Como a gravidade artificial pode ser gerada através de rotação?

Exemplos, teorias, esperiências...

4 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Melhor resposta

    Primeiro, é preciso entender que o princípio de equivalência diz que não é possível saber a diferença entre uma nave que esteja pousada em um planeta de gravidade 'g', com uma nave que esteja acelerando, com valor de aceleração 'g'. Em outras palavras, para simular gravidade, tudo que você precisa fazer é submeter o corpo a uma aceleração com o valor da gravidade desejado. Por exemplo, se você estivesse em um foguete que estivesse acelerando a 9,82m/s², você acharia que a sensação era a mesma de estar parado na superfície da Terra. E você não saberia a diferença, a menos que houvesse em algum lugar algum sensor avisando "estamos gastanto combustível e acelerando pelo Universo, a aceleração que você está sentindo não é gravitacional".

    Bom, mas se a nave não puder viajar com aceleração de 9,82m/s²? Uma idéia é manter a nave em rotação. Neste caso, ela funcionaria mais ou menos como uma centrífuga, as massas seriam empurradas contra o lado interno da parede externa ou mais externa da sala em que se encontrasse a mesma, fazendo com que aquele lado fosse percebido como "para baixo".

    Mas isto poderia ser usado para dar gravidade artificial para estações espaciais também, não só para astronaves em missões interplanetárias, e também para colônias espaciais. No filme '2001: Uma Odisséia no Espaço", há uma cena em que um viajante rumo à Lua primeiro dá uma parada em uma estação espacial na forma de uma roda de carroça, que está girando. Bom, este giro é para criar gravidade artificial.

    E como é que você calcula qual a velocidade de rotação que é necessário ter para que a força centrífuga seja igual a 'g', por exemplo? Usando a equação abaixo, que relaciona os valores necessários:

    (2*PI/T)² * R = 9,8 m/s²

    onde R é o raio de rotação e T o período de rotação.

    Da equação pode-se perceber que quanto maior o raio, maior o período de rotação, ou seja, menor a velocidade de rotação.

    Só que fazer uma nave girar para obter gravidade artificial tem os seus problemas, e todos eles gerados por uma força fictícia, mas que tem que ser levada em conta: a Força de Coriolis. No primeiro link abaixo há uma pequena discussão sobre o efeito coriolis em estações girantes.

    Fonte(s): Uma discussão interessante sobre gravidade artificial, referenciais inerciais, etc.: http://algol.fis.uc.pt/quark/viewtopic.php?p=2506&... Uma discussão sobre métodos para simular a gravidade: http://www.xr.pro.br/FC/GRAVIDADE.html Uma fantástica simulação da NASA sobre um mundo girante (uma colônia espacial com gravidade artificial obtida por rotação) http://www.nas.nasa.gov/About/Education/SpaceSettl...
    • Faça login para comentar as respostas
  • Shadow
    Lv 4
    Há 1 década

    Pode-se "gerar" a gravidade com o auxilio do pricipio da força centrífuga - CENTRI = centro e FUGA (não precisa explicar né?) parte do principio de que força é um vetor e vetor não faz curva, como o movimento é circular, está o tempo todo mudando de direção e a força tendendo a ir reto, assim se tem uma força empurando para as paredes tentando escapar pela tangente.

    Por isso os carrinhos de montanha-russa não caem quando fazem o Loop, porque tem aceleração empurrado para o trilho.

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    A "gravidade" pode significar duas coisas:

    1) A atração entre as massas corpóreas (coisas). Quanto maior a massa, ,aior a atração.

    2) Atração unidirecional que nos dá a sensação de peso.

    Se você estiver flutuando, na órbita da Terra, estará sob a ação da gravidade do nosso planeta mas não terá a sensação de peso.

    Essa sensação de peso pode ser simulada pela força centrífuga. Você pode fazer a experiência: Pegue um balde de água, encha até a metade (com água) e gire rápido. A água não vai cair.

    O que acontece é que um objeto resiste à mudança de direção, tendendo a continuar o movimento.

    Se você estiver em um carro que fizer uma curva à certa velocidade, sentirá uma força te "jogando pra fora".

    • Faça login para comentar as respostas
  • Há 1 década

    Força centripeda, um grande tubo circular girando em determinada velocidade poderá no futuro das naves espaciais gerar uma Gravidade artificial.

    • Faça login para comentar as respostas
Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.