os anabolizantes fazem bem ou mal pra saude?

quero respostas sérias.

6 Respostas

Classificação
  • Anônimo
    Há 1 década
    Resposta favorita

    Leia esta matéria.

    Saiba tudo sobre os esteróides anabolizantes

    Envie esta página a um amigo

    O uso de drogas para aumentar a massa muscular e/ou melhorar a performance esportiva tem sido amplamente discutido e condenado nos meios de comunicação, e é sempre tema de intensos debates. Apesar disso, é surpreendente ver como pouquíssimas pessoas sabem realmente o que são essas drogas, o que elas fazem e quais são os verdadeiros efeitos colaterais.

    Saiba o que são os esteróides anabólicos:

    Resumindo podemos dizer que os esteróides anabólicos (conhecidos também como bombas ou anabolizantes) são material sintético similar à testosterona. A testosterona apesar de ser um "hormônio masculino" é encontrado tanto em homens como em mulheres, ainda que a quantidade de testosterona no corpo das mulheres seja muito menor.

    A testosterona tem 2 efeitos diferentes no corpo: um efeito androgênico, que influencia as características sexuais masculinas tais como o aumento do pênis e dos testículos, mudanças na voz, crescimento de pêlos na face, axila e áreas genitais, e aumento da agressividade; e um efeito anabólico, que influencia coisas como aumento da massa muscular, força, velocidade de recuperação dos músculos e controle dos níveis de gordura corporal.

    Os esteróides anabólicos foram projetados de tal forma que se diferenciem da testosterona pelo aumento do efeito anabólico e diminuição do efeito androgênico. O problema é que não existe ainda um esteróide perfeito, que seja 100% anabólico e 0% androgênico. Em todos eles encontramos propriedades androgênicas e anabólicas.

    Conheça os efeitos dos Esteróides Anabólicos:

    Dentre outras coisas, os esteróides anabólicos trazem as seguintes consequências para o corpo:

    Aumentam a capacidade do corpo de utilizar a proteína, permitindo ao atleta treinar com maior intensidade sem perder massa muscular;

    Aumentam a capacidade do corpo de desenvolver massa muscular;

    Aumentam a capacidade do corpo ganhar força;

    Aumentam a capacidade do corpo desenvolver resistência;

    Atuam como anti-inflamatórios, ajudando tanto a prevenir como a curar machucados.

    Contudo, o simples uso dessas drogas não vai automaticamente produzir os efeitos listados acima. Nenhum desses benefícios é alcançado sem um regime de treinos duros e consistentes e uma dieta apropriada.

    Contrário à crença da maioria das pessoas, você não vai ficar maior ou mais forte simplesmente por fazer uso de esteróides anabólicos. O que acontece é que os esteróides anabólicos permitem que as pessoas malhem de forma mais intensa, durante mais tempo e mais frequentemente, sem entrarem em estado de overtraining.

    Então na verdade os esteróides anabólicos somente criam as condições necessárias para que as pessoas possam se beneficiar desse regime de treinos mais intensos.

    Conheça os perigos e efeitos colaterais dos esteróides:

    Os esteróides anabólicos são medicamentos potentes, com um grande número de possíveis efeitos colaterais, que dentre os quais podemos citar:

    Calvície;

    Hipertrofia da próstata;

    Acne;

    Agressividade;

    Hipertensão;

    Limitação do Crescimento (os esteróides anabólicos podem interromper o processo de crescimento);

    Aumento do Colesterol;

    Virilização em Mulheres (crescimento de pêlos na face, engrossamento da voz, hipertrofia do clitóris e amenorréia);

    Ginecomastia (excessivo desenvolvimento dos mamilos em indivíduos do sexo masculino);

    Dores de Cabeça;

    Impotência e Esterilidade;

    Insônia;

    Hepatotoxidade (quase todos os esteróides causam lesão no fígado);

    Problemas de Tendões e Ligamentos (muitas vezes o aumento da força é desproporcional à capacidade de adaptação dos tendões e ligamentos)

    Fator de Perigo dos Esteróides

    O grau de perigo que o esteróide representa vai depender dos fatores abaixo:

    A forma em que eles são tomados (oral x injetável);

    Que dosagens são usadas;

    Por quanto tempo eles são usados;

    A idade, o sexo e o estado de saúde do usuário.

    Natural Bodybuilders

    É possível obter um corpo muito bom sem o uso de esteróides anabolizantes. Nos Estados Unidos existem diversas associações de "natural bodybuilders" que se dedicam a promover competições e incentivar as pessoas a obterem um bom físico sem o uso de esteróides.

    Com o uso de técnicas corretas de treinamento e uma boa alimentação é possível se obter ótimos resultados. Dentre as técnicas, o overload quando combinado com a periodização produz ótimos resultados. A periodização consiste em um treino em ciclos, alternando períodos de alta e baixa intensidade, com o objetivo de estar sempre estimulando os músculos de forma diferente.

    Cuidado ao seguir os conselhos de pessoas leigas. O uso de esteróides anabolizantes pode ser extremamente arriscado quando não acompanhado de perto por um especialista.Lembre-se sempre: sua saúde não tem preço.

    @

  • Há 6 anos

    Se você tiver problemas para engravidar sugiro este método natural http://gravida.info

    Minha melhor amiga teve problema envi por anos e resolvido desta forma ... que poderia ter sido uma coincidência, mas eu realmente não penso assim! Desejo-lhe boa sorte!

  • JUNIOR
    Lv 6
    Há 1 década

    Hummm...deixa eu ver:

    Hepatite, impotência, câncer de fígado, hipertensão entre outras coisas, o que vc acha??

  • Rafael
    Lv 4
    Há 1 década

    É claro que fazem mal. O uso prolongado de anabolizantes, além de cancer, causam doenças hormonais,dependência química, no caso dos homens, impotência sexual e por aí vai.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 década

    Está mais do que provado que anabolizante não traz nenhum benefício à saude, ao contrário, pode causar varios problemas de saúde tais como câncer, impotência sexual nos homens, pode gerar convulsões. Por ser na maioria esteróides derivados da testosterona, pode gerar excesso de pêlos nas mulheres bem como alteração de voz, irregularidade menstrual.

    Pode gerar ainda hipertensão, dificuldade de dormir, sangramento nasal e por aí vai....

    O´único beneficio que parece trazer é para o ego de quem usa e por pouco tempo, além do preço poder ser bem alto (em questão de saúde eu digo). Se o risco vale a pena é escolha de cada um.

    Não é atoa que são proibídos.

  • Há 1 década

    Os esteróides androgênicos anabólicos (EAA ou AAS - do inglês Anabolic Androgenic Steroids), também conhecidos simplesmente como anabolizantes, são uma classe de hormônios esteróides naturais e sintéticos que promovem o crescimento celular e a sua divisão, resultando no desenvolvimento de diversos tipos de tecidos, especialmente o muscular e ósseo.

    Efeitos anabólicos e de virilização

    Os esteróides androgênicos anabólicos produzem tanto efeitos anabólicos e de virilização (também conhecidos como efeitos androgênicos). A maioria dos esteróides anabólicos funciona de duas maneiras simultâneas. Primeiro, eles funcionam ao se ligar ao receptor andrógeno e aumentando a síntese protéica. Segundo, eles também reduzem o tempo de recuperação ao bloquear os efeitos no tecido muscular do hormônio do stress, o cortisol. Como resultado, o catabolismo da massa muscular corpórea é significativamente reduzido.

    Exemplos dos efeitos anabólicos:

    Aumento da síntese protéica a partir de aminoácidos.

    Aumento da massa e força muscular[4][5][6]

    Aumento do apetite

    Aumento da remodelagem e crescimento ósseos

    Estimulação da medula óssea, aumentando a produção de células vermelhas do sangue.

    Exemplos dos efeitos de virilização/andrógenos:

    Crescimento do clitóris (hipertrofia clitoriana) em mulheres e do pênis em meninos (o pênis adulto não cresce indefinidamente mesmo quando exposto a altas doses de andrógenos)

    Aumento dos pêlos sensíveis aos andrógenos (pêlos púbicos, da barba, do peito, e dos membros)

    Aumento do tamanho das cordas vocais, tornando a voz mais grave

    Aumento da libido

    Supressão dos hormônios sexuais endógenos

    Espermatogênese prejudicada

    Efeitos colaterais possivelmente não desejados

    Muitos andrógenos são capazes de serem metabolizados em compostos que podem interagir com outros receptores de hormônios esteróides como os receptores de estrógeno, progesterona e glicocorticóides, produzindo (geralmente) efeitos adicionais não desejados:

    Possível pressão sanguínea elevada

    Níveis de colesterol –Alguns esteróides podem causar um aumento nos níveis de LDL e diminuição nos de HDL[7]. Isso pode aumentar o risco de ocorrer uma doença cardiovascular ou doença da artéria coronária em homens com alto risto de colesterol ruim.

    Acne– Devido à estimulação das glândulas sebáceas

    Conversão para DHT (Dihidrotestosterona). Isso pode acelerar ou causar calvície precoce e câncer de próstata.

    Alteração da morfologia do ventrículo esquerdo – os AAS podem induzir a um alargamento e engrossamento desfavorável do ventrículo esquerdo, que perde suas propriedades de diástole quando sua massa cresce. Entretanto a relação negativa entre a morfologia do ventrículo esquerdo e o déficit das funções cardíacas têm sido discutida.

    Hepatotoxicidade – Causado particularmente por componentes de esteróides anabólicos orais que são 17-alfa-alquilados para que não sejam destruídos pelo sistema digestivo.

    Crescimento excessivo da gengiva

    Efeitos colaterais em homens

    Ginecomastia – Desenvolvimento das mamas nos homens. Geralmente isso ocorre devido a altos níveis de estrogênio circulante. Esses níveis também são resultado da taxa aumentada de conversão de testoterona em estrogênio via enzima aromatase.

    Função sexual reduzida e infertilidade temporária[15][16][17]

    Atrofia testicular – Efeito colateral temporário que é devido ao déficit nos níveis de testosterona natural que leva à inibição da espermatogênese. Como a maioria da massa do testículo tem com função o desenvolvimento do espermatozóide, o tamanho dos testículos geralmente retorna ao tamanho natural quando a espermatogênese recomeça, algumas semanas após o uso do esteróide anabólico ser cessado.

    Efeitos colaterais em mulheres

    Pêlos do corpo crescem

    Voz fica mais grave

    Aumento do tamanho do clitóris (hipertrofia clitoriana)

    Diminuição temporária nos ciclos menstruais

    Efeitos colaterais em adolescentes

    Crescimento comprometido – O abuso de agentes pode prematuramente parar o crescimento do comprimento dos ossos (fusão prematura da epífise devido aos altos índices de metabólitos do estrogênio)

    Maturação óssea acelerada

    Aumento na freqüência e duração das ereções

    Desenvolvimento sexual precoce e desenvolvimento extremo das características sexuais secundárias (hipervirilização)

    Crescimento do falo (hipergonadismo ou megalofalia)

    Aumento dos pêlos púbicos e do corpo

    Ligeiro crescimento de barba

    Há muito tempo tem sido buscado um esteróide anabólico ideal (um hormônio somente com efeitos anabólicos, sem efeitos virilizantes). Muitos esteróides anabólicos sintéticos têm sido desenvolvidos na tentativa de encontrar moléculas que produzam uma alta taxa anabólica ao invés de efeitos virilizantes. Infelizmente, os esteróides mais efetivos conhecidos para aumento de massa corporal também têm os efeitos androgênicos mais fortes.

    USO E ABUSO

    Os esteróides anabólicos têm sido usados por homens e mulheres em muitos tipos diferentes de esportes (cricket, atletismo, levantamento de peso, fisiculturismo, arremesso de peso, ciclismo, beisebol, luta, artes marciais, boxe, futebol, natação etc.) para atingir um nível competitivo ou para ajudar na recuperação de lesões. O uso de esteróides para se obter vantagens competitivas é proibido pelas leis dos corpos governamentais de vários esportes.

    Os esteróides anabólicos têm sido prevalentes também entre os adolescentes, especialmente aqueles que praticam esportes. Foi sugerido que a prevalência de uso entre os estudantes das High School americanas pode chegar a 2,7%. Os estudantes homens usaram mais do que as mulheres e aqueles que participavam de esportes, em média, usaram com mais freqüência do que aqueles que não praticavam.

    É extremamente difícil determinar a percentagem da população que tem utilizado recentemente esteróides anabólicos, mas esse número parece ser muito baixo. Os usuários de esteróides tendem a ser homens entre 15 e 25 anos e fisiculturistas não-competitivos e não-atletas que usam por razões cosméticas

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.