Pamycris perguntou em Ciências SociaisPsicologia · Há 1 década

O que é a filosofia japonesa do shibumi que me parece que é felicidade que vem da simplicidade?

Atualizada:

Acrescentando é um estado de perfeição espontânea,alcançar a simplicidade.

2 Respostas

Classificação
  • ?
    Lv 7
    Há 1 década
    Resposta favorita

    Shibumi

    Sem tradução no vernáculo - expressa conjunto de qualidades extremamente positivas e que culminam por assegurar ao seu detentor um estado de espírito de plenitude - do ser com o Universo – em delicado equilíbrio.

    Alguns referem como nirvana budista. Na Índia, pode ser comparado à recitação do “Nam-myoho-rengue-kyo” dentro do Sutra de Lótus. Não existe possibilidade de uma tradução, mas sabemos ser a síntese de todas as forças do Universo consubstanciadas como a própria vida do ser humano.

    Como descrever uma qualidade indescritível ?

    Uma expressão tão correta que não precisa ser ousada...

    Tão mordaz que não precisa ser bonita...

    Tão verdadeira que não necessita ser real?

    A diferença entre o verdadeiro e o falso é o efeito que causa em nós. O que é verdadeiro nos enche de amor, engrandece-nos, dá-nos forças e energia para superar quaisquer dificuldades ou obstáculos. O que é falso fecha-nos. Torna-nos mesquinhos, egoístas, preocupados... Atrapalha-nos com vibração negativa...

    O falso encontra eco em nós apenas através das nossas fraquezas, dependências, carências e necessidades. O falso contraria a natureza humana, a qualidade inerente ao ser humano, que nasce capacitado a entender o Universo e banhar-se na energia radiante, atingir o ao Shibumi. Textos escritos por profetas podem auxiliar, mas necessitamos é estar preparados para ouvir a voz do Universo. Que às vezes pode constituir num...

    Um silêncio eloqüente.

    Shibumi é compreensão, muito mais do que conhecimento.

    Uma leveza que nos transporta a outro plano.

    Ultrapassar o conhecimento e atingir a simplicidade.

    O quê ? Se podemos “explicar” ? – OK :

    Ultrapassar o conhecimento e conquistar a simplicidade da sabedoria:

    O saber é limitado ao que conhecemos...

    Enquanto a sabedoria não tem limites.

    Porque é a capacidade de compreender, tudo e a todos.

    Não há limites para a Sabedoria.

    O verdadeiramente sábio constantemente encontra algo “novo”, que ainda desconhecia. Mas, antes que alguém possa terminar de dizer:

    “- Encontrastes algo que não conheces! Não és tão sábio assim ! “

    Imediatamente, o Sábio já está se harmonizando com o “novo” e aprendendo. O “novo” faz parte do Universo e a atitude Shibumi - integrar-se:

    Ser Um, e ao mesmo tempo o Todo.

    Shibumi - em nihon-go (língua japonesa, ideográfica ou simbólica) expressa uma virtude de esplendor ó até pode se referir a uma obra. Sentimos, mais do que propriamente vemos, Shibumi é usado para qualificar jardins e locais nos quais há tanta harmonia que a beleza é fluída e a paz está em movimento sem perturbar-se.

    Mas a principal referência de Shibumi será sempre à pessoa... Porque uma obra – se tiver a característica de Shibumi, a terá recebido do seu criador, e constituirá o registro do momento em que o artista atingiu um momento de esplendor.

    Para saber mais...

    http://spawnclown.blogspot.com/

  • Há 1 década

    Dessa n posso lhe ajudar, pois nunca ouvi falar .. surge cada coisa ...

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.