Mas você vai continuar, não é?

Eu tinha deixado de escrever pela milionésima vez, e tinha largado de ficar repassando uma vida inteira em uma noite, enquanto tentava encontrar o sono e dormir como uma pedra, cair na cama e fazer dela a minha fortaleza, mas todas as noites se repetem dentro da minha mente, como se tudo fosse um infinito... mostrar mais Eu tinha deixado de escrever pela milionésima vez, e tinha largado de ficar repassando uma vida inteira em uma noite, enquanto tentava encontrar o sono e dormir como uma pedra, cair na cama e fazer dela a minha fortaleza, mas todas as noites se repetem dentro da minha mente, como se tudo fosse um infinito círculo.
Fui tudo nos últimos meses, irresponsável, covarde, indeciso, tolo, idiota, tudo numa proporção suficiente para hoje não mais me suportar. Uma vontade de jogar tudo pro alto, colocar uma mochila nas costas e sair sem nenhum lugar certo, apenas ir, sem saber quando retornar.
Talvez eu tenha um lugar não muito longe pra ir, talvez meus pés não queiram chegar tão perto, e depois ter que deixar. Lutar contra si mesmo nunca foi fácil e nunca foi meu forte. Todas as coisas com as quais se pode construir uma vida, também pode levar a morte.
Falam pra mim de mudança, mas eu nem tive ciência de quando deixei de ser o que era, pra me tornar àquilo que sou agora. Vai ver não deixei nunca de ser aquilo que fui outrora, estava apenas dando um tempo de mim. Agora já não importa...
Há sempre um duplo caminho, ou se dar bem ou se dar mal na situação. O meio termo desemboca em uma das duas qualquer hora, e voltamos sempre pro mesmo lugar.
Não sei se perdi ou se desisti...
Atualizar: Ferrolho, temos alguns inimigos das trevas que sempre negativam nossas respostas. Quando é alguma coisa idiota, todos os dedinhos são apontados prá cima. Quando são boas as respostas, vem o mal e negativa... não espere muitos bons, inferlizmente. Se bem que por aqui passou só um (ou uma...).
15 respostas 15