Revelação de um EX-professor de universidade PARTICULAR (3)!!! Vergonha do ensino superior.?

Eu ja dei aula em duas universidades particulares. Desisti, hoje leciono na pública. Eu procuro dar o melhor de mim em sala de aula, puxo um assunto e tento relacionar com outro e faço os alunos viajarem no futuro e ver o assunto dentro da vida profissional. Preparo aulas, tenho até uma secretaria que me ajuda na preparação do material.Agora em uma particular a coisa é bem diferente, lá você tem que agradar o aluno. Se eu desse a quantidade de material em sala de aula que estou dando em uma universidade pública os alunos já estariam me boicotando. Na pública o Professor é alguém, na particular ele é apenas um palhaço que tem que ficar agradando o aluno. Pois aluno em particular não é aluno, ele é cliente. Isso é uma vergonha. Quando fui embora da última particular, a funcionaria da administracao tentou me dar um agrado e eu disse para ela que prefiro fazer outra coisa se nao puder lecionar em uma pública, particular jamais. São poucas excessões como a PUC.

2 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Melhor resposta

    Caro Mestre,

    Leio com tristeza seu relato que espelha uma das raízes da tragédia cultural de nosso país.

    Termino este ano mais uma graduação por necessidade profissional.

    Por opção pessoal nunca tentei o ingresso em instituição pública mas lembro de meu primeiro curso em 1983 em uma instituição católica em Curitiba, a qual comparo a esta última. Acredito que com raras excessões fui tão bem orientado por professores quanto naquele curso, assim como jamais li tanto em tão poucos tempo. Era impossível de terminar um semestre sem ter lido 15 ou 20 livros completos e ter consultado pelo menos outros 50 ou 60.

    Hoje nos passos finais de concluir mais uma graduação sou o tio da classe, acompanhando alunos com idade para serem meus filhos, muitos com a idade de minha filha mais velha, vejo o completo descaso dessas crianças com o conhecimento, o único compromisso é de, ao final dessa ano, entregarem um diploma a seus pais e seguirem seus caminhos que não posso imaginar qual será.

    Vejo com tristeza o descaso da instituição de ensino superior que presta todo o auxílio àqueles alunos que poderão levar o nome da faculdade a alguma grande empresa, por se destacarem nas notas ou apresentarem uma rede de relaciomento um pouco mais influente, mas estas IES não se preocupam com aqueles alunos que pouco se dedicam ao estudo e passam semestre a semestre apenas na flauta, na cola, "empurrando com a barriga" um curso, pagando a mensalidade e desrespeitando um profissional que dedica seu tempo a mais nobre das facetas da ciência, a transmissão do conhecimento, conhecimento este que se confinado às folhas de um livro intocado, seria mais útil que tentando atingir a mente de um desinteressado.

    Apesar de triste com seu discurso lhe dou parabéns por dar continuidade à arte de ensinar.

    Um grande abraço

  • m
    Lv 5
    Há 1 década

    É Bruno, embora não seja prof. universitária, entendo bem o que está falando.

    Trabalho em EM público, concomitante com Técnico. A escola é muito boa. Tem gente com mestrado e Doutorado. São poucos, mas tem.

    Aluno lá tem que estudar muito. É lógico que encontramos aqueles que enrolam, tanto da parte docente quanto da parte discente. Mas no geral, aluno de lá sai direto pro vestibular.

    Fica triste não. Educação tem dessas coisas.

    Não repara minha fantasia de carnaval. Estou de Jéssica Rabbit.

    Bom carnaval para vc.

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.