Qual é a diferença entre compostos orgânicos naturais e compostos orgânicos sintéticos?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
Melhor resposta
Os compostos orgânicos naturais são os extraídos dos animais e vegetais, ou seja, são encontrados na própria natureza, enquanto que os compostos orgânicos sintéticos são aqueles produzidos em laboratório.
  • 1
  • Comentário

Outras respostas (1)

  • neto respondido 7 anos atrás
    resposta
    resumo sobre compostos orgânicos naturais=Os compostos ou moléculas orgânicas são as substâncias químicas que contém na sua estrutura Carbono e Hidrogênio , e muitas vezes com oxigênio, nitrogênio, enxofre fósforo, boro, halogênios e outros. Não são moléculas orgânicas os carbetos, os carbonatos e os óxidos de carbono.
    s moléculas orgânicas podem ser:

    * Moléculas orgánicas naturais: São as sintetizadas pelos seres vivos, denominadas biomoléculas, que são estudadas pela bioquímica.
    * Moléculas orgánicas artificiais: São substâncias que não existem na natureza e tem sido fabricadas pelo homem, como os plásticos. A maioria dos compostos orgânicos puros são produzidos artificialmente.

    A linha que divide as moléculas orgânicas das inorgânicas tem originado polêmicas e historicamente tem sido arbitrária, porém, geralmente os compostos orgânicos apresentam carbono ligado a hidrogênio, e os compostos inorgânicos não. Deste modo, o ácido carbônico é inorgânico, entretanto, o ácido fórmico , o primeiro ácido carboxílico, é orgânico. O anidrido carbônico e o monóxido de carbono são compostos inorgânicos. Portanto, todas as moléculas orgânicas contém carbono, porém nem todas as moléculas que tem carbono, são moléculas orgânicas.

    A etimologia da palavra "orgânico" significa que procede de "organos", relacionada com a vida, em oposição ao inorgânico que teria o significado de tudo que carece de vida.

    Para os químicos antigos as substâncias orgânicas eram provenientes de fontes animais ou vegetais, e as substâncias inorgânicas seriam aquelas de procedência mineral. Durante muitos anos acreditava-se que entre a química orgânica e a química inorgância existia uma barreira intransponível. No principio do século XIX , o químico alemão Friedrich A. Wöhler conseguiu sintetizar a uréia, um produto orgânico, a partir de substâncias inorgânicas, comprovando que tal divisão era totalmente artificial, algo que é completamente evidente na química moderna.

    resumo sobre compostos orgânicos sintéticos=Compostos orgânicos sintéticos

    Principalmente após a Segunda Guerra Mundial, aumentou muito a produção industrial de compostos orgânicos sintéticos: plásticos, detergentes, solventes, tintas, inseticidas, herbicidas, produtos farmacêuticos, aditivos alimentares etc. Muitos desses produtos dão cor ou sabor à água, e alguns são tóxicos.
    A maior parte dos compostos orgânicos são biodegradáveis, ou seja, podem ser decompostos pelas bactérias. Existem, entretanto, alguns compostos orgânicos sintetizados pela indústria que não são biodegradáveis. Tais compostos também podem ser chamados de recalcitrantes ou biologicamente resistentes. Não sendo degradados, tais compostos vão se acumulando na água, atingindo concentrações tão altas que geram sérios riscos aos seres vivos.

    Petróleo

    A existência de poços de petróleo no fundo do mar e o uso de super-petroleiros (por ocasião de suas lavagens), para o transporte desse produto têm dado origem a acidentes que espalham grandes quantidades de petróleo pelo mar, isso acaba causando a morte de grandes quantidades de plantas, peixes e aves marinhas. O óleo forma na superfície da água uma película impermeabilizante que impede a troca de oxigênio e gás carbônico entre a água e a atmosfera, o que provoca a asfixia dos animais e impede a realização da fotossíntese por parte dos vegetais do plâncton.
    O litoral brasileiro vem sendo constantemente agredido pelo homem nos últimos anos. Um dos maiores problemas é a poluição pelo derramamento de petróleo a partir de navios petroleiros ou devido a acidente com estes navios ou com oleodutos litorâneos. Os litorais de São Paulo e Rio de Janeiro são os mais agredidos por esse tipo de poluição, dada a grande concentração demográfica e industrial nestes estados, exigindo-se grandes desembarques de petróleo nesta área. O vazamento de petróleo no mar implica no aparecimento da chamada "maré negra", que mata os peixes de toda a região poluída e escurece toda a areia da praia afetada.

    Compostos inorgânicos e minerais.

    O descarte desses compostos pode acarretar variações danosas na acidez, na alcalinidade, na salinidade e na toxicidade das águas. Uma classe particularmente perigosa desses compostos são os metais pesados (Pb, Cd, Hg, etc.).

    Fonte(s):

    • Taxa
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear