Anônimo
Anônimo perguntou em Governo e PolíticaLei e Ética · Há 1 década

nota fiscal paulista ? oq realmente els pagam de volta ?

eu tenho 52 documentos processados no valor 4.938 $ oq realmente eu recebo de volta ? por favor me ajudem

6 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Resposta favorita

    Marilene: se você já fez compras no valor de 4.938 $; isso quer dizer que desse você pagou cerca de R$ 740,00 de ICMS, desse valor você deverá receber de volta até 30%, para isso você deverá cadastrar-se no sítio www.fazenda.sp.gov.br - cadastrar uma senha que por meio desta você poderá consultar os valores dos quais você terá direito a receber, os quais a partir de R$ 25,00, você já poderá solicitar resgate em sua conta bancária ou abater em imposto veicular e é crível que em outros. Vale lembrar de que se você tiver debito com o fisco, você perderá esse direito.

    OBS.: essa foi uma forma que o governo encontrou para incentivar o ao brasileiro exigir a nota fisca de compra de mercadoria, o que não é hábito do brasileiro.

    Olha eu tenho um amigo que ficou dez anos no Japão a trabalhar e segundo ele, o Japão devolve parte dos impostos aos contribuintes, (deve ser algo semelhante) eu fiquei a observá-lo quando eu saia com ele para comprar algo que ele exigia notas fiscal de qualquer valor das compras efetuadas, ou seja, tudo é quetão de hábito.

    É bom saber; que se você não pede a nota fisca, o valor do ICMS não será deduzido da sua compra, ou seja você paga do mesmo jeito e corre o risco de o seu ICMS que você pagou não chegar aos cofres públicos e não gerará investimentos ao país.

    Há um e-mail a correr na net com um história mirabolante a induzir as pessoas a não exigir a nota fiscal, provavelmente gerado por algum sonegador que não deseja que o imposto que você pagou dirija-se ao destino preestabelecido.

    É bom lembrar de a nota fiscal com CPF ou sem CPF é importante para todo e qualquer país e em especial para o Brasil.

  • Stella
    Lv 7
    Há 5 anos

    Colega,

    Saiba tudo sobre o Programa Nota Fiscal Paulista detalhadamente acessando: http://www.nfpnotafiscalpaulista.com/

    Boa sorte.

  • Anônimo
    Há 1 década

    Não estou dizendo que esta é ou não a minha opinião. Estou te repassando o que recebi. Segue:

    A partir do mês de Dezembro / 2007 o Governo do Estado de São Paulo, iniciou um programa para incentivar as pessoas a exigirem Nota Fiscal no ato de cada compra.

    O negócio funciona mais ou menos assim:

    Vc está no restaurante, acabou de fazer sua refeição e vai até o caixa pagar a conta. Neste instante, vc menciona que deseja uma Nota Fiscal da sua refeição. Então o operador solicita seu CPF (sem CPF não funciona) e emite a nota.

    Vc guarda esta nota e posteriormente (após uns 2 meses) pode consultar um site da Secretaria da Fazenda. Lá vão constar todas as notas que vc solicitou, bem como um Crédito a seu favor. Esse crédito que o governo vai conceder a vc, será usado para pagar alguma dívida que vc venha ter com o Governo do Estado de São Paulo. Por exemplo, vc que tem automóvel, poderá ter uma diminuição no IPVA do seu veículo.

    Lembre-se a proporção é mais ou menos esta de R$ 400,00 em ICMS e não sobre o valor do total gasto voce vai ganhar o desconto de R$ 1,00. Isto é para que vc ganhe esse um real vc acumulará em gastos mais de R$ 1.500,00.

    Que pegadinha ! ! ! Preste muita atenção na jogada do governo. Vc pede Nota Fiscal, o restaurante paga mais ICMS para o governo. ' Ah! Mas eu vou ganhar um desconto no meu IPVA !' É verdade. Vc ganha um desconto de R$ 1,00 e paga R$ 10,00 a mais no seus impostos. Que vantagem Maria leva?. Além disso o governo agora está controlando sua vida, seus gastos. Cada nota que vc pede, vc fornece seu CPF, logo o governo tem condições de avaliar quanto foi sua verdadeira renda(independente dela ser formal ou informal).. Se vc gastou e pediu Nota Fiscal, é porque vc tinha dinheiro. E se vc tinha dinheiro é porque vc ganhou. E se vc ganhou vc tem que prestar contas ao 'Leão'.

    Consequentemente, isso vai acabar gerando mais Imposto de Renda para cada um de nós.

    Note que essa jogada não é só do nosso governo paulista. É uma iniciativa do Governo Federal juntamente com todos os estados do Brasil.

    Tudo está acontecendo sorrateiramente. Sem que ninguém perceba, o governo está assumindo o controle total sobre a vida financeira de cada cidadão..

    Tenho fé, que ainda possamos perceber e escapar dessa armadilha.

    Por favor, DIGA NÃO A Nota Fiscal PAULISTA.

    Não temos SAÚDE, não temos EDUCAÇÃO, não temos TRANSPORTE COLETIVO E AINDA VAMOS PAGAR MAIS IMPOSTOS... CLARO ELES FICARAM SEM A CPMF E LOGO CRIARIAM ALGO SIMILAR... E ESTA É AINDA PIOR POIS CONTROLA SUA VIDA... LHE DÁ FALSO PODER DE DESCONTO... TUDO UMA GRANDE JOGADA... FAÇA SUA PARTE E DIGA NÃO A NOTA FISCAL PAULISTA

    Já me considero 'escravo' do governo, por trabalhar 4 meses de cada ano para pagar impostos (só me sobram 8 meses para sustentar minha família). Imagine se eu permitir que o governo tenha controle total sobre minha vida. Aí que eu vou ver o que é ser 'escravo'!

    Por favor, repasse esta mensagem a toda sua lista de e-mails, seus amigos precisam saber disso. Somente unidos é que podemos nos defender dessa roubalheira.

    Espero que esta chegue as mão do Arnaldo Jabor, ele seria a pessoa ideal para 'colocar a boca no trombone'. É o único neste país que parece estar sóbrio. Se dependermos do restante da imprensa, estamos 'ferrados e mal

    pagos'.

    Gilberto Kosmam

    LEIAM DEVAGAR E PROCUREM CAPTAR OS DETALHES DESTA TRAMA

  • Há 6 anos

    Tem cada maluco no Brasil. Só sabe reclamar do que não funciona , mas nada de fazer sua parte...sonegar IR é crime. Pagamos muito IR pq muitos sonegam...as pessoas honestas acabam pagando pelo corruptos. Que não deve não teme... Informar o CPF na nota não me mete medo, afinal tudo que ganho eu declaro. E viva o Brasil!!!

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 6 anos

    Este site te devolve mais um percentual de suas compras e é gratuito: http://bit.ly/1eb1Ecc

  • Anônimo
    Há 7 anos

    Pagam 30% do ICMS efetivamente recolhido. No estado de São Paulo, na maior parte dos casos o ICMS, que é embutido no preço, corresponde ao percentual de 18%. Entretanto, para certos alimentos básicos, como arroz e feijão, o ICMS cobrado é de 7%. Já no caso de produtos considerados supérfluos, como, por exemplo, cigarros, cosméticos e perfumes, cobra-se o percentual de 25%. Ao final das contas você pode receber 30% do ICMS que o Estado recolhe durante suas compras. Para ler um tutorial completo sobre como se cadastrar e dicas para acumular cada vez mais dinheiro no nota fiscal paulista acessem esse blog aqui: http://coisasgratisnainternet.blogspot.com.br/2014...

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.