promotion image of download ymail app
Promoted
Anônimo

Como é o "seu" amor verdadeiro ?

De um e.mail que recebi sobre "AMOR maiúsculo",

autor desconhecido...

Amor verdadeiro é a aceitação

De tudo o que o outro É...

De tudo o que o outro FOI ...

Do que SERÁ...

Do que já NÃO é...

18 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Resposta favorita

    Tentei dizer quanto te amava,aquela vez,baixinho

    Mas havia um grande berreiro,um enorme burburinho

    e, pensando bem,um berçário não é o melhor lugar.

    Nós dois de fraldas ,lado a lado

    cada um recém-chegado.

    Você sem poder ouvir,eu sem saber falar

    Tentei de novo,lembro bem,na escola.

    Com um PS num pedido de cola

    interceptado pela professora feito gavião.

    Eu fui parar na diretoria

    enquanto você ,desalmada,ria

    -curta é avida,longa é a paixão

    Numa festinha,ah suas festinhas,disse tudo:

    "Te adoro,te venero,na tua frente fico mudo."

    E você tomando goles de um silencioso HiFi.

    Só mais tarde eu atinei:

    cheio de Cuba e amor,me enganei.

    Tinha dito tudo para o senhor seu pai.

    Gravei, em vinte árvores, quarenta corações.

    O teu nome e o meu,flechas, palpitações.

    No mal-me-quer,bem-me quer, dizimei jardins

    Resultado:sou pessoa pouco grata

    corrido aos gritos de "Mata!"

    por ambientalistas e afins.

    Recorri, desesperado,a um gesto obsoleto:

    "Se não me seguram, faço um soneto!"

    E não é que fiz, e até com boas rimas?

    Mas você nem ficou sabendo.

    Ele continua inédito,por você plangendo

    -mas fui premiado num concurso em Minas.

    Comecei a escrever com pincel e piche

    em muros brancos,o asseio que se lixe,

    todo o meu amor para a sua ciência.

    Fui preso aos socos e fichado.

    Dias e mais dias interrogado.

    Era PC,PCdo B ou outra dissidência?

    Te escrevi com lágrimas, suor e mel

    (você devia ver o estado do papel)

    uma carta longa,linda e passional.

    Como resposta nem uma cartinha.

    Nem um cartão,nem uma linha!

    Vá se confiar no Correio nacional...

    Com uma serenata,sim, uma serenata

    como no tempo da "Cabocla ingrata"

    me declararia, respeitando a métrica.

    Ardor,tenor,calçada enluarada

    havia tudo sob a sua sacada

    menos tomada pra guitarra elétrica.

    Decidi, então,botar a maior banca

    e escrever no céu com fumaça branca:

    "Te amo,assinado..." e meu nome bem legível.

    Já tinha avião, coração, brevê

    tudo para impressionar você...

    Veio a crise do petróleo

    e faltou o combustível.

    Ontem finalmente cheguei ao seu ouvido

    e,na discoteca,em meio ao alarido

    despejei o meu pobre coração.

    Falei da devoção há anos entalada

    e você disse "Com essa música, não escuto nada!"

    Curta é a vida, longa é a paixão.

    Na velhice, num asilo, lado a lado

    em meio a um silêncio abençoado

    te direi tudo o que eu queria , meu bem.

    Meu único medo é que então

    enpinando a orelha com a mão

    você me responda ..."Hein?"

    E só isso que eu espero que seja um amor verdadeiro....um que não desista.

    Até mais,

    Pandinha

    Fonte(s): Este texto é de uma série chamada "Poesia numa hora destas?" de Luis Fernando Veríssimo. A editora é a Objetiva
    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Meu amor verdadeiro, é aquele em que começou em uma sala de aula na Oitava série e continua até os dias de hoje, embora já tenha passado 19 anos

    JESUS TE AMA, ELE VIVE E REINA PARA SEMPRE

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    De tudo, ao meu amor serei atento

    Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto

    Que mesmo em face do maior encanto

    Dele se encante mais meu pensamento.

    Quero vivê-lo em cada vão momento

    E em seu louvor hei de espalhar meu canto

    E rir meu riso e derramar meu pranto

    Ao seu pesar ou seu contentamento.

    E assim, quando mais tarde me procure

    Quem sabe a morte, angústia de quem vive

    Quem sabe a solidão, fim de quem ama

    Eu possa dizer do meu amor (que tive):

    Que não seja imortal, posto que é chama

    Mas que seja infinito enquanto dure.

    Vinicius de Moraes

    ####@@@@####

    Para Viver um Grande Amor

    Para viver um grande amor, preciso é muita concentração e muito siso, muita seriedade e pouco riso - para viver um grande amor.

    Para viver um grande amor, mister é ser um homem de uma só mulher; pois ser de muitas, poxa! é de colher... - não tem nenhum valor.

    Para viver um grande amor, primeiro é preciso sagrar-se cavalheiro e ser de sua dama por inteiro- seja lá como for. Há que fazer de corpo uma morada onde clausure-se a mulher amada e postar-se de fora com uma espada - para viver um grande amor.

    Para viver um grande amor, vos digo, é preciso atenção como o "velho amigo", que porque é só vos quer sempre consigo para iludir o grande amor. É preciso muitíssimo cuidado com quem quer que não esteja apaixonado, pois quem não está, está sempre preparado para chatear o grande amor.

    Para viver um grande amor, na realidade, há que compenetrar-se da verdade de que não existe amor sem fidelidade - para viver um grande amor. Pois quem trai seu amor por vaidade é desconhecedor da liberdade, dessa imensa, indizível liberdade que traz um só amor.

    Para viver um grande amor, il faut, além de ser fiel, ser bem conhecedor de arte culinária e de judô - para viver um grande amor.

    Para viver um grande amor perfeito, não basta ser apenas bom sujeito; é preciso também ter muito peito - peito de remador. É preciso olhar sempre a bem-amada como a sua primeira namorada e sua viúva também, amortalhada no seu finado amor.

    É muito necessário ter em vista um crédito de rosas no florista - muito mais, muito mais que na modista! - para aprazer ao grande amor. Pois do que o grande amor quer saber mesmo, é de amor, é de amor, de amor a esmo; depois, um tutuzinho com torresmo conta ponto a favor... Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos, camarões , sopinhas, molhos, estrogonofes - comidinhas para depois do amor. E o que há de melhor que ir pra cozinha e preparar com amor uma galinha com uma rica e gostosa farofinha, para o seu grande amor?

    Para viver um grande amor é muito, muito importante viver sempre junto e até ser, se possível, um só defunto - para não morrer de dor. É preciso um cuidado permanente não só com o corpo mas também com a mente, pois qualquer "baixo" seu, a amada sente - e esfria um pouco o amor. Há que ser bem cortês sem cortesia; doce e conciliador sem covardia; saber ganhar dinheiro com poesia - para viver um grande amor.

    É preciso saber tomar uísque (com o mau bebedor nunca se arrisque!) e ser impermeável ao diz-que-diz-que - que não quer nada com o amor.

    Mas tudo isso não adianta nada, se nesta selva escura e desvairada não se souber achar a bem-amada - para viver um grande amor.

    Vinicius de Moraes

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    É a minha vida

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 década

    Como sabe-lo se não tê-lo ?

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Amor verdadeiro para mim é aquilo que nos faz viver feliz e destribuir felicidade com o nosso próximo. A talentosa e inesquecível doceira goiana sabia a receita exata. Manifestem-se no caso de concordar comigo:

    "Não sei... Se a vida é curta

    Ou longa demais pra nós,

    Muitas vezes basta ser:

    Colo que acolhe,

    Braço que envolve,

    Palavra que conforta,

    Silêncio que respeita,

    Alegria que contagia,

    Lágrima que corre,

    Olhar que acaricia,

    Desejo que sacia,

    Amor que promove.

    E isso não é coisa de outro mundo,

    É o que dá sentido à vida.

    É o que faz com que ela

    Não seja nem curta,

    Nem longa demais,

    Mas que seja intensa,

    Verdadeira, pura... Enquanto durar'

    'Este é um poema de amor

    tão meigo, tão terno, tão teu...

    É uma oferenda aos teus momentos

    de luta e de brisa e de céu...

    E eu,

    quero te servir a poesia

    numa concha azul do mar

    ou numa cesta de flores do campo.

    Talvez tu possas entender o meu amor.

    Mas se isso não acontecer,

    não importa.

    Já está declarado e estampado

    nas linhas e entrelinhas

    deste pequeno poema,

    o verso;

    o tão famoso e inesperado verso que

    te deixará pasmo, surpreso, perplexo...

    eu te amo, perdoa-me, eu te amo...

    'Poeminha Amoroso'"

    Cora Coralina

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Meu amor verdadeiro é simples, me completa e me faz a pessoa mais feliz do mundo.

    Beijos

    §♥Bruxa♥§

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    é incondicional!

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    menina perguntadeira..hum.....amor puro,inocente intenso..meloso...hã bom tudo isso que eu quero pra mim,,,,e pra voce tambem,,,mil beijinhos...

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 1 década

    Meu amor verdadeiro

    me dá atenção, carinho, beijinho, me trata muito bem.

    é alguém assim inacreditável, tenho tanto medo que seja só um sonho.

    • Commenter avatarFaça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.