Alguém sabe me dizer se "vitiligo" tem cura? E como?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
Melhor respostaEscolha do autor da pergunta
Vitiligo.......
É uma doença caracterizada pela despigmentação da pele, formando manchas acrômicas de bordas bem delimitadas e crescimento centrífugo. Também é possível que haja despigmentação do cabelo.

O vitiligo pode ser curados clinicamente, com o desaparecimento completo dos sintomas e recuperação total da pele, masss...infelizmentee não se pode garantir que a doença nunca mais voltará a manifestar seus sintomas.
Mas é novamente tratáda.

É freqüente em 1% da população e, em 30% dos casos, há ocorrência familiar. O diagnóstico em doentes com patologias oculares é significantemente maior que na população em geral. Eventualmente, o vitiligo surge após traumas ou queimaduras solares.

Para o vitiligo universal, com poucas áreas de pele normal (superior a 50% da superfície cutânea), pode ser proposta a despigmentação das áreas restantes de pele normal. Para pacientes com lesões pequenas, em número reduzido e nas fases iniciais da doença, pode ser proposto tratamento tópico. Nas crianças o resultado costuma ser favorável.

Em áreas crômicas localizadas, estando o quadro evolutivo estacionado, têm sido feito minienxertos com resultados estéticos relativamente satisfatórios. A ingestão de alimentos com carotenos ou administração de betacarotenos origina uma cor amarelada na pele, que tem alguma ação protetora e efeito cosmético.

O uso de filtro solar adequado na pele despigmentada é fundamental para proteger de queimaduras e do dano solar a longo prazo. As lesões de vitiligo queimam-se facilmente e as margens pigmentam-se, tornando maior o contraste. Além disso, a queimadura solar pode aumentar ou desencadear novas lesões.

Outro método terapêutico eficaz no vitiligo é a fotoquimioterapia, que é o emprego sistêmico ou tópico de substâncias fotossensibilizantes, seguidas da exposição à radiação ultravioleta. A modalidade mais conhecida e estudada é o método PUVA (?P? = psoraleno, substância química fotossensibilizante, e ?UVA? = ultravioleta).

Como se previne?
Não existe método de prevenção para a doença ou para sua progressão.

Classificação e comentário do autor da pergunta

5 de 5
Obrigada, SimplesNei, sua resposta foi de grande valia. Agradeço também a Kikia pelo site, muito bom. Grata a todos que se preocuparam em responder seriamente. Obs. galonga, o Michael Jackson não tem vitiligo, ele fez um tratamento de pele para ficar branco.( acho que ele tinha complexo pela cor)
  • 1
  • Comentário

Outras respostas (14)

Classificada como mais alta
  • Classificada como mais alta
  • Mais antigo
  • Mais recente
  • Dal respondido 7 anos atrás
    Meu caro Galonga.

    Ainda não se tem a cura definitiva do vitiligo que é uma enfermidade que nosso querido Michael Jackson padece e que as pessoas dizem não ser exatamente isso e sim, que ele andou desbotando propositalmente.

    Em todo caso e querendo que ele não sofra como todos aqueles que sabem o quanto é terrível, vamos saber tudo sobre o vitiligo.

    Como se pode ler no texto abaixo, é controlável e até com bons resultados, mas, infelizmente não há cura ainda.

    O que é?

    É uma doença caracterizada pela despigmentação da pele, formando manchas acrômicas de bordas bem delimitadas e crescimento centrífugo. Também é possível que haja despigmentação do cabelo. É freqüente em 1% da população e, em 30% dos casos, há ocorrência familiar. O diagnóstico em doentes com patologias oculares é significantemente maior que na população em geral. Eventualmente, o vitiligo surge após traumas ou queimaduras solares.

    Como se adquire?

    A causa não está esclarecida, mas há três teorias para explicar a destruição dos melanócitos:
    Teoria Imunológica:

    Admite que o vitiligo é uma doença auto-imune pela formação de anticorpos antimelanócitos. É associada a doenças imunológicas, tais como diabetes, anemia perniciosa, lúpus, esclerose, síndrome de Down, tireoidite de Hashimoto, entre outras.

    Teoria Cititóxica:

    É possível que os metabólitos intermediários - dopaquinona e indóis - formados durante a síntese da melanina, possam destruir as células melanocíticas.

    Teoria Neural:

    Um mediador neuroquímico causaria destruição de melanócitos ou inibiria a produção de melanina..



    O que se sente?

    Não há descrição de sintomas. A maioria dos pacientes procura o médico pelo transtorno estético que a doença ocasiona, embora há quem consulte em virtude das queimaduras solares nas áreas manifestadas.

    No início surgem manchas hipocrômicas, depois acrômicas de limites nítidos, geralmente com bordas hiperpigmentadas, com forma e extensão variáveis. Há tendência à distribuição simétrica. As áreas mais comumente afetadas são: punhos, dorso das mãos, dedos, axilas, pescoço, genitália, ao redor da boca, olhos, cotovelos, joelhos, virilha e antebraços. É raro acometer nas palmas das mãos e plantas dos pés.

    O vitiligo comumente trás disfunção emocional, tornando necessário o tratamento psicológico.

    Como o médico faz o diagnóstico?

    O diagnóstico, em geral, não apresenta dificuldades. O exame do paciente com lâmpada de Wood pode ser de grande utilidade para detectar manchas iniciais. A biopsia (exame de pele) dificilmente é necessária para o diagnóstico diferencial.

    A evolução do vitiligo é imprevisível, não havendo critério clínico ou laboratorial que oriente a prognose. A repigmentação espontânea não é rara.

    Como se trata?

    Para o vitiligo universal, com poucas áreas de pele normal (superior a 50% da superfície cutânea), pode ser proposta a despigmentação das áreas restantes de pele normal. Para pacientes com lesões pequenas, em número reduzido e nas fases iniciais da doença, pode ser proposto tratamento tópico. Nas crianças o resultado costuma ser favorável.

    Em áreas crômicas localizadas, estando o quadro evolutivo estacionado, têm sido feito minienxertos com resultados estéticos relativamente satisfatórios. A ingestão de alimentos com carotenos ou administração de betacarotenos origina uma cor amarelada na pele, que tem alguma ação protetora e efeito cosmético.

    O uso de filtro solar adequado na pele despigmentada é fundamental para proteger de queimaduras e do dano solar a longo prazo. As lesões de vitiligo queimam-se facilmente e as margens pigmentam-se, tornando maior o contraste. Além disso, a queimadura solar pode aumentar ou desencadear novas lesões.

    Outro método terapêutico eficaz no vitiligo é a fotoquimioterapia, que é o emprego sistêmico ou tópico de substâncias fotossensibilizantes, seguidas da exposição à radiação ultravioleta. A modalidade mais conhecida e estudada é o método PUVA (?P? = psoraleno, substância química fotossensibilizante, e ?UVA? = ultravioleta).

    Como se previne?

    Não existe método de prevenção para a doença ou para sua progressão.



    Então, depois de ler tudo isso, sabemos um pouco mais.

    Um abraço pra você e obrigado pela oportunidade.
    • 3
    • Comentário
  • Lindinha respondido 7 anos atrás
    Olha, o que existe para vitiligo é tratamento, e se bem sucedido a aparência da pele melhora quase 100%. É um tratamento demorado.

    O vitiligo se apresenta de forma e intensidade variada em cada paciente, portanto, o tratamento indicado pelo dermatologista deve ser individualizado, de acordo com cada caso.

    Medicamentos que exercem ótimos resultados em alguns pacientes podem não ter efeito algum em outros. Muitas vezes, os resultados parecem estar mais relacionados ao paciente tratado do que ao tratamento em si.

    As medicações visam corrigir as alterações imunes responsáveis pelo processo de despigmentação ou estimular os melanócitos presentes nas lesões a produzirem a melanina.

    A repigmentação das lesões se dá a partir dos folículos pilosos, formando-se pontilhado pigmentar dentro das manchas. Estes pontos aumentam progressivamente coalescendo para fechar a lesão (foto abaixo).



    Nos casos de vitiligo estável (quando não surgem novas lesões e as existentes não aumentam de tamanho), algumas técnicas cirúrgicas promovem a transferência de melanócitos obtidos em áreas de pele saudável para a área afetada. Uma vez incorporados ao tecido estes iniciam a produção de melanina repigmentando a lesão.

    O vitiligo é uma doença que tem tratamento, mas este é demorado e exige paciência. No caso das crianças, é importante que os pais tentem se controlar para não transmitir sua ansiedade para elas, fazendo-as pensar que sofrem de uma doença grave, o que só trará dificuldades ao tratamento . É importante lembrar que o vitiligo não traz nenhuma alteração de saúde apesar do grande distúrbio estético.

    Fonte(s):

    • 2
    • Comentário
  • Maria respondido 7 anos atrás
    Eu sei que tem tratamento, mas cura acho que não
    • Taxa
    • Comentário
  • Guri respondido 7 anos atrás
    Tem, procure um dermatologista.
    • Taxa
    • Comentário
  • Betinha respondido 7 anos atrás
    Que eu saiba, não tem cura. Mas dizem q em Cuba há um tratamento eficaz.
    • Taxa
    • Comentário
  • sandra respondido 7 anos atrás
    cura nao mas tem tatamento que impede que a doença va para frente
    • Taxa
    • Comentário
  • Kikia respondido 7 anos atrás
    Acho que aqui vc vai poder tirar suas dúvidas.

    http://www.dermanet.com.br/altpele.htm#v...

    Espero ter ajudado.
    • Taxa
    • Comentário
  • arosteguy respondido 7 anos atrás
    Existe um tratamento que esta em alta embora seja bastante antigo. Meu avô era farmaceutico e fazia, isso lá por 1955. Consiste em retirar o sangue da pessoa e injetar na musculatura. Para cada caso existe uma dosagem específica. O nome parece ser emoterapia, ou algo do gênero. Existem um DVD de um médico sobre o assunto. A medicina não possui a explicação cientifica mas acredita-se nos resultados.
    • Taxa
    • Comentário
  • podocarpo respondido 7 anos atrás
    Não, aina não foi descoberta a cura, mas há alguns tratamentos paliativos.
    • Taxa
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

  • Lord Byron respondido 7 anos atrás
    Eu não sei se tem cura definitiva, mas existe um tratamento com melanina desenvolvido pela medicina cubana, em que esses casos tem uma regressão considerável, existia um convênio entre Brasil e Cuba pra esse tratamento, nunca ouvi mais falar disso, não sei se ainda esta em vigor. Procura te informar. Em Cuba me parece que nunca parou.
    • Taxa
    • Comentário
  • tom respondido 7 anos atrás
    consulte um dermatologista....eu sei que eh muito serio isso
    • Taxa
    • Comentário
  • poderosarata respondido 7 anos atrás
    infelizmente,vitiligo não tem cura

    se tivesse,Michael Jackson não estaria branco!
    • Taxa
    • Comentário
  • Luciano k respondido 7 anos atrás
    Usa-se uma pomada para diminuir o avanco, mas cura nao tem
    • Taxa
    • Comentário
  • galonga respondido 7 anos atrás
    pergunta ao michael jackson: ele afirma que é branco devido ao vitiligo
    • Taxa
    • Comentário

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear