Em que contextos são usados os pronomes tu e vós?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
Melhor respostaEscolha do autor da pergunta
  • Fadi respondido 5 anos atrás
Pronome
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Este artigo ou secção contém uma lista de referências e/ou ligações externas, mas suas fontes não são claras porque carecem de notas de rodapé Você pode melhorar este artigo introduzindo fontes fiáveis mais precisas, inserindo-as no corpo do texto ou em notas de rodapé.
Classes gramaticais
Substantivo
Adjetivo
Pronome
Numeral
Artigo
Verbo
Advérbio
Preposição
Posposição
Conjunção
Interjeição
Combinação
Contração
Os pronomes constituem a classe de palavras categoremáticas, ou seja, são palavras cujo significado é apenas categorial, sem representar nenhuma matéria extra-lingüística. A análise de um pronome em isolado não permitiria identificar nele um significado léxico dentro de si mesmo, pois seu significado na frase ocorre de acordo com a situação ou outras palavras do contexto.
Assim, o pronome adquire sua classe de acordo com sua função na frase, de acordo com a coesão textual, e por isto os pronomes são substantivos, adjetivos, ou adjuntos. Todavia, ao contrário dessas classes de palavras, o pronome não aceita sufixos aumentativos, diminutivos, e superlativos tais como ão, zão, inho, íssimo, etc, no que são semelhantes aos numerais.
Essencialmente, um pronome é uma única palavra (ou raramente uma forma mais longa), que funciona como um sintagma nominal completo.

A semântica caracteriza o pronome por indicar algo, caracteriza-o como dêixes; dêixes quer dizer apontar para, pois se formos observar, o pronome atua na frase remetendo a algo dentro dela, ou em seu exterior, apontando e se referindo a outros elementos do contexto, situação, discurso.
O pronome (dêixes) divide-se primeiramente em três tipos, de acordo com essa idéia de referência, dêixes ad oculos, dêixes anafórica, dêixes catafórica. Todos estes tipos indicam a condição do pronome em relação aos falantes do discurso.
Dêixes Ad Oculos: O dêixes ad Oculos é situacional, um pronome com dêixes situacional aponta para um elemento que está presente para o(s) falante(s).

É óbvio que isto é melhor que aquilo!

Na frase sugerida como exemplo, os pronomes substantivos isto e aquilo não se referem aparentemente a qualquer substântivo em específico, pois apontam para algo que apenas durante o enunciado seria possível conhecer, que estaria presente apenas na enunciação.
Dêixes Anafórica: Um pronome com dêixes anafórica aponta para um elemento que foi dito ao longo da frase, e que pode ser encontrado através de coesão textual.

Fui professora durante minha juventude, mas já não o sou agora.

Na frase sugerida como exemplo, o pronome demonstrativo O remete no caso à profissão de professor do sujeito da frase, já citada anteriormente.
Dêixes Catafórica: A dêixes catafórica aponta para um elemento que ainda não foi citado no discurso, ou mesmo que não presente dentro dele.

Farei-o, libertarei o Brasil do domínio português.

Na frase sugerida como exemplo, o pronome demonstrativo O , que é alvo da ação verbal, faz referência ao ato de libertar o Brasil, uma ação que é enunciada apenas após a aparição do pronome.
Dêixes em Fantasma: Há um quarto tipo de dêixes estabelecido por K. Brugmann e que se encaixaria no primeiro e no terceiro tipo de dêixes, seria um quarto tipo especial intitulado como Dêixes em Fantasma. A dêixes em fantasma aconteceria em uma conversa hipotética em que o falante transporta o ouvinte a um cenário de fantasia e no qual usa pronomes para apresentar ao ouvinte os supostos elementos ali dispostos. Embora tenha valor dentro de uma consideração psicológica, normativamente não há diferença real, é mais prático ter a Dêixes em Fantasma encaixada nas outras duas categorias.
É ainda de acordo com a semântica que os pronomes classificam-se em vários tipos: pessoais, possessivos, demonstrativos (incluindo nesta classificação também o artigo definido de acordo com o o caso), indefinidos (incluindo nesta classificação também o artigo indefinido de acordo com o o caso), interrogativos, e relativo. Alguns pronomes são:mim, ti, ele, ela, si, nós, vós, eles, elas
Índice [esconder]
1 Pronome Substantivo e Pronome Adjetivo
2 Pronome pessoal: Pessoais Retos e Pessoais Oblíquos
2.1 Pronome Oblíquo Reflexivo
2.2 Pronome Oblíquo Recíproco
2.3 Pronomes em Formas de Tratamento
3 Pronome Possessivo
3.1 Pronome Possessivo Adjetivo
3.2 Pronome Possessivo Substantivo
4 Pronome Indefinido
4.1 Pronomes Indefinidos Substantivos (Invariáveis)
4.2 Pronomes Indefinidos Adjetivos (Variáveis)
5 Pronome Demonstrativo
6 Pronome Relativo
7 Pronome Interrogativo
8 Atenção!
9 Pronomes em outros idiomas
10 Referências
[editar]Pronome Substantivo e Pronome Adjetivo

Como já foi observado, um pronome aponta para algum elemento do enunciado, e localiza este elemento (objeto-substantivo) dentro do enunciado. Quando ele faz referência a um elemento que surge explicito no enunciado, é um pronome adjetivo ou adjunto; quando porém, ele faz referência a um elemento que

Classificação e comentário do autor da pergunta

5 de 5
vlw
  • 1
  • Comentário

Outras respostas (1)

  • pensadorquepoeempratica respondido 5 anos atrás
    eu nao diria contextos, mas oracoes. tu é um pronome da segunda pessoa do SINGULAR, vós tb, so q este é do PLURAL.

    o vós está em desuso, nem provas de concursos usam mais o "vós".
    • Taxa
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear