O que é poluição das aguas?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
por favor me ajudem!!é um trabalho de escola!!
Melhor resposta
. Observe os esgotos e tire suas conclusões
  • Taxa
  • Comentário

Outras respostas (1)

  • Gabi respondido 6 anos atrás
    Existem dois tipos de definição para descrever uma Água Poluida. Do ponto de vista económico, a poluição da água é uma alteração da qualidade que afeta o bem-estar do consumidor e reduz os lucros do produtor, exigindo-se assim o estabelecimento de um nível óptimo de poluição. Em termos ambientais, a poluição da água é uma alteração do ambiente que afecta os ecossistemas e directa ou indirectamente, o Homem. A classificação de água poluida depende do seu uso, e do equilíbrio que existe entre o meio aquático e a sua fauna e flora, assim sendo, uma água pode ser imprópria para consumo humano, mas estando em equilíbrio com o seu meio não poder ser classificada como poluida. Um exemplo é a água dos oceanos, que devido a sua composição mineral e iónica, não se encontra dentro dos padrões definidos para consumo humano, mas no entanto não pode ser considerada como poluida.

    Definições segundo a OMS
    Água poluída: Água cuja composição tenha sido directa ou indirectamente alterada, por forma a prestar-se menos facilmente aos usos que poderia ter no seu estado natural.
    Composição da água natural: Está em equilíbrio com o meio. As espécies que utilizam a água estão adaptadas às suas características.



    Classificação dos Poluentes da Água

    de acordo com a origem
    Pontual: Esgotos urbanos, industriais, mistos, de minas
    Difusa: Drenagem agrícola, águas pluviais, escorrimento de lixeiras

    Segundo a natureza dos contaminantes

    Agentes Químicos
    Orgânicos (biodegradaveis ou persistentes):Proteínas, gorduras, hidratos de carbono, Ceras, Detergentes, óleos, Tintas, pesticidas, solventes..
    Inorgânicos: Ácidos, alcoois, tóxicos, sais solúveis ou inertes...

    Agentes físicos
    Radioatividade
    Calor
    Modificação do sistema terrestre, através de movimentação de terras ou afins

    Agentes Biológicos
    Virus
    Bactérias
    Protozoários
    Helmintos (platelmintos e nematelmintos)
    Algas
    Animais e plantas não pertencentes ao habitat natural sobre-exploração

    Lançamento de esgoto
    Os materiais orgânicos presentes no esgoto (excrementos etc.) nutrem as bactérias aeróbias decompositoras. Por serem aeróbias, consomem o oxigênio diluído na água, podendo matar por asfixia a fauna ali existente (principalmente os peixes). Juntamente com essas bactérias, podem existir ou não os agentes patogênicos: vermes, protozoários (giárdias e amebas, etc.), vírus (hepatite etc.) e bactérias (leptospirose, cólera, febre tifóide etc.).

    Como as bactérias aeróbias continuam a se multiplicar, e se a poluição continua elevada, a certa altura elas próprias morrem asfixiadas por esgotamento do oxigênio dissolvido na água, sendo substituídas então por um novo tipo de bactéria: as bactérias anaeróbicas, que não necessitam de oxigênio, exalando do metabolismo substâncias de muito mau cheiro, como o gás sulfídrico, que possui um odor típico de ovos podres, insuportável em certos rios, como o Tietê, o Tamanduateí e o Pinheiros na cidade de São Paulo e o Canal do Mangue, no Rio de Janeiro.

    Solução
    A solução que deve ser tomada a fim de evitar esses transtornos é tratar o esgoto produzido antes de lança-lo nos rios ou mares, se estes não suportarem a carga poluidora, diminuindo assim a matéria orgânica, as substâncias tóxicas e os agentes patogênicos. Quando o corpo d'água absorve bem a matéria orgânica, pode-se fazer, sem maiores problemas, o lançamento dos esgotos através de emissários submarinos bem projetados e bem calculados como em Boston e em Santa Mônica (EUA), Ipanema e Barra da Tijuca no Rio de Janeiro, Santos, Maceió, etc.


    Doenças transmitidas pelas águas poluídas
    A água poluída pode causar diversos efeitos deletérios à saúde humana:

    Poluição por esgotos: provocam doenças como febre tifóide, cólera, disenteria, meningite e hepatites A e B.
    Água poluída por vetores (mosquitos): paludismo, dengue, malária, doença do sono, febre amarela
    Água poluída por parasitas: verminoses
    Doenças geradas pela escassez de água: lepra, tuberculose, tétano e difteria
    Águas poluídas por rejeitos industriais: contaminação por metais pesados geram tumores hepáticos e de tiróide, alterações neurológicas, dermatoses, rinites alérgicas, disfunções gastrointestinais, pulmonares e hepáticas. No caso de contaminação por mercúrio, podem ocorrer anúria e diarréia sanguinolenta.

    Floração das águas
    Este fenômeno é causado pelo uso agrícola de adubos e fertilizantes, que contêm fósforo e nitrogênio (também denominado azoto) que ao atingir os cursos d'água, nutrem as plantas aquáticas, transformando a água em algo semelhante a um caldo verde, vindo daí o título Floração das Águas.
    Poluição com dejetos não-biodegradáveis
    Os compostos citados acima são orgânicos; logo, são biodegradáveis e podem ser decompostos por bactérias. Mas há compostos inorgânicos sintéticos, que se acumulam nos seres vivos, causando-lhes graves danos em certos casos. Exemplos de produtos não-biodegradáveis são: os detergentes, os combustíveis, tais como petróleo gasolina ou a poluição provocada por metais pesados: chumbo, alumínio, zinco e mercúrio (provindo da extração dos garimpos).

    Fonte(s):

    • Taxa
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear