Quais são os tipos de dialetos?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
Me ajudem!!!Preciso de exemplos de dialetos,já sei oq é mais eu preciso de uns!!!Por favor me ajudem!!!
Melhor resposta
Você pode utilizar para trabalhos escolares:

•sites de busca, como o Google: http://www.google.com.br
•sites de imagens, como o GImages: http://images.google.com
•enciclopédias virtuais, como: http://pt.wikipedia.org
•tradutores de textos, como: http://babelfish.altavista.com
•páginas escolares, como: http://www.bussolaescolar.com.br
•sites para estudantes, como: http://www.oportaldosestudantes.com.br
•bibliotecas virtuais, como: http://www.bn.br

Espero que possa ter te ajudado com esses links.
Agora, você poderá fazer seu trabalho e aprender um pouco mais.

Boa noite!
  • Taxa
  • Comentário

Outras respostas (2)

Classificada como mais alta
  • Classificada como mais alta
  • Mais antigo
  • Mais recente
  • Soneca respondido 7 anos atrás
    Dialeto

    Um dialetoPB ou dialectoPE (do grego διάλεκτος) é a forma como uma língua é realizada numa região específica. Cientificamente este conceito é conhecido por "variação diatópica", "variante geolinguística" ou "variante dialetal".

    Uma língua divide-se em inúmeras variantes dialetais. Desde as mais abrangentes (e. g. português europeu e português brasileiro) até às sub-variantes mais específicas. Por exemplo:

    O grupo dialetal transmontano-alto-minhoto, que se inclui nos dialetos portugueses setentrionais.
    O grupo dialetal mineiro, que se inclui no grupo dialetal do sul do Brasil.
    Os critérios que levam a que um conjunto de dialetos seja considerado uma língua autónoma e não uma variante de outra língua são complexos e frequentemente subvertidos por motivos políticos. A Linguística considera os seguintes critérios para determinar que um conjunto de dialetos fazem parte de uma língua:

    Critério da compreensão mútua. Se duas comunidades conseguem facilmente compreender-se ao usarem o seu sistema linguístico, então, elas falam a mesma língua.
    Critério da existência de um corpus lingüístico comum. Se entre duas comunidades existe um conjunto de obras literárias que são consideradas património usado por ambas (sem que haja necessidade de tradução), então elas falam a mesma língua.
    Um dialeto, para ser considerado como tal, tem de ser falado por uma comunidade regional. As características da língua que não são específicas de um grupo regional são consideradas socioletos (variedades próprias de diferentes grupos sociais, etários ou profissionais) ou idioletos (variedades próprias de cada indivíduo).

    As regiões dialetais são estabelecidas por linhas de fronteira virtuais a que se dá o nome de isoglossas.

    Norma e norma padrão

    Todos os dialetos (sem exceção) têm uma norma. Essa norma é o conjunto de regras que garantem a unidade do dialeto, limitando a variação e a evolução linguística na comunidade. Quando uma língua se institucionaliza, através da criação de instrumentos normativos como a gramática normativa e a ortografia, tende a escolher um dos seus dialetos como norma padrão. Por exemplo, a norma padrão para a língua castelhana é, actualmente, a norma do dialeto de Madrid.

    É importante sublinhar que a escolha da norma padrão é algo de puramente político e que, geralmente, está relacionado com a localização das capitais políticas, culturais ou económicas dos países. Assim, não existem dialetos melhores ou piores do que outros. É tão legítimo dizer-se bint (para "20"), à moda da cidade do Porto, como vintchi, à moda do Rio de Janeiro.

    Por vezes, os critérios políticos que interferem na língua podem estar muito distantes dos critérios científicos. Há países, em que autênticas línguas são consideradas apenas dialetos da língua oficial, quando, na realidade, não o são de todo. Não é preciso ir muito longe. Até ao Séc. XX a língua galega foi considerada um dialeto da língua castelhana. Na realidade, a Linguística provou, ao longo do Séc. XX, que o galego é uma variante dialetal do português. De um ponto de vista legal, o galego é considerado uma língua autónoma. De um ponto de vista científico, ela é estudada nas universidades como um dialeto do português.

    Outro exemplo semelhante é o do mirandês. Vista até há poucos anos como um dialeto do português, provou-se que se trata de um dialeto da Língua leonesa, língua considerada morta, do grupo astur-leonês (ver página da língua leonesa na wikipédia asturiana).


    A norma padrão da língua portuguesa

    A língua portuguesa usou como norma padrão, a partir do Século XIV, os dialetos falados entre Coimbra e Lisboa, com especial relevo para este último. No Brasil, a norma padrão evoluiu do dialeto de Lisboa para o do Rio de Janeiro (com a fuga da corte para o Brasil em 1808) e, desde então, para uma influência partilhada pelas variantes em uso nas maiores cidades do país[1].

    O Acordo Ortográfico de 1990 representa, do ponto de vista da linguística política, um processo inédito a nível das grandes línguas mundiais. Pela primeira vez, a ortografia de uma língua é discutida globalmente pelos diversos países que a usam e não imposta por uma das partes. Em vez de se basear na norma de um dos dialetos da língua, este acordo ortográfico vai ao encontro de diversos dialetos, tentando encontrar um compromisso entre eles.


    Mitos sem fundamento científico

    É comum circularem algumas ideias sobre dialetologia que são erradas e sem fundamento.

    "Um dialeto é uma língua menor"

    Um dialeto não é uma língua, é uma variante de uma língua. Por outro lado, qualquer língua, por menos prestígio que tenha, não deixa de ser língua e não passa a ser dialeto só por isso. Línguas como o Tétum (de Timor) ou o Potiguara (do Brasil) não são dialetos do português, mas linguas tão dignas como qualquer outra e que, sendo minoritárias, merecem ser protegidas e estudadas.
    "O português de Coimbra é a língua portuguesa e em Minas Gerais fala-se um dialeto ou corruptela"
    O dialeto falado em Coimbra é tão correcto como o dialeto mineiro e vice-versa, são apenas maneiras diferentes de realizar a mesma língua. Não há nenhum critério científico que valide a superioridade de uma variante em relação a outra. Assim, qualquer produção linguística de qualquer falante insere-se sempre numa variante dialectal, não existindo qualquer região em que se possa dizer que, nela, se fala a verdadeira língua e não um dialecto.
    "O Crioulo cabo-verdiano é um dialeto do português"
    O crioulo cabo-verdiano é uma língua e não um dialeto. Tem base lexical na língua portuguesa, mas é diferente e tem os seus próprios dialetos. O mesmo se aplica a qualquer outro crioulo.
    "Um dialeto é um linguajar sem regras"
    Não existe nenhum dialeto sem a sua norma. Qualquer dialeto tem as suas regras gramaticais, fonológicas, morfológicas, sintáticas, semânticas e lexicais. Qualquer falante de um dialeto conhece todas as suas regras intuitivamente (Gramática implícita).
    "A diferença entre dialeto e sotaque é que nos sotaques os falantes se entendem, enquanto nos dialetos não se entendem"
    De acordo com a definição do dicionário Houaiss, um dialeto é qualquer variação regional de um idioma que não chegue a comprometer a inteligibilidade mútua entre o falante da língua principal com o falante do dialeto. As marcas lingüísticas dos dialetos podem ser de natureza semântico-lexical, morfossintática ou fonético-morfológica.
    Sotaque é um conceito de uso popular, que em termos científicos nem existe, e que costuma designar apenas uma mudança na entonação da palavra, ou a pronúncia imperfeita de alguns fonemas realizada por um estrangeiro. Dessa forma, os dialetos do português falados no Brasil, tal como os falados em Portugal, ou os ingleses nos Estados Unidos ou no Reino Unido, são verdadeiros dialetos, enquanto os chamados dialetos de países como a China são na realidade idiomas distintos, uma vez que nem sempre há inteligibilidade mútua. Apenas carecem de estatuto oficial.
    • Taxa
    • Comentário
  • Ritinha respondido 7 anos atrás
    na intenete já existe um novo dialeto...
    por exemplo vou deixar um texto abaixo,só quem é ligado na net entende...bj

    “Hey gnt..td bom?!?!? UAHAuAUahuUHauaHUA! to postando pra bestaa...Ela ta ocupada aki e pediu preu posta, intaum to aki!! hihihih...Pois eh, nem sempre si tem dias iguais ao dia q foi hj... mas nós passamos por cima di td isso...pq a união faz a força!kkkkkk.. Eh mto bom qdo c tem ao seu lado pessoas q vc sabe q pode contar, pessoas especiais, que são guardadas no coração....pra sempre!! dias como esses das fotux estarão sempre presentes em nossas vidas...msm q um dia o choro queira nos deixar pra baixo... Uma dessas pessoas eh vc miga... com vc desabafo... td mundo jah sabe q eu amo dimais essa mininaa!!Ela eh migona msm!!Falo isso pq jah a conheco faz uns 6, 7 anos..por ai...e desde a primeira vez q conversamos, nossos santos bateram...eu vi q ali eu poderia depositar td a confiança, td, mas td msm!!... AUAHuihuAIHauihuiAH!!nós iremos sempre rir d nos msm...pq nós temos motivos pra isso!! =) Aiaiaiai...num vo escrever mto naum... to xeia d sono!... vo mimir... aki na ksa da malaaaaa... hauahauauauha... Eh isso... Bjo pra tds!...”

    colocar no registro formal do idioma algumas das expressões citadas assim:

    Msm – mesmo

    Vc ou simplesmente “c” – você

    Oiiiii – Olá (a quantidade de “iis” depois da letra “O”, em geral, é proporcional à alegria que a pessoa pretende demonstrar)

    Xeia – cheia

    Naum – não

    Ksa – casa

    Bjo – beijo

    Migona, miga, miguxa – amiga

    Td – tudo ou todo

    Mto – muito

    Fds – fim de semana

    Fotux – fotos

    Gnt – gente

    Aki – aqui

    Qdo – quando

    Pq – por quê ou porque

    Intaum – então

    Já existem manuais e glossários bastante razoáveis na Internet com expressões mais usadas em salas de bate-papo, Blogs e Fotoblogs para simplificar a interlocução entre os mais ortodoxos e os falantes do "NOVO DIALETO"


    E issu miga?

    um novo dialeto prá vc!!
    • Taxa
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear