Anônimo
Anônimo perguntou em Artes e HumanidadesPoesia · Há 1 década

Você sabe apreciar uma boa poesia sem autoria famosa?

Já li poesias fantásticas de autores nacionais sem expressão na mídia, isto acontece com vocês? Poderiam citar algum destes autores maravilhosos e ainda pouco conhecidos?

Pode ser você mesmo(a) se for poeta, claroooo.

Atualizada:

Anjo da Música

Para alguns só a poesia parnasiana os convence, só os belos sonetos...

Mas eu pessoalmente gosto de todos os estilos, quer a poesia livre ou não.

Por isto mesmo tenho poesias de todos os modos, de tantos gostos e de quem não goste!

De fato no Brasil você pode participar de livros com diversos poetas ou pagar sua edição própria, para vender e ter dinheiro para mais edições, já segui tais caminhos... É dureza.

Você citou poetas conhecidos e famosos, assim como você faz, outros farão e você não será citada, é assim mesmo, vê?

Luiz Carlos

Grande Hilda Hilst, tive o prazer de conhece-la e trocar birico bicos em tantos bereco becos! Rsrs

Quero A

Assim eu também penso, a poesia já nasce pronta e isto pode acontecer com diversos poetas, mesmo que possam ainda melhorar a carpintaria, a essência é a chama que chama, independente de quem seja o autor.

2 atualizadas:

Naldo

Bem, o sentido de ‘autoria desconhecida’ eu não gosto muito, afinal, existe uma autoria que foi um dia retirada... Não vemos obras ruins de ‘autor desconhecido’ e fere a lei 9.610 suas publicações, exatamente para não incentivar maldosos a retirarem a autoria. Assim difere um pouco de autor desconhecido no sentido que estamos lidando, claro, com autoria clara, mas de nome não conhecido.

Sandro

Ah, sim, alguns adoram citar autores famosos, que muitas vezes não possuem lá tão boa poesia...

Esquecem de seus amigos com poesias até melhores, parece terem vergonha de citá-los!

Dérica S

Beleza! Se não gostarmos do que fazemos, o que apreciaremos?

Escritor é aquele que escreva, poeta é aquele que escreve poesias!

3 atualizadas:

Ana - Candomblé

Poesia também não é meu forte, adoro poesias de todos os tipos, de todos os autores.

Basta que tenha conteúdo e uma forma ao menos legível poeticamente falando.

Bertoni

Sim, o Brasil tem excelentes poetas e bons críticos!

enila

Conteúdo é tudo, o quase tudo... Precisa do escritor e do leitor.

Lembrou-me uma poesia minha ‘Capa e Conteúdo’ eheh

4 atualizadas:

*

Aos Poetas do Mundo

Celito Medeiros

Poeta é um grande lutador

De raro sentimento profundo

Todos estes poetas do mundo

Enganam sofrimentos e a dor

Fazem dos versos grande escudo

Professam juras de esperança

São frágeis como uma criança

Buscam a inspiração em tudo

Sempre lutam contra todo o mal

A fome de justiça é voraz

Unidos conseguem força total

Protegem todos que buscam paz

Gritam pela liberdade geral

Usando o amor que satisfaz

5 atualizadas:

Amadeu,

A as quadras de seu conterrâneo José Augusto de Oliveira são muito boas.

Belo soneto, caro Aroldo (Amadeu).

18 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Melhor resposta

    Eu mesmo, que nem sou conhecido, uhauhauha

    Vai uma poesia de exemplo:

    PAI, PURA PAIXÃO!

    Thúlio Jardim

    Poderia até falar mais, falar bonito

    Mas, cara, sei que posso falar livremente contigo

    Aquilo que preciso te dizer

    Não preciso dizer bonito

    Cara, realmente posso falar livremente contigo

    Pai, você é a minha paixão!

    Nos seus ombros é onde sempre me apoio

    Você sempre me levanta do chão

    Nunca tira de cima de mim os teus olhos

    Sempre está prestando muita atenção

    Preocupação vai embora sempre que você vem

    Vejo que posso confiar em você

    E você confia em mim mais do que ninguém

    Pode e pede sempre para que eu não descole

    Perto posso ver que também quero ficar de você

    Pai, te amo pra carái! Preciso te dizer…

    Que não preciso dizer nada quanto estou perto de você

    Lanço um sorriso grande e manso você sempre é

    Nunca pensou em levantar a voz comigo

    Mas sempre me levanta do chão quando eu preciso

    Por isso tudo, que te quero

    Sempre perto, sempre junto

    Mudo posso até ficar…

    Mas não mudo o meu jeito de ser

    Pois meu silêncio já diz muito

    Quando estou com você

    Peço que nunca chegue a hora

    De você ir embora

    Pouco sempre é o tempo

    Quando estou do seu lado

    Ausculte este meu coração, então…

    Vai ver que por você sou apaixonado

    Ingrato é o mundo

    Quando me afasta de você

    Tudo parece escuro

    Quero sempre te ver

    Brigo com o mundo se for preciso

    Pra ficar junto de você

    Até parece que não quero parar de falar

    Prezo o silêncio, digo, às vezes, que tanto

    Mas sempre me pego não querendo parar de falar que eu te amo

    Mas, também, posso dizer que calar com você… calar já diz tanto

    Por isso, nem preciso dizer… o quanto eu te amo

    Oh, pai…

    Você é o meu escudo

    Olha praí, que lindo!

    Com você me protejo do mundo.

  • Anônimo
    Há 1 década

    Celito,

    Li uma muitos anos atrás de um autor cujo nome eu gostaria de citar,mas ainda não descobri,que achei linda! Gostaria muito de saber quem é o autor (pelo estilo,suponho que seja um contemporâneo nosso) para que eu pudesse apreciar mais das suas obras.

    Permita-me transcrever um trecho dela e perdoe-me as lacunas e as possíveis incorreções pois eu só tive oportunidade de lê-la uma vez e foi há muito tempo.

    Um abraço

    Sage

    "se há uma lua no céu,

    Brilhando sobre uma flor,

    ainda que em foco tênue,

    à sua luz doce,intimidada...

    Que se deixe transparecer em ouro,

    sobre o vão escuro, o vazio,

    denso véu povoado de estrelas.

    Se há um pecado cometido,

    ao foco da luz que se derrama,

    que seja um leito a celebrar a vida...

    Espuma e néctar vigilantes,

    das vergonhas que ao sol se esconde,

    para beijar um ventre acalorado,

    entre pernas de cristal,

    e pétalas de flor.

    Ah..volupia verde que ensandece,

    uma riqueza de bosques e matas,

    prece tropical por onde corre

    orgias de pássaros silvestres,

    a brindar encanto em sol nascente.

    (...)

    Água corrente,cristalina,

    jorrando sobre o cinza da pedreira,

    a saciar a sede na encosta da montanha.

    (..)Lumes coloridos,

    a borbulhar luxuriantes.

    Homem e mulher despidos,

    lascivos e nus saboreando frutos...

    (..)enquanto ainda resta a esperança da vida,

    neste belo horizonte

    das gerais de papel.."

  • Há 1 década

    vou citar um conterrâneo meu, José Augusto de Oliveira, segue um poema dele em quadras e um soneto meu :

    O ADEUS À POESIA

    José Augusto de Oliveira

    É chegada a hora de dizer adeus à poesia

    Para dar então descanso à minha pena;

    Talvez assim não veja o fim da triste cena

    Ao sentir tremer a mão que a escrevia.

    Deixarei também de saber do desencanto

    Ou do desinteresse pela tão divina arte...

    Pouco importa, um ou outro, mas, no entanto,

    Mesmo devotado às artes... amor à parte!

    Pessoas e entidades que em versos exaltei,

    Muitos, sequer consideraram a homenagem

    - Embora houvessem recebido a mensagem...

    Mas demonstração de apreço lhes devotei.

    Esqueço tudo então e só exalto à Natureza

    - Se mais que a injustiça magoa a indiferença,

    Ou reconsidero a decisão e viva na incerteza

    Esperando que se revogue a fatal sentença?!

    Seja por fas ou por nefas, essa mágoa existe

    Em quem exalça as artes com tanta devoção...

    Mas abate o ânimo o disfarce da ingratidão,

    Se a vida do poeta só para as artes consiste.

    Ser poeta não significa apenas fazer verso

    Para exaltar pessoas, coisas ou entidades,

    Mas, considerar as Artes como divindades...

    Assim deixará o mundo de ser tão perverso.

    Todavia, de DEUS e da Marinha não esquecerei.

    DEUS, porque sou católico e jamais serei ateu;

    A Marinha, por sua nobreza ser o Feminino Seu...

    E essa acrossofia eu mesmo é que adotei.

    Se para mim a Marinha é de DEUS o Feminino,

    A devoção, como a veneração, serão eternas,

    Pois as poesias e as preces são fraternas

    Mesmo que praticadas por um ser pequenino.

    JOSÉ AUGUSTO DE OLIVEIRA

    BEIJO EFÊMERO DE PSIQUÊ

    Teu beijo é desigual iguaria, criatura serena

    Os deuses te clamam a inestimável existência de prová-lo

    Sem ti não sou, sentido me some

    Contigo perduro o deleite puro da vida, amor-perfeito em miríades

    Querida, conceito do afluente desejo efluente

    Candura, oásis orvalhada de sonhos

    Ternura, imanência da beleza divina

    A verdade te pede licença para contemplar o brilho que emanas

    Certeza, és imagem que seduz com louvor e maestria

    Anjo, transcendência de mulher em serenata de perfume

    Encanto, um ateu te adora

    Musa, sou Deus em teus braços

    Teus abraços me controem, literatura

    Há primavera em ti, estimável criatura

    AROLDO FILHO

    Pacoti-Ceará, 08/03/2008

  • lulu50
    Lv 7
    Há 1 década

    Como trabaho com jovens, tem alguns que escrevem lindas poesias, que me fazem ficar emocionada! nem sempre é preciso ser famoso para escreve belas poesias!

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 década

    Celito,

    Eu creio que sei. Já li algumas e gostei muito, até mais do que de alguns poetas famosos. Se me permite, vou tomar a liberdade de enviar uma que fiz nesse exato momento. Pode não ser boa, mas pelo ao menos é original e autêntica. rrsrsrsrsrs...

    ERA UMA VEZ UM POETA...

    Poetas são aqueles que não buscam inspiração

    Já as têm bem prontinhas no fundo do coração

    Apenas necessitam vislumbrar um grande cenário

    Que pode ser feio ou belo, real ou imaginário!

    Tampouco temem críticas ou censuras

    Pois suas almas são puras e libertas

    Onde bruxas e fadas são todas belas

    E a vida é como se fora um eterno convite

    Aos versos, prosas, rimas e outras descobertas

    Que ao espírito enleva em ondas de ternuras

    Benditos sois, eternos poetas da vida

    Que a todos expressam carinhos e esperanças

    De um dia tornarem-se nossas vidas errantes

    Em caminhos a serem seguidos bem adiantes

    Ao encontro do amor, paz e uma capacidade

    De entendermos que vivemos para a eternidade!...

    Peço a Deus que me dê atenção

    Pois venho junto a outros amigos

    Pedir-lhe de forma humilde e servil

    A sua bondosa e justa proteção

    A todos os ilustres e queridos poetas

    Desse nosso grande e amado Brasil!

    Autor: Jotaerre.

    Fonte(s): ...
  • Há 1 década

    Eu amoooo poesia popular. Muitas feitas por poetas analfabetos, q extraem da sua sabedoria de vida a beleza dos versos.

    O Patativa do Assaré eh um exemplo. Mas dificilmente será reconhecido como deveria, pq eh nordestino, do povo, de origem humilde. Isso escandaliza os críticos letrados, juízes do belo.

    Fui.

  • Há 1 década

    com certeza!!!

    amo poesia e para mim o que importa é o conteúdo não a fama!!!

    poesia é tudo pra mim...

    bjs

  • Há 1 década

    sim

    o que importa nao é quem a fez , e sim qual a mensagem q ela representa .

    pode ser o poeta mas famoso do mundo inteiro , mas se a poesia , nao , for boa , nem adianta .

  • Há 1 década

    Meu caro Celito!

    Não citá-lo seria quase um atrevimento!

    Bom, para mim já és um poeta renomado, mas antes do Yahoo! Respostas não ouvira falar de suas poesias que realmente são de todo sentimento e que atingem meu âmago com facilidade!

    Posso ainda citar uma poetisa que me fascina com seu dom há anos que é a psicóloga Marcia Arantes que conheci por meio de um blog!

    "O MUNDO GIRA

    ENQUANTO MINHA PALAVRA SE EXPRESSA

    SEJA PARA SER OUVIDA

    OU COMPLETAMENTE

    IGNORADA,VENCIDA,ABANDONADA...

    O MUNDO GIRA,

    TUDO ACONTECE EM FRAÇÃO DE SEGUNDOS,

    PARA O BEM ,

    OU PARA O MAL,

    SEJA PARA MEUS OLHOS RIREM

    OU CHORAREM ,

    CHOCADOS COM O QUE VÊEM OU NÃO...

    O MUNDO GIRA,

    APESAR DE TODO O MEDO,

    AS PESSOAS TENTAM,

    SOFREM,SENTEM

    OU SE REJUBILAM,

    MESMO QUE EU NÃO ENTENDA...

    QUEM SOU EU NESSA RODA-VIVA?

    E O MUNDO GIRA,GIRA,GIRA.... " (Marcia Arantes)

    Ainda diria sobre mim que, mesmo com tão pouca experiência posso afirmar que minhas poesias valem a pena pois nascem de suspiros da alma e crescem baseadas nos ensinamentos mais puros da vida!

    Sonho meu!

    Quero dividir o que sou,

    Quero apresentar,

    Minha brisa de verão

    A outro nobre coração...

    Desejo ser o encaixe perfeito,

    Da tua solitária mão.

    Quero andar por ruas molhadas,

    Quero mostrar a minha paixão...

    Quero almejar o mundo,

    Em um simples toque teu...

    Quero ir mais a fundo,

    Quero te chamar de meu!

    Quero sorrir,

    Com mais motivos...

    Quero sentir o teu festejo,

    Que em desejo, nos torna Vivos...!

    Quero mostrar,

    Tudo o que conheci...:

    O romance

    Das folhas secas de outono,

    A pureza

    Do amanhecer de inverno.

    A calmaria

    De um horizonte com sono,

    O calor,

    Do amante moderno...

    Mas o que me falta mesmo,

    Não está entre outros mundos,

    Não se procura em livros,

    Não se encontra em flores...

    Nem mesmo é a felicidade,

    Tão pouco será o amor...

    Tudo que digo, já possuo,

    Todos em excesso,

    Posso afirmar!

    Dividi-los é o que procuro...

    E o que me falta

    É te encontrar!... (Daniela Prado Gandini - Eu)

    E ainda Paulo Borges um poeta gaúcho que também ''frequenta'' o Y!R e mostra suas mais belas obras!

    Abraços! ;D

  • Sim , querido, tenho alguns amigos poetas,e quase todos desconhecidos.

    Beijos.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.