Por que a água do mar é salgada?

Seguir
  • Seguir de forma pública
  • Seguir de forma privada
  • Deixar de seguir
Melhor resposta
A água dos oceanos é salgada por vários motivos e têm várias origens:
As rochas da crosta vão-se desgastando por erosão e há uma parte dissolvida desse material que é transportada para o oceano pelos rios.
As erupções vulcânicas submarinas libertam substâncias voláteis tais como dióxido de carbono, cloro e sulfato.
A chuva formou cursos de água que iam dissolvendo lentamente rochas ricas em cloreto de sódio, nas quais o sal comum é encontrado em abundância, e transportado para o oceano pelos rios.
E isso tudo acontecendo durante centenas de milhões de anos.
Em resumo é isso aí.
  • 22
  • Comentário

Outras respostas (223)

Classificada como mais alta
  • Classificada como mais alta
  • Mais antigo
  • Mais recente
  • cesar m respondido 8 anos atrás
    No primeiros tempos de formação da Terra, esta era constituída por uma massa em fusão. À medida que foi arrefecendo, os elementos mais densos ficaram no centro e os menos densos migraram para a superfície, tendo alguns gases (oxigênio, hidrogênio, metano, vapor de água) escapado para formar uma atmosfera. Quando a Terra arrefeceu ainda mais, formou-se uma crosta sólida e o vapor de água condensou em grande parte, dando lugar aos oceanos. A água dos oceanos é salgada porque contém sais dissolvidos (com concentrações entre cerca de 33 e 37 g por cada quilograma de água do mar) que têm várias origens:

    1. As rochas da crosta vão-se desgastando por erosão e há uma parte dissolvida desse material que é transportada para o oceano pelos rios

    2. As erupções vulcânicas libertam substâncias voláteis (tais como dióxido de carbono, cloro e sulfato) para a atmosfera, uma parte das quais acaba por ser transportada com a precipitação diretamente para o oceano ou indiretamente através dos rios.

    3. As erupções vulcânicas submarinas contribuem fortemente para os íons no oceano.

    4. Para além destas fontes naturais, há sais que provêm de poluentes gasosos, líquidos ou sólidos.

    Mas para além destas fontes de sais há também sumidouros que consomem parte dos sais dissolvidos: plantas e animais marinhos que usam sais (por exemplo, sílica, cálcio e fósforo) para construir os seus esqueletos ou conchas, sedimentos depositados no fundo do mar e que incorporam alguns sais (por exemplo, potássio e sódio), e ainda outros processos. Mas há um equilíbrio entre as fontes e os sumidouros pelo que a composição da água do mar é essencialmente constante.

    Fonte(s):

    www.ambientebrasil.com.br
    • 17
    • Comentário
  • Carol CA respondido 8 anos atrás
    Na água do mar encontram-se dissolvidos uma grande quantidade iões, elementos e compostos químicos, sendo os iões os mais abundantes.
    Os iões mais abundantes são o Cloro (Cl-), o Sódio (Na+), o Sulfato(SO4--), o Magnésio (Mg++), o Cálcio (Ca+) e o Potássio (K+). Decerto, se nota que quando juntos, os dois iões mais comuns, Sódio e Cloro, compõem o comum "sal de mesa" (NaCl), que representa no mar mais de 90% do peso de todos os sais. A concentração dos sais dissolvidos na água do mar é à volta das 35 partes por mil. Por outras palavras, 3,5% do peso total da água.
    • 14
    • Comentário
  • Tin respondido 8 anos atrás
    Oi,

    A água do mar é salgada porque, durante milhões de anos, a chuva formou cursos de água que iam dissolvendo lentamente rochas de todos os períodos geológicos, nas quais o sal comum é encontrado em abundância. Esses cursos de água desembocavam no mar. Como todos os rios correm para o mar, ele fica com quase todo o sal.

    Um abraço
    • 12
    • Comentário
  • GMX respondido 8 anos atrás
    A explicação do fato da água do mar ser salgada começa no início da história do planeta Terra. Há aproximadamente 4,5 bilhões de anos, o planeta estava se formando e era uma bola de fogo. A temperatura era muito alta - os cientistas calculam uma média de mais de 1000ºC! Com o passar dos anos foram acontecendo reações químicas que formaram as nuvens. Quando estas ficavam muito pesadas chovia torrencialmente.

    Essas fortes chuvas caíam nas rochas extremamente quentes e acabaram dissolvendo substâncias que existiam nelas (os cientistas chamam esse processo de lixiviação). Acontece que a substância que mais existia nas rochas era o cloreto de sódio - o sal de cozinha - que foi se acumulando durante milhares de anos e acabou "salgando" a água do mar.

    Fonte: Cartilha "Dalva, a Estrela" (ONG Guardiões do Mar)
    • 7
    • Comentário
  • Lonely Wolf respondido 8 anos atrás
    Porque é no mar que se junta toda a água do planeta, ou seja, quando chove a agua cai sobre pedras, areias e etc... Então ela vai escorrendo e dissolvendo os sais existentes nas rochas. A partir daí vai para os rios e desaguam no mar.
    • 6
    • Comentário
  • Lene respondido 8 anos atrás
    Durante milhões de anos a chuva formou cursos de água que, por sua vez, dissolveram lentamente rochas nas quais o sal comum, cloreto de sódio, é encontrado em abundância, e o levaram para o mar. Como todos os rios correm para o mar, ele fica com quase todo o sal.

    Já os rios são "doces" porque contêm pouco sal.




    As salinas são lugares onde a água do mar é represada, obtendo-se o sal de cozinha por evaporação da água.

    Um litro de água do mar contém aproximadamente 25 gramas de sal de cozinha, também denominado cloreto de sódio.

    Para se obter o sal, constrói-se, nas praias, uma série de tanques ligados uns aos outros, permitindo que a água passe por eles sempre no mesmo sentido. Esses tanques têm grande superfície, mas pequena profundidade. Na maré alta, as águas invadem as praias e enchem os tanques. À proporção que a água evapora, vai deixando o sal, que é recolhido e amontoado, para depois ser utilizado.
    • 2
    • Comentário
  • Alex Sandro A respondido 8 anos atrás
    No fundo do mar e nas costas dos litorais existem rochas. Quando a água do mar bate nessas rochas, acabam soltando pequenos pedaços dela, até que se reduzam ao máximo e sua composição é formada de sais, que se misturam na água, deixando-a salgada.
    • 1
    • Comentário
  • lucas verazzani respondido 8 anos atrás
    Porque ela tem sal?!?
    • 1
    • Comentário
  • adm.gommes respondido 8 anos atrás
    deus quis assim e colocou sal
    hahahahh
    ou não foi deus que criou coisa alguma??
    • 1
    • Comentário
  • Sign In 

    para adicionar sua resposta

  • zirton respondido 8 anos atrás
    A água dos oceanos é salgada porque contém sais dissolvidos(com concentrações entre cerca de 33 e 37g por cada quilograma de água do mar) que tem várias origens. Na fonte abaixo vc vai encontrar detalhes.

    Fonte(s):

    • 1
    • Comentário
  • Giovana respondido 8 anos atrás
    Porque Deus quis assim....
    é a mais pura verdade.

    beijoss...
    • 1
    • Comentário
  • Pathy M respondido 8 anos atrás
    A água do mar é salgada porque tem sal! Iguais aos que circulam em nosso corpo como sódio e magnesio.Esses chegam até o mar através de rochas que vão se desgastando seja com chuva ou com erosões e a chuva traz isso aos rios, que desembocam nos oceanos. E o que faz o equilibrio dessa salinidade são plantas e animais marinhos que usam sais para construir seus esqueletos , suas conchas e etc.
    • 1
    • Comentário
  • gilbert_slz respondido 8 anos atrás
    Eu não iria contar,...
    Mas, se vocês prometerem segredo eu falo!!!

    "Eu peguei todo o estoque de sal lá de casa e pra fazer pirraça pra minha mãe joguei no mar!!"
    • 1
    • Comentário
  • MarceloSPInterior respondido 8 anos atrás
    será que é pq tem muito bacalhau?
    • 1
    • Comentário
  • Fernando respondido 8 anos atrás
    Há tantas boas respostas que eu direi uma simples: "Porque o Mestre quis diversificar as formas de vida aquática e por isso teve que criar um meio diferente".
    • 1
    • Comentário
  • JRIČΛRĐØŁS respondido 8 anos atrás
    Pq contém sal...
    • 1
    • Comentário
  • Noela respondido 8 anos atrás
    Com a minha pesquisa, conclui que:

    No primeiros tempos de formação da Terra, esta era constituída por uma massa em fusão. À medida que foi arrefecendo, os elementos mais densos ficaram no centro e os menos densos migraram para a superfície, tendo alguns gases (oxigênio, hidrogênio, metano, vapor de água) escapado para formar uma atmosfera. Quando a Terra arrefeceu ainda mais, formou-se uma crosta sólida e o vapor de água condensou em grande parte, dando lugar aos oceanos. A água dos oceanos é salgada porque contém sais dissolvidos (com concentrações entre cerca de 33 e 37 g por cada quilograma de água do mar) que têm várias origens:

    1. As rochas da crosta vão-se desgastando por erosão e há uma parte dissolvida desse material que é transportada para o oceano pelos rios

    2. As erupções vulcânicas libertam substâncias voláteis (tais como dióxido de carbono, cloro e sulfato) para a atmosfera, uma parte das quais acaba por ser transportada com a precipitação diretamente para o oceano ou indiretamente através dos rios.

    3. As erupções vulcânicas submarinas contribuem fortemente para os íons no oceano.

    4. Para além destas fontes naturais, há sais que provêm de poluentes gasosos, líquidos ou sólidos.

    Mas para além destas fontes de sais há também sumidouros que consomem parte dos sais dissolvidos: plantas e animais marinhos que usam sais (por exemplo, sílica, cálcio e fósforo) para construir os seus esqueletos ou conchas, sedimentos depositados no fundo do mar e que incorporam alguns sais (por exemplo, potássio e sódio), e ainda outros processos. Mas há um equilíbrio entre as fontes e os sumidouros pelo que a composição da água do mar é essencialmente constante.

    Saudacoes e uma grande abraco a todos.

    Fonte(s):

    Google.com
    • 1
    • Comentário
  • MARI C. respondido 8 anos atrás
    Bem.... Talvez seja as lágrimas dos Anjinhos!!!!! :-)
    • 1
    • Comentário
  • Natach R respondido 8 anos atrás
    A água dos oceanos é salgada porque contém sais dissolvidos (com concentrações entre cerca de 33 e 37 g por cada quilograma de água do mar) que têm várias origens:

    1. As rochas da crosta vão-se desgastando por erosão e há uma parte dissolvida desse material que é transportada para o oceano pelos rios

    2. As erupções vulcânicas libertam substâncias voláteis (tais como dióxido de carbono, cloro e sulfato) para a atmosfera, uma parte das quais acaba por ser transportada com a precipitação diretamente para o oceano ou indiretamente através dos rios.

    3. As erupções vulcânicas submarinas contribuem fortemente para os íons no oceano.

    4. Para além destas fontes naturais, há sais que provêm de poluentes gasosos, líquidos ou sólidos.

    Mas para além destas fontes de sais há também sumidouros que consomem parte dos sais dissolvidos: plantas e animais marinhos que usam sais (por exemplo, sílica, cálcio e fósforo) para construir os seus esqueletos ou conchas, sedimentos depositados no fundo do mar e que incorporam alguns sais (por exemplo, potássio e sódio), e ainda outros processos. Mas há um equilíbrio entre as fontes e os sumidouros pelo que a composição da água do mar é essencialmente constante.

    Fonte(s):

    • 1
    • Comentário
  • hanny respondido 8 anos atrás
    Conhecemos esta água como água salgada, porque contém substâncias chamadas sais

    Na água do mar encontram-se dissolvidos uma grande quantidade iões, elementos e compostos químicos, sendo os iões os mais abundantes.
    Os iões mais abundantes são o Cloro (Cl-), o Sódio (Na+), o Sulfato(SO4--), o Magnésio (Mg++), o Cálcio (Ca+) e o Potássio (K+). Decerto, se nota que quando juntos, os dois iões mais comuns, Sódio e Cloro, compõem o comum "sal de mesa" (NaCl), que representa no mar mais de 90% do peso de todos os sais. A concentração dos sais dissolvidos na água do mar é à volta das 35 partes por mil. Por outras palavras, 3,5% do peso total da água.

    De onde vêm estes iões?
    A chuva contém dissolvido algum do dióxido de carbono que se encontrava no ar, o que a torna ligeiramente ácida(a junção de água e dióxido de carbono, forma ácido carbónico). Depois de cair, esta chuva corre para os oceanos, juntando-se em rios e dissolvendo as rochas do seu leito. O ácido que contém quebra as moléculas destas rochas dissolvidas, transformando-as em iões. Embora este seja um processo lento, os rios também já correm há MUITO tempo. Quando a água se evapora dos oceanos, os iões permanecem no oceano.

    Significa isso que os oceanos se estão a tornar cada vez mais salgados?
    Não! Pensa-se que os oceanos mundiais são hoje tão salgados como eram há 1.5 mil milhões de anos. Isto porque existem vários processos através dos quais os iões são retirados do mar. O cálcio é removido por animais que o depositam nas suas conchas. Um braço de mar pode ficar isolado, e através de evaporação, depositar todos os seus sais sobre o antigo leito - um exemplo disto são as planícies de sal do Utah (EUA). No entanto, a forma mais importante através da qual os iões são removidos da água do mar é através da ligação a partículas finas que depois se depositam sobre o fundo do oceano e se tornam sedimento. Sob esta forma os iões não são devolvidos nem dissolvidos novamente na água do mar.
    • 1
    • Comentário
  • Vinicius respondido 8 anos atrás
    Várias respostas muitos boas e técnicas, mais o mais importante que o mar é lindo e é uma pena que o homem vem destruindo este maravilhoso planeta..Uma pena mesmo!!!!
    • 1
    • Comentário
  • Larissa_U2 respondido 8 anos atrás
    Porque existem muitos sais dissolvidos nela.Sais minerais,semelhantes aos que circulam no nosso corpo,como o sódio,o magnésio,e o cloro.Isso acontece devido à um processo chamado intemperismo.
    Funciona assim:a água da chuva quando chega ao solo já traz muitas substâncias adquiridas na sua passagem pela atmosfera,e essa água continua dssolvendo materiais.No final,a água que bebemos é a mesma que lavou a crosta terrestre,a chamada "água doce",que também contém sais dissolvidos,só que em quantidades muito baixas.
    No final de todo esse caminho, é justamente esta água, “não tão doce”, que chega até os oceanos, através dos rios, que, por sua vez, são formados pela água da chuva:a água dos oceanos evapora e cai em forma de chuva.
    Assim, os rios são formados e abastecem a população com água “doce”. Bilhões de anos foram necessários para que a quantidade de sal existente nos mares – chamada salinidade – chegasse ao seu nível atual. A quantidade de sais transportada pelos rios e que chega anualmente nos oceanos é apenas uma pequena parte do total já acumulado ali.Os sais ficam acumulados nos oceanos porque quando parte da água evapora os sais trazidos pelas águas dos rios ficam.
    • 1
    • Comentário
  • Boneka esperta... respondido 8 anos atrás
    A água dos oceanos é salgada porque contém sais dissolvidos (com concentrações entre cerca de 33 e 37 g por cada quilograma de água do mar) que têm várias origens:

    1. As rochas da crosta vão-se desgastando por erosão e há uma parte dissolvida desse material que é transportada para o oceano pelos rios

    2. As erupções vulcânicas libertam substâncias voláteis (tais como dióxido de carbono, cloro e sulfato) para a atmosfera, uma parte das quais acaba por ser transportada com a precipitação diretamente para o oceano ou indiretamente através dos rios.

    3. As erupções vulcânicas submarinas contribuem fortemente para os íons no oceano.

    4. Para além destas fontes naturais, há sais que provêm de poluentes gasosos, líquidos ou sólidos.

    Mas para além destas fontes de sais há também sumidouros que consomem parte dos sais dissolvidos: plantas e animais marinhos que usam sais (por exemplo, sílica, cálcio e fósforo) para construir os seus esqueletos ou conchas, sedimentos depositados no fundo do mar e que incorporam alguns sais (por exemplo, potássio e sódio), e ainda outros processos. Mas há um equilíbrio entre as fontes e os sumidouros pelo que a composição da água do mar é essencialmente constante.
    BJOOOOOOO
    **Boneka**
    • 1
    • Comentário
  • God 4.7 respondido 8 anos atrás
    Porque é rica em sais.

    Salinidade é a porcentagem de sais minerais que existem nas águas oceânicas. Por causa da presença dos sais, a água do mar é mais densa do que a água doce. Em geral a água dos oceanos e mares contém 36 gramas de sal por litro.
    a salinidade da água do mar é função do processo de evaporação da água, em regiões onde ocorra intensa e constante evaporação a água do mar será mais salgada. Podemos citar como exemplo as áreas tropicais onde os elevados índices de evaporação fazem com que haja uma maior concentração de sais minerais nessas águas. Assim, estes oceanos têm as maiores taxas de salinidade.

    Fonte(s):

    Vesentini, José William, 1950. Geografia Crítica / José William Vesentini e Vânia Vlach -- São Paulo: Editora Ática. 2002.
    • 1
    • Comentário
  • Cristiane S respondido 8 anos atrás
    As teorias científicas para explicar as origens do sal marinho começaram com Edmond Halley, em 1715, que propôs que os sais e outros minerais foram transportados para o mar pelos rios, tendo sugado da terra por queda da chuva, lavando as rochas. Ao alcançar os oceanos estes sais seriam retidos e concentrados pelo processo de evaporação (veja Ciclo hidrológico) que removem a água. Halley notou que do pequeno número de lagos no mundo que não têm saídas para o oceano (como o Mar Morto e o Mar Cáspio), a maioria têm alto teor de sais. Halley denominou este processo de "intemperismo continental".

    A teoria de Halley estava correta em parte. Em adição, o sódio foi sugado do fundo do oceano quando os oceanos se formaram. A presença dos outros elementos dominantes como cloreto, resultaram do escape de gases do interior da terra (na forma de ácido clorídrico), por vulcões e fontes hidrotermais. O sódio e o cloreto então se combinaram para formar o constituinte mais abundante da água do mar.

    A salinidade do oceano tem ficado estável por milhões de anos, provavelmente como uma conseqüência de um sistema tectônico/químico que recicla o sal. Desde o surgimento do oceano, o sódio não é mais trazido do fundo do oceano, mais é capturado de camadas sedimentares que cobrem o leito do oceano. Uma teoria diz que a tectônica de placas faz com que o sal seja forçado para baixo das massas continentais, onde é lentamente sugado de volta à superfície.

    Fonte(s):

    www.wikipedia.com
    • 1
    • Comentário
  • off respondido 8 anos atrás
    a culpa é dos rios: no fundo deles e nas pedras que ficam nas margens existe um monte de partículas de sais mineirais que são arrastadas até os mares.
    Além de salgado, o mar é um pouquinho amargo também: o cloreto de sódio corresponde a 77% dos sais contidos no mar, o que faz a água ficar salgada. Já os 11% de cloreto de magnésio faz com que o mar fique "amarguinho"!

    A água mais salgada do mundo é a do Mar Vermelho, que separa o continente africano do asiático. Lá sim, a água deve ter sabor de picolé de bacalhau, né?
    • 1
    • Comentário
  • Lia respondido 8 anos atrás
    muito boa pergunta,nunka tinha pensado nisso....
    entrei para ver a resposta,mas percebi que tem muita gente sem cultura,como a mocinha ali de cima(Isabela C) que falou que a pegunta é de trouxas....porque respondeu então????
    • 1
    • Comentário
  • fullbeca respondido 8 anos atrás
    A água do mar é salgada devido ao elevado teor (concentração) de sais, principalmente do "sal de cozinha", ou simplesmente sal, o cloreto de sódio (NaCl). Mas quase toda essa imensa quantidade de sal existente no mar provém de continentes e ilhas, do seu solo, sendo levada dissolvida pelos rios. Note-se que toda água, mesmo a chamada água doce, ou seja, a água de rios, fontes, poços e lagos, também possui sal, embora em proporções bem menores que as águas do mar, isto por duas razões, porque rochas e solo ("terra") contam com algum teor de sal, existindo mesmo "minas de sal"; e também porque o sal facilmente se dissolve na água.

    Por outro lado, devido à força da gravidade, as águas dos rios, acabam desembocando nos mares, lá depositando, pois, o sal dissolvido que continha.

    Mas a água que os rios levam aos mares, neles não permanece indefinidamente, bem ao contrário, de lá está sendo permanente retirada pela evaporação, causada, principalmente, pelo aquecimento das águas pela energia solar.

    No entanto, a evaporação retira apenas diminutas quantidades de sal, ou seja, permanece nos mares quase todo o sal que os rios neles depositam.

    A água evaporada, ou seja, o vapor d'água, que em elevadas alturas, forma as nuvens, as quais, como chuva ou neve, precipita sobre o solo, nele em parte se infiltrando, e voltando à superfície nas fontes, mas parte escoando sobre o solo, formando os rios que, como vimos, acabam desembocando no mar.

    Fecha-se assim um ciclo, o chamado "ciclo hidrológico", resumidamente ora exposto, que mantém em permanente movimento toda a água existente em nosso planeta.

    Dessa forma, na medida em que a natureza mais sal conduz aos mares (pelos rios) do que retira, pela evaporação, aumenta o teor de sal das águas dos mares, ou seja, torna-a salgada.

    A par do processo natural resumidamente exposto, não se pode esquecer que, em sentido contrário, o homem retira, também permanentemente, imensas quantidades de sal nas salineiras (grandes áreas em que confinam água do mar, que, uma vez evaporada, deixam o sal). Ocorre porém, que a quase totalidade desse sal (que é usado notadamente na alimentação humana e demais animais) acaba retornado aos mares, pelos rios.
    • 3
    • Comentário
  • Helton S respondido 8 anos atrás
    Nos primeiros tempos de formação da Terra, esta era constituída por uma massa em fusão. À medida que foi arrefecendo, os elementos mais densos . caram no centro e os menos densos migraram para a superfície, tendo alguns gases (oxigênio, hidrogênio, metano, vapor de água) escapado para formar uma atmosfera. Quando a Terra arrefeceu ainda mais, formou-se uma crosta sólida e o vapor de água condensou em grande parte, dando lugar aos oceanos. A água dos oceanos é salgada porque contém sais dissolvidos (com concentrações entre cerca de 33 e 37 g por cada quilograma de água do mar) que têm várias origens:1. As rochas da crosta vão-se desgastando por erosão e há uma parte dissolvida desse material que é transportada para o oceano pelos rios.2. As erupções vulcânicas libertam substâncias voláteis (tais como dióxido de carbono, cloro e sulfato) para a atmosfera, uma parte das quais é transportada por precipitação diretamente para o oceano ou indiretamente por meio dos rios. 3. As erupções vulcânicas submarinas contribuem fortemente para os íons no oceano.4. Além dessas fontes naturais, há sais que provêm de poluentes gasosos, líquidos ou sólidos.Em contrapartida a essas fontes de sais, há sumidouros que consomem parte dos sais dissolvidos: plantas e animais marinhos que usam sais (por exemplo, sílica, cálcio e fósforo) para construir os seus esqueletos ou conchas, sedimentos depositados no fundo do mar e que incorporam alguns sais (por exemplo, potássio e sódio), e ainda outros processos. O equilíbrio entre as fontes e os sumidouros fazem com que a composição da água do mar seja essencialmente constante. Obrigado , até mais . HS
    • 1
    • Comentário

Quem está seguindo esta pergunta?

    %
    MELHORES RESPOSTAS
    Membro desde:
    Pontos: Pontos: Nível
    Total de respostas:
    Pontos nesta semana:
    Seguir
     
    Deixar de seguir
     
    Bloquear
     
    Desbloquear