Um texto Kardecista parece ser racista. Alguém pode esclarecê-lo pra mim?

Antes de tudo, minha dúvida é sincera. Não estou aqui para causar brigas nem ofender ninguém. Já li alguns livros espíritas e em Obras Póstumas achei um texto suspeito, parecia ser racista. Posso ter entendido errado. Algum espírita pode me ajudar? O texto parece dizer que recebemos um corpo que corresponde a... mostrar mais Antes de tudo, minha dúvida é sincera. Não estou aqui para causar brigas nem ofender ninguém.

Já li alguns livros espíritas e em Obras Póstumas achei um texto suspeito, parecia ser racista. Posso ter entendido errado. Algum espírita pode me ajudar?

O texto parece dizer que recebemos um corpo que corresponde a medida de nossa evolução espiritual, e que o negro recebe um corpo mais grosseiro por ser menos evoluído. Dentre todo o texto, destaco aqui um pequeno trecho:

"O negro pode ser belo para o negro, como um gato é
belo para um gato; mas, não é belo em sentido absoluto,
porque seus traços grosseiros, seus lábios espessos
acusam a materialidade dos instintos; podem exprimir as
paixões violentas, mas não podem prestar-se a evidenciar
os delicados matizes do sentimento, nem as modulações
de um espírito fino.
Daí o podermos, sem fatuidade, creio, dizer-nos mais
belos do que os negros"

Quem quiser conferir, veja o capítulo intitulado a Teoria da Beleza em Obras Póstumas.

Agradeceria se um espírita sincero me esclarecesse se esse texto está errado ou se minha interpretação está errada...
12 respostas 12