A diferença entre celula animal e vegetal?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
Melhor resposta
  • Zena respondido 7 anos atrás
Celula animal não apresenta celulose em suas paredes nem clorofila nem clorofila em seu interior.
Informações mais detalhadas você encontrará em qualquer livro didático de biologia do 2° Grau.
  • 9
  • Comentário

Outras respostas (8)

Classificada como mais alta
  • Classificada como mais alta
  • Mais antigo
  • Mais recente
  • edmergulhao respondido 7 anos atrás
    A célula vegetal possui a parede celular, formada sobretudo de celulose. A célula animal não possui. As clélulas vegetais possuem, entre si, uma fina camada de aderência chamada lamela média, formada principalmente de pectados de magnésio e cálcio; as células animais não possuem. As células vegetais possuem os plastos (cloroplastos, xantoplastos, eritoplastos), que são organelas possuidoras de pigmentos(os primeiros possuem clorofila, principalemtena Beta, que realizam fotossíntese); as células animais não possuem esse tipo de organela. As células vegetais possuiem divisão centrífuga, ou seja, do centro para as bordas, enquanto as células animais possuem divisão centrépetra, ou seja, das bordas para o centro)
    São as principais diferenças.
    • 15
    • Comentário
  • navenaz respondido 7 anos atrás
    celulas vegetais possuem cloroplastos, onde funciona o sistema de produção da clorofila, da fotossíntese.
    isso nao tem nas celulas animais
    • 7
    • Comentário
  • mário o hazz respondido 7 anos atrás
    A difença da célula animal para vegetal,é observada através de algumas organelas presentes em uma ou outra;Na visualisação ao microscópio ótico,temos na célula vegetal(uma lâmina com casca de cebola por exemplo)a evidência da parede celular.No estudo mais detalhado temos nos vegetais organelas como cloroplasto,vacúolos( só presente nos animais nas células adiposas).
    Outra diferença esta no fato de as células vegetais não possuirem lisossomos,e em sua divisão celular a citocinese é de fora para dentro,ou seja,surge uma parede(lamela média)que divide as células,e na mitose animal temos a citocinese de dentro para fora,essas são as diferenças básicas.
    • 5
    • Comentário
  • Bióloga Isa respondido 7 anos atrás
    A célula Vegetal contém uma parede celular que envolve a membrana plasmática e dá maior resistência à celular.Nela tb estão presentes os cloroplastos (Fotossíntese) e os vacúlos organelas que não estão presentes em células animais...
    Bom essa é a diferença básica... :-)
    • 5
    • Comentário
  • Marco respondido 2 meses atrás
    **
    • Taxa
    • Comentário
  • Empresario respondido 7 anos atrás
    A simples presença de uma parede celular de celulose em sua estrutura.

    Existem casos de celulas vegetais em tecidos animas. Quando sobra um casquinha de feijao no dente do cara...
    • 2
    • Comentário
  • Thygho respondido 7 anos atrás
    A célula vegetal possui duas camadas protetoras, a animal apenas uma!!!

    Mas a maior diferença está num micro pedaço da célula vagetal que é o responsável pela criação da fotossíntese, ela está no corpo da c´lula e não no núcleo como muitos pensam!!!

    Dentre outras diferenças essas são as mais significativas!!!
    • 2
    • Comentário
  • fabinha respondido 7 anos atrás
    É a menor unidade estrutural básica do ser vivo. É descoberta em 1667 pelo inglês Robert Hooke, que observa uma célula de cortiça (tecido vegetal morto) usando o microscópio. A partir daí, as técnicas de observação microscópicas avançam em função de novas técnicas e aparelhos mais possantes. O uso de corantes, por exemplo, permite a identificação do núcleo celular e dos cromossomos, suportes materiais do gene (unidade genética que determina as características de um indivíduo). Pouco depois, comprova-se que todas as células de um mesmo organismo têm o mesmo número de cromossomos. Este número é característico de cada espécie animal ou vegetal e responsável pela transmissão dos caracteres hereditários. O corpo humano tem cerca de 100 trilhões de células.

    Celula animal
    Membrana: Formada por uma dupla camada de fosfolipídios, bem como por proteínas espaçadas e que podem atravessar de um lado a outro da membrana. Algumas proteínas estão associadas a glicídios, formando as glicoproteínas. Controla a entrada e a saída de substâncias.
    Fosfolipídios - fosfato (PO4-3) associado a lipídios(gorduras). São os principais componentes das

    membranas celulares. A região do fosfato("cabeça") se encontra eletricamente carregada (região polar) enquanto que as duas cadeias de ácidos graxos(pertencentes ao lipídio)não apresentam carga elétrica (região apolar).

    Glicoproteínas: associação de proteínas com glicídios (açúcares) presentes nas células animais em geral. Os glicídios recobrem as células como "pêlos" protegendo-as contra agressões do meio ambiente e retendo substâncias, como nutrientes e enzimas, constituindo o glicocálix.

    Retículo endoplasmático (RE): atua como transportador de substâncias. Há duas formas: O R.E. liso, onde há a produção de lipídios, e o R.E. rugoso, onde se encontram aderidos a sua superfície externa os ribossomos, sendo local de produção de proteínas, as quais serão transportadas internamente para o Complexo de Golgi.

    Mitocôndria: Organela formada por duas membranas lipoprotéicas. Dentro delas se realiza o processo de extração de energia dos alimentos que será armazenada em moléculas de ATP (adenosina trifosfato). É o ATP que fornece energia necessária para as reações químicas celulares
    Lisossomo: estrutura que apresenta enzimas digestivas capazes de digerir um grande número de produtos orgânicos. Realiza a digestão intracelular. É importante nos glóbulos brancos e de modo geral para a célula já que digere as partes desta (autofagia) que serão substituídas por outras mais novas, o que ocorre com freqüência em nossas células.
    Complexo de Golgi: são bolsas membranosas e achatadas, que podem armazenar e transformar substâncias que chegam via retículo endoplasmático; podem também eliminar substâncias produzidas pela célula, mas que irão atuar fora dela (enzimas por exemplo). Produzem ainda os lisossomos.
    Centríolos: São estruturas cilíndricas, geralmente encontradas aos pares. Dão origem a cílios e flagelos (menos os das bactérias), estando também relacionados com a formação do fuso acromático

    Celulas Vegetal
    Cloroplasto: organela formada por duas membranas e por estruturas discóidais internas. É a sede da fotossíntese, pois contém moléculas de clorofila que capturam a energia solar e produzem moléculas como glicose que poderá ser utilizada pelas mitocôndrias para a geração de ATP.

    Parede celulósica: constituída por celulose (polissacarídio) e também por glicoproteínas (açúcar + proteína), hemicelulose (união de certos açúcares com 5 carbonos) e pectina (polissacarídio). A celulose forma fibras, enquanto as outras constituem uma espécie de cimento; juntas formam uma estrutura muito resistente.

    Vacúolo: Estrutura derivada do retículo endoplasmático que pode conter líquidos e pigmentos, além de diversas outras substâncias.

    A Estrutura do Cloroplasto



    O cloroplasto é composto internamente por várias estruturas de aspecto circular que se agrupam como uma pilha de moedas. Cada uma dessas formações é conhecida como granum (plural, grana). Entre estas estruturas, aparecem delicadas membranas ou lamelas que percorrem o cloroplasto de extremo à extremo. Existe, também, uma matriz (estroma) que envolve todo este sistema. A clorofila, pigmento verde das plantas, está distribuída entre as lamelas dos grana. A fotossintese (absorção e conversão da energia luminosa em energia química, daí levando a formação de carboidratos), ocorre neste sistema de membranas.

    A Estrutura da Parede Celular



    Quando analisada mais detalhadamente vemos que a parede celular é formada por uma trama de fibrilas de celulose. Existem algumas camadas distintas que formam a parede celular:

    -camada mais interna que delimita o lúmem celular, denominada de lamela terciária.

    -camada intermediária formada pela parede secundária que pode ser formada por quatro lamelas.

    -lamela transicional.

    -parede primária.

    -lamela média, camada externa em contato com a parede primária.
    Cada uma das fibrilas que compõe a trama de celulose, é formada pela agregação de mais ou menos 250 microfibrilas. Cada microfibrila é formada por um pequeno número de feixes de molécula de celulose (fibrilas elementares), sendo que cada molécula de celulose é formada por mais de mil resíduos de glicose, os quais se interligam por pontes de oxigênio. Em alguns pontos das fibrilas elememtares as moléculas de celulose estão dispostas de maneira desordenada, em outros elas se dispõe ordenadamente, formando as micelas de estrutura cristalina. Entre as fibrilas, microfibrilas e fibrilas elementares, ocorrem outros componentes da parede celular como a hemicelulose, lignina, etc. Quando não há a presença destas outras substâncias, ocorrem microcapilares que transportam água e outros solutos, o que confere à parede celular uma grande permeabilidade à água.
    • 3
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear