Anônimo
Anônimo perguntou em Negócios e FinançasInvestimentos · Há 1 década

Dolar e bolsa de valores?

tenho uma duvida e gostaria que alguem me ajudasse a entender, emtermos simples que relacao existe entre bolsa de valores e o dolar porque eu ja percebi que toda vez que a bolsa cai o dolar aumenta e se a bolsa sobe o dolar cai porque isso?

desde ja agradeco

4 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Resposta favorita

    Para que agentes estrangeiros invistam no mercado brasileiro, seja por meio de especulação, seja por meio de produção eles precisam vender suas moedas (normalmente dólares) e comprarem moeda local (no caso o real). Ao fazerem isso eles fazem com que a moeda nacional se valorize em relação ao dolar dado o aumento na demanda. Em outras palavras, ao se desfazerem de seus dólares para comprar reais, fazem com que o preço da moeda americana caia frente ao real provocando uma queda relativa em seu valor, ou seja, desvalorização.

    Uma vez que eles já tenham os reais necessarios, eles agem junto a Bovespa para comprar as ações de empresas brasileiras que atuam junto a referida bolsa. Com isso, pela mesma lei de demanda que fez com que o real se valorizasse frente ao dolar, as ações também irão se valorizar dado o aumento da procura pelos papeis brasileiros. Isso fará com que o índice bovespa se valorize.

    Como nosso câmbio é flutuante, o governo não se obriga a atuar de forma tão enfática no mercado, desta forma aumenta-se nossas reservas internacionais e consequentemente ficamos mais protegidos contra eventuais crises externas, dando-nos certa estabilidade e credibilidade internacional.

    Quanto mais os estrangeiros investem no Brasil, mais reais eles demandarão e com isso mais desvalorizado estará o dolar frente ao real este mecanismo explica, em partes, o porque preço do dólar e o índice Bovespa caminham em sentidos opostos na imensa maioria das vezes.

    Mas ressalto que nem sempre isso acontece. Ao invés, por exemplo, de comprar ações junto a Bovespa, investidores internacionais podem comprar títulos da dívida pública no Brasil, investir na produção por meio da ampliação de unidades fabris já instaladas ou na aquisição de empresas nacionais (muito comum recentemente com o setor bancário). Nestes casos os reais adquiridos não são direcionados à Bovespa e sim para outros fins. Neste caso haverá desvalorização do dólar, mas o iBovespa poderá subir ou cair puxados por outros motivos.

    Acesse também:

    http://br.answers.yahoo.com/question/index;_ylt=Ao...

    Valeu?

    Barbosa.

  • Anônimo
    Há 1 década

    correlação vai e vem e pra "pegar" tem q observar por muito tempo. A correlação entre os pares de Forex com Yen com os índices americanos esse ano saiu da linha bastante. Os motivos exatos muitas vezes ñ são fáceis de saber e já ví explicação de um grande trader sobre a correlação por exemplo dos índices americanos com o par GBPJPY bem maluca. O melhor é acompanhar o gráfico pra aprender e esquecer o motivo, senão vc continua operando uma coisa q ñ existe mais.

    corretora de Forex (e índices, ouro, petróleo, etc) q te dá $5 pra aprender a operar:

    http://www.marketiva.com/?gid=1177

  • Há 1 década

    Olá,

    Pode haver mais fatores atrelados a moeda na Bolsa (como p.ex. a fuga de moeda do país originário), mas a principal explicação (e mais objetiva) é que, o capital Estrangeiro NA BOLSA (advindo do exterior, ou seja, de onde vem o dólar) representa 70% da movimentação. Isto quer dizer, que se os estrangeiros dinheiro dinheiro da Bolsa, o dinheiro volta para o seu país, como os EUA (sobe o dólar e cai a Bolsa) e vice-versa.

    Não sei se ajudei...

    Um abraço,

  • Há 1 década

    É tudo uma questão de especulação de investidores de fora. Quando

    a bolsa está em queda, fogem para moedas fortes.Na situação inver-

    sa, quando a bolsa está em alta, o capital estrangeiro migra para inves

    timento especulativo em ações. É tudo um jogo de interesses dos grandes investidores.

    Climerio Andrade

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.