Anônimo
Anônimo perguntou em Governo e PolíticaParticipação Civil · Há 1 década

Filhos de classe média = filhinhos de papai?

Boa noite!

Gente eu to mto p.. da vida mesmo! Eu já to de saco cheio de ouvir essas coisas. Toda vez que eu tento a me candidatar a fazer algum curso gratuito a qual eu no momento eu não posso pagar, porque já estou atolada com outros cursos, eu tenho que ouvir coisas deste tipo:

- Você não pode porque você já faz faculdade

- Você não pode porque você não é carente o suficiente

- Você não pode porque você mora em boa localidade

- Você não pode porque a sua renda é superior ao exigido.

- Você não pode porque isso, você não pode porque aquilo.

Eu to p.. mesmo, sabe por quê? Porque simplesmente eu vejo muita gente que é carente e não dá a mínima para esses cursos de aperfeiçoamento (línguas, dança, música, esportes, etc). Tem um monte de cursos gratuitos assim, até de história da arte tem, só que falta alunos, porque os “pobres” estão pouco se lixando. Esses dias fui a um local que perto funcionava um cursinho comunitário de pré. Putz nunca ouvi tanta baboseira em minha vida . Mesmo como mera ouvinte me senti ofendida. Um professor incentivando aos alunos carentes a tomarem “ódio” por outros alunos da faculdade que estudaram em escolas particulares, que chegam à universidade com carros do ano, que sempre tiveram tudo” fácil”. Que o objetivo dele era tirar os filhinhos de papai da universidade. Que absurdo! Olha aqui eu sempre estudei em escolas particulares boas, porque meu pai trabalhou para isso. Essa gente por acaso acha que é fácil para um homem de classe média, pagar escola de qualidade para 2 filhos, pagar cursos de idiomas, pagar cursos extras, academias, esportes, dança, vestir, alimentar, condomínio...??!!? Eu acho isso ridículo! Todo mundo pode passar para uma faculdade pública, basta se dedicar para isso. Olha eu falo isso com experiência, pois sei bem como é a realidade em escola pública, porque meu pai apesar de dá aula em faculdades também, ainda não abandonou o estado. Ele todo dia chega contando as barbaridades que os alunos fazem. Ele chegou a dar a mesma prova 3 vezes e ainda assim teve aluno que zerou a prova. Ainda chega esses pedagogos de m..., esses “entendidos” de educação no estado do RJ (desculpa a expressão) e vem aprovar o método de aprovação automática. É revoltante! Educação no Brasil é coisa muito cara, deveria ser por empenho a escolha de alunos para cursos e não por renda ou “peninha”! Eu to numa fase que não quero mais depender do meu pai, para pagar meus cursos por isso to procurando tudo gratuito, e só recebo um não na cara. Mas quer saber? Danem-se eles não sabem a ótima aluna que estão perdendo, que poderia lhe dar ótimas notas como eu sempre fui! Tomara que eles só peguem alunos que lhe tragam desgostos e tenho dito

Atualizada:

E depois não sabem porque surgem as corrupções. Por isso que começa a corrupção no Brasil, tenho uma amiga que frauda tudo para conseguir o que quer, eu por ser honesta racho a cara. Ela falsifica conta de luz, telefone, inventa que mora até em favela e consegue as coisas, depois não sabem porque tem tanta corrupção no congresso.

29 Respostas

Classificação
  • .-.
    Lv 7
    Há 1 década
    Melhor resposta

    Cara J.LO:

    Não mude, siga como você diz ser, siga seu Norte sem tangenciar.

    Essas idéias anacrônicas do bem (pobres), do mal (ricos), são um arremedo maniqueísta, de há muito esquecidas entre povos ESCLARECIDOS.

    Estão aproveitando-se de discursos altamente inflamados que, ao que parece, incitam os "pobres contra os ricos", isso é coisa de um passado bem remoto, ou então não estamos vivendo uma democracia e sim um lamentável engano, onde se buscam os apupos e aplausos ignaros de quem sequer entendeu o que foi dito. Basta falar-se mal da "burguesia e das elites privilegiadas, dos americanos ou europeus" que são garantidos aplausos, só que já não estão aplaudindo de "sangrar as mãos", mas ainda aplaudem de pé.

    Entendem como "ricos" aqueles que ganham mais de "mil reau", que quem tem plano de saúde particular e estuda em faculdades não públicas, é "burgueis" e não pelos motivos que você descreveu.

    É lamentável... e ainda há quem diga que você devia estar trabalhando. É brincadeira! Cada um pensa como pode.

    Um abraço.

    • Faça login para comentar as respostas
  • IRINEU
    Lv 4
    Há 1 década

    Só uma perguntinha, porque você pode escrever um texto desse tamanho nos detalhes e outros não podem?

    Flagrante heim: DIREITOS DESIGUAIS NO YAHOO!

    Tsc Tsc Tsc mas tá bom, já vi coisas piores, deixa para lá...

    Voltei. Então respondendo, acho que usam essas palavras no sentido pejorativo por trauma. Na casa deles deve existir um pai daqueles carrasco, ignorante, que surra seus filhos a esmo daí deles ficarem odiando quem possui um pai normal que ama seus filhos e luta dia-a-dia para lhes oferecer o melhor.

    Enquanto o pai da "elite" como eles dizem, fazem até sacrifício para que seus filhos venham a ter uma oportunidade na vida, o pai deles, só vive colocando mais filho no mundo para ganhar mais benesses do governo e dane-se o futuro deles.

    De fato, também sempre achei isso engraçado. Desde quando ser bem nascido é demérito? Muitos utilizam essa expressão no Brasil (e inclusive por aqui no Yahoo RESPOSTAS) como uma espécie de "xingamento" ou contra quem é de classe-média ou contra quem possui uma família com padrão de vida razoável e teve, involuntariamente, a felicidade de vir ao mundo com um pai e uma mãe que puderam dar-lhes educação de qualidade, cursos de outros idiomas, etc. A mais pura inversão de valores. Ou apenas a inveja e falta de personalidade.

    Provavelmente você já ouviu a frase "Quem desdenha quer comprar!" Foi exatamente isto que aconteceu com o Lula, que não estudava nem trabalhava e seus companheiros do PT. Falaram tão mal dos outros governos porque queriam estar no poder e fazer o mesmo que eles faziam: viajar, usar roupas bonitas e caras, fazer plásticas, ter muitas mordomias e muitos assessores não fazendo nada e ganhando muito, usar o dinheiro público para comerem muito bem, comprarem todo mundo (inclusive votos) usarem as mídias para aparecerem e enganarem seus eleitores, criarem impostos para quem trabalha e estuda muito pagar os gastos de quem nada disso faz.

    Enfim Lula e o PT conseguiram realizar seus sonhos, enquanto os operários que os apoiaram e tinham seus empregos e o salário garantido todo mes hoje são camelôs em São Paulo e em todo o Brasil. Ainda há os que acreditam nas suas bravatas e sem argumentos xingam a classe-média que realmente é quem os sustenta. Infelizmente, Lula conseguiu também, assim, jogar brasileiros contra brasileiros.

    PS.: Mas você não é a mesma que até poucos dias fez uma pergunta defendendo às ações afirmativas do governo Lula (leia-se por ações afirmativas todo e qualquer projeto que visa afirmar supostas minorias desfavorecidas, como Bolsa-Famíilia, cotas em universidades, etc) Sendo assim, não dá para entender... é demagogia mesmo? Em discurso, para os outros (e para sair bem na foto) você capricha na retórica dizendo que são "iniciativas sociais" válidas e que as apóia. Na prática quando "a água bate na bunda" da senhorita, rejeita veementemente? Assim é fácil, saquei qua é a tua. Hipocrisia tem limite.

    Marcos Sônego.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Eu concordo com a moça.

    Tenho alguma experiência em escolas públicas e particulares,como professor. Na escola pública,90% dos alunos não estão nem aí pra aula. Na escola particular 90% tão pouco se lixando. O que acontce com os 10% da pública e da privada?Eles realmente estudam,independentes da sua classe social.

    O problema no Brasil,em relação ao ensino superior é que ele já não deveria ser pago há muito tempo.

    Em países civilizados os pais guardam o dinheiro da faculdade, desde quando o sujeito é uma crinaça. Nós não temos essa cultura.

    Tem cara aí comprando carro zero em 80 vezes,mas não sabe nem fazer uma soma sem calculadora.Isso se chama progresso? Não mesmo.È muito fácil o governo se manter no poder criando a casta "carente",e o pior é que manter eles "carentes" é vantajoso.

    Falta vergonha na cara de quem oferece esmola..e muitas vezes de quem pega.Muitas pessoas vão sair de um curso superior medíocre,sem preparo, enquanto poderíam ser excelentes técnicos.

    Bom...to com sono .....mas parabéns a moça aí..e continua na luta.....e quando vierem te encher o saco...não seja educada..manda eles pra p . q. p!!

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Olá... achei bem interessante o seu raciocínio, porém vamos por parte - Filhinhos de papai são aqueles cujos pais "passam a mão" na cabeça dos filhos em tudo o que eles fazem, sendo certo... ou errado.

    Os cursos gratuitos foram criados para beneficiar uma classe de pessoas de baixa renda, mas que muitas vezes, nem sabem o que querem da vida. As escolas públicas não preparam os jovens a serem críticos, a escolherem, a opinarem... a escola pública em si, não colabora, não qualifica o jovem para uma profissão, não o vocaciona para uma profissão, enfim... não forma cidadãos. E quando estes mesmos alunos entram em um curso superior... Meu Deus!!!! Q espanto!!! Não tem idéias próprias, não tem raciocínio lógico, e o pior... muitas vezes não sabem nem falar e nem escrever direito.

    Conheço pessoas que se formaram em licenciatura em letras, pedagogia, que é curso curto de 3 anos (o detalhe é q muitos se dão por satisfeitíssimos com um curso de 3 anos e nem pensam em fazer bacharelado para tomar mais um ano de suas vidas - *desculpe a ironia), mas enfim, esses alunos faltaram muito na faculdade, perderam conhecimentos, fizeram seus trabalhos, suas provas..."nas coxas", e quando colaram grau ainda tiveram a cara de pau de dizer... "Puxa, tô formado... sou professor"! Eu me sentiria envergonhada de dizer isso. E eu digo, esses são os professores que teremos amanhã. Eu, lendo o seu discurso, acreditei muito em vc. Se o seu pai pôde lhe dar coisas boas, bons estudos, foi pq ele batalhou muito para isso. Meu filho de 6 anos tem uma bolsa de estudos numa escola particular cara de São Paulo, mas por diversas vezes ouvi absurdos, tipo "Tira seu filho dessa escola de mauricinhos" ou "é melhor seu filho conviver com crianças pobres, do nível dele"... é cada coisa que ouço, que prefiro nem comentar. O que me conforta é que eles sempre esquecem do essencial - a qualidade de ensino, o aprendizado... a verdadeira formação. Sou bacharél em direito, porém, não tive a "sorte" que você teve de ter pais que lhe ajudassem nos estudos, cursos etc. Sempre "dei um duro danado" para conseguir minhas coisas. Lutei muito por uma bolsa de estudos, mas nem por isso, fechei meus olhos para não enxergar tantas injustiças e baboseiras que vemos e ouvimos por aí. O pobre e o negro, muitas vezes, se discriminam por si só, e depois lutam contra a igualdade racial, financeira etc... o q falta é conscientização - não a consciência negra, como foi decretado em São Paulo, dia 20 de novembro - mas a conscientização do senso crítico, do senso de poder mudar... ou de simplesmete e mesmo sem poder... apenas mudar.

    Um bj e boa sorte!

    • Faça login para comentar as respostas
  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Anônimo
    Há 1 década

    Isto está acontecendo porque temos um presidente que fica montado num palanque fazendo apologia da pobreza.

    Governador do Rio de Janeiro chamando alunos e eleitores de burgueses de barriga cheia! E políticos, inclusive o Sr. Lula que insistem em dizer que o cidadão é pobre por causa do rico. O rico atrapalha o pobre de ganhar dinheiro e ir para frente!

    É o maior absurdo da nossa história política!

    Ver gente fazendo discurso falando que o imposto é de rico!

    Dando a entender, que neste país enorme e subdesenvolvido, o pobre é prejudicado pelo rico!

    Enfim, estão com um tal de "rico" e "pobre" que eu nunca vi na minha vida toda! Eu mesmo acabei de digitar um texto com um monte de bobagens escritas, só para mostrar como nossos políticos, principalmente nosso presidente, abaixaram o seu nível de política!

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    O objetivo do Estado é manter a plebe na ignorância.

    Não desista, você vai alcançar seus objetivos! Sempre terá alguém com inveja do que você consegue com muito esforco.

    Um abraço!

    • Faça login para comentar as respostas
  • Si
    Lv 7
    Há 1 década

    Olá "J.LO",

    Tem certeza que é a mesma pessoa da questão que eu chamei de ingênua a 4 dias atrás?! Pois não parece.

    É a arte da discriminação passiva, meu bem, se taxam de discriminados para obter benefícios e privilégios (do bolsa-esmola a propina de cada dia). Isto, passando pelos cursos gratuitos, programas de auxílio, dentre outros.

    Se não sabe o que é discriminação passiva, assista o filme "Crash - No Limite", deixa evidente o que é a discriminação fruto da cabeça de quem assim se sente (e não de quem supostamente discriminaria).

    Aliás, concordo quando diz que "Educação no Brasil é coisa muito cara, deveria ser por empenho a escolha de alunos para cursos e não por renda ou “peninha”!"

    E complemento, não só a educação, como todo o resto: o que é dado, não é valorizado!!!

    Fiquei pasma com a sua atitude contraditória, mas sou solidária com seu testemunho (também passo por isso).

    B-jos para todos.

    Fonte(s): - Eu não concordo que o programa Bolsa Família seja acomodação para o povo?: http://br.answers.yahoo.com/question/index;_ylt=Ao...
    • Faça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 1 década

    Mudou de ideia assim tão rapidinho! e agora.

    Fabio.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Anônimo
    Há 1 década

    Exatamente , a honestidade é contravenção, e a contravenção é chique, também conheço pessoas que só usam o que é gratuito , saúde , estudo, remédio, bolsa familia, sexta básica , que tem varias propriedades , carro 0 km , e também , não paga nada , contas de luz , agua, imposto predial, ipva, seguro, telefone , net , dentre outras coisas

    Inversão de valores, malandro no Brasil é respeitado

    Lamentável

    bjão baby

    • Faça login para comentar as respostas
  • .
    Lv 6
    Há 1 década

    Também acho isso um absurdo. Tem muitas pessoas como você tentando fazer cursos gratuitos e recebendo um curto e grosso "Não", enquanto outros que são de classe inferior não estão nem aí.

    Bom, não vou falar tudo o que penso, porque grande parte você já disse. Mas é o seguinte, não desista, J.LO.

    Continue procurando o que quer e mostre que você é uma mulher de garra! Não se deixe abalar por essas pessoas que parecem que não raciocinam... tente achar um curso gratuito até encontrar. Enche a paciência? Com certeza. Dá um desgaste terrível? Pode apostar. Vale a pena? Se você não tentar, nunca irá saber.

    Boa sorte, mocinha! Estou torcendo por ti.

    Beijos.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Nosso país é um mar de injustiças. Quer coisa mais injusta do que crédito estudantil. Você tem que ser pobre, tem que provar que é pobre, mas não pode ter prestação em atraso na Facú. Tem que ser isento do imposto de renda.Tem que arranjar fiador que ganhe duas vezes o valor mensal da Facú. E ainda vai pagar juros para o Banco. Não tem a mínima lógica. Crédito estudantil tinha que ser para todos que querem estudar. E na verdade nada realmente é grátis. As coisas acontecem normalmente com o dinheiro do imposto que pagamos. As pessoas que pagam escola para os filhos pagam duplamente. Pagam a escola pública indiretamente pelos impostos e a escola privada. A gente paga e é discriminado. Vai entender.

    • Faça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.