O que são e quais são as habilidades motoras?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
geente me ajudaaa é pra fazeer um trabalho, URGENTE!
Melhor respostaEscolha do autor da pergunta
  • SABER respondido 5 anos atrás
Habilidades Motoras: para Correr e Viver Bem

POR LUIZ CARLOS DE MORAES (lcmoraes@compuland.com.br)

Invariavelmente, todo ser vivo na sua trajetória de nascer, crescer, envelhecer e morrer segue naturalmente uma ordem lógica de desenvolvimento de habilidades motoras. Seres humanos nascem, rolam, levantam a cabeça, ficam de quatro, engatinham, ficam de pé procurando equilíbrio, andam, correm, saltam e arremessam. No decorrer desse crescimento natural, se não houver uma tentativa de adiantar o processo ou ocorrer traumas, as habilidades motoras serão bem desenvolvidas, tudo a seu tempo, aperfeiçoando o sistema nervoso central.

Um bom exemplo de interferência nesse processo é quando os pais tentam fazer a criança andar antes da hora, colocando-as nos famigerados andadores. Além da criança não andar antes do tempo, quando o faz realiza os movimentos sem um perfeito equilíbrio e noção espacial não desenvolvido no tempo certo.

Ou seja, existe uma progressão de desenvolvimento natural estabelecida, lá por papai do céu, e que a ciência chama de desenvolvimento cognitivo. As respostas motoras obedecem à capacidade do desenvolvimento físico e mental. Os músculos e ligamentos dos pés, por exemplo, começam a ser aperfeiçoados quando a criança, principalmente descalça, começa a tentar ficar de pé, exercendo força de agarre com os pés contra o solo. É esse movimento reflexo de sensibilidade que vai permitir a formação da estrutura dos pés, tão importante para o equilíbrio e futuramente possa correr melhor.

A pirâmide de Gallahue. A teoria e o modelo de seqüência inter-habilidade são bem aceitos na comunidade científica, sendo o mais divulgado o de Gallahue - 1982 representado por uma pirâmide, onde na base encontra-se o primeiro estágio de movimentos reflexos do recém-nascido (agarrar), passando pelos rudimentares (engatinhar, marchar) os fundamentais (correr, saltar, lançar, puxar, empurrar, trepar) e no topo os refinados movimentos esportivos. Numa Olimpíada ou em jogos esportivos importantes, os medalhistas são os atletas que, entre outros fatores, receberam os estímulos certos do ambiente nos momentos mais adequados em suas vidas.

Da mesma forma, falando de atividades esportivas do povão, como é a corrida, apesar de parecer tão simples, muitos de nós, em algum momento já nos perguntamos: por que fulano corre mais do que eu, se faço tudo certo nos treinamentos e ele nem treina tanto?

Em primeiro lugar, de certa forma, quando dizemos que o campeão já nasce feito, tem um fundo de verdade nisso. O que determina é a genética e depois os outros fatores. Não significa que se você não foi agraciado pela genética, então vai deixar de treinar. A genética sozinha não faz milagre. É preciso passar por todos os estágios de desenvolvimento, ter o plano de treinamento certo no momento certo, para chegar a algum lugar.

A familiarização e a intimidade com o simples ato de correr dependem do desenvolvimento das habilidades básicas, que vão proporcionar uma perfeita noção de equilíbrio, coordenação motora dos movimentos, flexibilidade para dominar a biomecânica do movimento e as resistências naturais: a do atrito com o solo, a pisada transferindo a força das pernas para o vôo mantendo a aceleração, a pisada da aterrizagem e a do ar, incluindo aí o vento que nunca sopra o tempo todo na mesma direção.

Intimidade com o esporte. Treinar e desenvolver a flexibilidade, fazer musculação, se alimentar de modo correto, dormir bem e um número de horas suficiente por dia. Ufa! Correr já não parece ser assim tão simples. São pequenos detalhes que fazem a diferença. Ganha quem treina certo, não quem treina mais ou tenha só o talento.

Conclusão: correr direito implica em seguir uma ordem de aprendizado das habilidades motoras, e não adianta muito pular etapas. Todas são importantes para o resultado final que é dominar o gesto esportivo e ter intimidade com a corrida. Essa é a palavra: intimidade... com a corrida, a bola, a água, a raquete, a bicicleta etc. Tem gente que "briga" com a corrida, deixando transparecer um sofrimento, enquanto tem gente que desliza suavemente, parecendo não fazer esforço nenhum correndo. Isso faz toda a diferença, ou não?

Quando a criança tem oportunidade desse desenvolvimento natural já na própria corrida, muito cedo ela começa também a desfrutar das outras vantagens, tais como a socialização. Nenhum outro esporte é mais barato, mais democrático e por isso mesmo é o mais praticado no mundo. Outro grande aprendizado a ser levado para o dia-a-dia é a noção de perseverança, determinação, planejamento e conquista de metas. O sucesso depende do próprio esforço para treinar, suar a camisa e vencer. Se a corrida é assim a vida pessoal também é.

Por todos esses atributos o atletismo numa Olimpíada ou mesmo jogos Pan-Americanos é o mais esperado porque representa o desafio e a superação dos limites humanos. Os melhores atletas terão reunido os mais refinados movimentos, aperfeiçoados desde o

Classificação e comentário do autor da pergunta

1 de 5
vlw
  • Taxa
  • Comentário

Outras respostas (1)

  • Márcio respondido 5 anos atrás
    Entre na pagina da google, digite : habilidade motora, então você deve abrir a janela que contém a frase: HABILIDADE MOTORA "HABILIDADE consiste da capacidade adquirida de... e pronto você terá material para o teu trabalho. Abraços.
    • Taxa
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear