto aos dias que o pai tem direito em ficar com a filha. A mãe, com certeza terá que responder ao Magistrado. E aproveitando o ensejo, detalhar ao Juiz a impossibilidade de cumprir o valor estipulado aí sim, o Magistrado irá analisar e quem sabe, diminuir o percentual em uns 15%.

  • Anônimo
    Há 1 década

    Moça primeiro vocês tem correr atrás de seus direitos, para depois vocês tomarem atitudes...Se o juiz ou a juíza forem sensatos criarão medidas mais acessíveis e poderão diminuir até a pensão...Esse caso é clássico, as mulheres não aceitam perder. Então tenham paciência e busquem orientação o quanto antes...Mulheres assim destroem a vida de crianças inocentes e sempre põem a culpa nos homens...São loucas não nasceram para gerar filhos...Que isso siga de exemplo para você.

  • Há 1 década

    Ola querida. Essa dica esta totalmente equivocada. Uma coisa é o direito de visitas, que pode ser exercido ou não por ele, e que é obrigação dela. Outra coisa é o pagamento inscusável da obrigação alimentar. O melhor a fazer e procurar um advogado, ou defensor público, para pleitear o cumprimento pela mãe do direito de visitas do pai. se ele para de pagar, será preso, mas isso nada tem a ver com visitas. Referem-se a mesma situação, porém são açoes judiciais distintas.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.