Anna B perguntou em Governo e PolíticaEleições · Há 1 década

Pq pra ser presidente não é necessario ter escolaridade e...?

...Pra ser lixeiro vc tem que ter o segundo grau completo?

E tem gente que ainda vota no Lula.

Atualizada:

E pra ser lixeiro tem que ter segunda grau completo?

e tem gente que ainda vota.....

14 Respostas

Classificação
  • Há 1 década
    Melhor resposta

    É engraçado né... e pra varrer rua tem que ter pelo menos o primeiro grau!!!

  • Há 1 década

    BOMBA!!!

    BOMBA! LIVRO DE RICARDO KOTSCHO PROMETE POR FIM AO GOVERNO DE LULA !!

    - DIVULGUE

    O autor foi companheiro próximo do LULA durante todo aquele

    período, deixando claro que tem conhecimento pessoal por

    ter presenciado e participado de muitas das ações e

    reuniões.

    Livro de ex-assessor de imprensa de Lula garante que o presidente

    participou junto com Dirceu das negociações do Mensalão

    Por Jorge Serrão (http://alertatotal.blogspot.com... )

    O presidente Lula da Silva não poderá mais alegar que nada sabia

    sobre o escândalo do mensalão. Ele participou das negociações do

    esquema. A revelação está no livro "Do Golpe ao Planalto",

    escrito por seu ex- assessor de imprensa e amigo pessoal, Ricardo

    Kotscho, que será lançado hoje em São Paulo, editado pela

    Companhia das Letras.

    Uma candidata ao Senado pelo estado de São Paulo pelo nanico PTC,

    Ana Prudente, que aparece com 2% nas pesquisas, promete usar o

    livro para lançar uma campanha de mobilização nacional pelo

    impeachment de Lula, em função do objetivo fato novo.

    Na obra, Kotscho coloca a marca do repórter acima da carteirinha

    do partido, ao narrar a negociação do PT com o PL, que ele

    presenciou em 2002, no apartamento do ex-deputado Paulo Rocha

    (PA), onde se plantou a semente do mensalão. A negociação juntou,

    de um lado, Lula e José Dirceu, e de outro, José Alencar e

    Valdemar Costa Neto, presidente do PL. Só três anos depois,

    Kotscho descobriu o móvel principal daquela feroz discussão: R$

    10 milhões.

    E o pior, é que ele assegura que Lula estava lá, debatendo a

    "fixação do preço".

    Ricardo Kotscho, que não é filiado ao Partido dos Trabalhadores,

    acrescentou um pósfácio em que faz duras críticas à corrupção no

    governo. O jornalista conclui que a corrupção é um "ingrediente

    trágico em nosso destino". No livro, cujo objetivo é narrar sua

    trajetória profissional, Kotscho garante que nos seus dois anos

    de governo não teve nenhum sinal ou evidência de corrupção. Ele

    narra

    que, ao visitar um jornal, em janeiro de 2004, como assessor de

    imprensa do presidente, recebeu uma saraivada de críticas ao

    listar as realizações do governo Lula.

    Naquele instante, Kotscho desafiou: "Vocês podem falar o que

    quiserem, mas pelo menos são obrigados a reconhecer que neste

    governo não tem corrupção".

    O assessor só deu azar porque, um mês depois, explodiu o caso

    Waldomiro Diniz, que foi o estopim de todas as crises que

    atingiram o governo, com o mensalão, a queda de José Dirceu, o

    estouro da máfia dos sanguessugas, e, agora, a ainda não

    explorada Operação Mão de Obra, desbaratada pela Polícia Federal,

    que denuncia a manipulação de licitações, com um esquema que

    movimenta mais de meio bilhão de reais com a limpeza terceirizada

    dos órgãos da União.

    Tanta sujeira, junto com a revelação contida no livro, levam a

    candidata a senadora pelo pequeno Partido Trabalhista Cristão

    paulista a relançar uma campanha pelo impedimento de Lula, mesmo

    próximo do período eleitoral. A candidata Ana Prudente considera

    que a declaração contida no livro de Ricardo Kotscho é o

    ingrediente final para comprovar que Lula não só sabia desde o

    começo, mas teve participação ativa na negociação com o PL no

    processo de cooptação de uma base aliada para o seu governo. Por

    isso, pretende liderar uma campanha nacional pelo impeachment de

    Lula.

    Lançamento imperdível

    O lançamento do livro "Do golpe ao Planalto - Uma vida de

    repórter" (Companhia das Letras), de Ricardo Kotscho, será hoje,

    a partir das 19h 30min, no Avenida Club, um bar que tem livraria,

    na Avenida Pedroso de Moraes, 1036 - Pinheiros/São Paulo).

    Independentemente da polêmica que o livro venha a lançar,

    irritando os petistas na véspera da eleição, a obra de Kotscho

    sempre tem muito a ensinar, sobretudo aos jornalistas.

    Ricardo Kotscho é um dos maiores repórteres brasileiros, com

    passagens marcantes pelos jornais Estado de São Paulo, Jornal do

    Brasil, Folha de São Paulo e Istoé.

    Teve sua dura experiência de jornalista "chapa branca" no governo

    de seu amigo Luiz Inácio Lula da Silva - com quem se dá desde os

    tempos das greves operárias do ABC.

    No livro, Kotscho revelou que, no passado, teve pressentimentos

    sobre Lula no poder: O principal era que o presidente, a vida

    toda habituado a aplausos e elogios, não

    estivessepsicologicamente preparado para enfrentar uma onda

    daquele tamanho".

    DIVULGUEM PARA QUE O POVO CONHEÇA MELHOR O HOMEM QUE QUER SE REELEGER

    E ENQUANTO ISSO O BRASIL SE DESMORALIZA E SE ACABA.

  • Anônimo
    Há 1 década

    CONTRA ALCKMIN !!!!

    Não deixe que esses canalhas te façam lavagem cerebral. Esses golpistas desgraçados já foram desmascarados. Eles estão despertando o ódio da população. Veja o vídeo do Serra junto com os sanguessugas, entregando ambulâncias:

    http://www.youtube.com/watch?v=00rlqulgc

    Youtube thumbnail

    ...

    Agora veja a nomeclatura do golpe:

    O 1º GOLPE DE ESTADO JÁ HOUVE. E O 2º?

    Paulo Henrique Amorim

    Um golpe de Estado levou a eleição para o segundo turno.

    É o que demonstra de forma irrefutável a reportagem de capa da revista Carta Capital que está nas bancas (“A trama que levou ao segundo turno”), de Raimundo Rodrigues Pereira. E merecia um sub-titulo: “A radiografia da imprensa brasileira”.

    Fica ali demonstrado:

    1) As equipes de campanha de Alckmin e de Serra (da empresa GW) chegaram ao prédio da Polícia Federal, em São Paulo, antes dos presos Valdebran Padilha e Gedimar Passos;

    2) O delegado Edmilson Bruno tirou fotos do dinheiro de forma ilegal e a distribuiu a jornalistas da Folha de S. Paulo, Estado de S. Paulo, do jornal O Globo e da rádio Jovem Pan;

    3) O delegado Bruno contou com a cumplicidade dos jornalistas para fazer de conta que as fotos tinham sido roubadas dele;

    4) O delegado Bruno procurou um repórter do Jornal Nacional para entregar as fotos: “Tem de sair à noite na tevê., Tem de sair no Jornal Nacional”;

    5) Toda a conversa do delegado com os jornalistas foi gravada;

    6) No dia 29, dois dias antes da eleição, dia em que caiu o avião da Gol e morreram 154 pessoas, o Jornal Nacional omitiu a informação e se dedicou à cobertura da foto do dinheiro;

    7) Ali Kamel, “uma espécie de guardião da doutrina da fé” da Globo, segundo a reportagem, recebeu a fita de audio e disse: “Não nos interessa ter essa fita. Para todos os efeitos não a temos”, diz Kamel, segundo a reportagem

    8) A Globo omitiu a informação sobre a origem da questão: 70% das 891 ambulancias comercializadas pelos Vedoin foram compradas por José Serra e seu homem de confiança, e sucessor no Ministério da Saúde, Barjas Negri.

    9) A Globo jamais exibiu a foto ou o vídeo (clique aqui) em que aparece Jose Serra, em Cuiabá, numa cerimônia de entrega das ambulâncias com a fina flor dos sanguessugas;

    10) A imprensa omitiu a informação de que o procurador da República Mario Lucio Avelar é o mesmo do “caso Lunus”, que detonou a candidatura Roseana Sarney em 2002, para beneficiar José Serra. ( A Justiça, depois, absolveu Roseana de qualquer crime eleitoral. Mas a campanha já tinha morrido.)

    11) Que o procurador é o mesmo que mandou prender um diretor do Ibama que depois foi solto e ele, o procurador, admitiu que não deveria ter mandado prender;

    12) Que o procurador Avelar mandou prender os suspeitos do caso do dossiê em plena vigência da lei eleitoral, que só deixa prender em flagrante de delito.

    13) Que o Procurador Avelar declarou: “Veja bem, estamos falando de um partido político (o PT) que tem o comando do país. Não tem mais nada. Só o País. Pode sair de onde o dinheiro ?”

    14) A reportagem de Raimundo Rodrigues Pereira conclui: “Os petistas já foram presos, agora trata-se de achar os crimes que possam ter cometido.”

    Na mesma edição da revista Carta Capital, ao analisar uma pesquisa da Vox Populi, que Lula tem 55%, contra 45% de Alckmin, Mauricio Dias diz: “ ... dois fatos tiraram Lula do curso da vitória (no primeiro turno). O escândalo provocado por petistas envolvidos na compra do dossiê da familia Vedoin ... e secundariamente o debate promovido pela TV Globo ao qual o presidente não compareceu.”

    Quer dizer: o golpe funcionou.

    Mino Carta, o diretor de redação da Carta Capital, diz em seu blog, aqui no IG (http://blogdomino.blig.ig.com.br/),...... que houve uma reedição do golpe de 89, dado com a mão de gato da Globo, para beneficiar Collor contra Lula. “A trama atual tem sabor igual, é mais sutíl, porém. Mais velhaca,” diz Mino.

    Permito-me acrescentar outro exemplo.

    Em 1982, no Rio, quase tomaram a eleição para Governador de Leonel Brizola. Os militares, o SNI, e a Policia Federal (como o delegado Bruno, agora, em 2006) escolheram uma empresa de computador para tirar votos de Brizola e dar ao candidato dos militares, Wellington Moreira Franco. O golpe era quase perfeito, porque contava também com a cumplicidade de parte de Justiça Eleitoral e, com quem mais? Quem mais?

    O golpe contava com as Organizações Globo (tevê, rádio e jornal, como agora) que coonestaram o resultado fraudulento e preparam a opinião pública para a fraude gigantesca.

    Que só não aconteceu, porque Brizola “ganhou a eleição duas vezes: na lei e na marra”, como, modestamente, escrevi no livro “Plim-Plim – a peleja de Brizola contra a fraude eleitoral”, editora Conrad, em companhia da jornalista Maria Helena Passos.

    Está tudo pronto para o segundo golpe.

    O Procurador Avelar está lá.

    Quantos outros delegados Bruno há na Policia Federal (de São Paulo, de São Paulo !).

    A urna eletrônica no Brasil é um convite à fraude. Depende da vontade do programador. Não tem a contra-prova física do voto do eleitor. Brizola aprendeu a amarga lição de 82 e passou resto da vida a se perguntar: “Cadê o papelzinho ?”, que permite a recontagem do voto ?

    E se for tudo parar na Justiça Eleitoral? O presidente do TSE, ministro Marco Aurélio Mello já deixou luminosamente claro, nas centenas de entrevistas semanais que concede a quem bater à sua porta, que é favor da candidatura Alckmin. E o segundo golpe? Está a caminho. As peruas da GW já saíram da garagem.

    Leia também:

    Delegado Bruno: "cadê o repórter do JN?"

    PF acha que conclui processo contra Bruno em 90 dias

    Delegado da PF: "o objetivo é ... o Lula"

    Fotos: Por que a PF tem certeza que foi o delegado

    Woile contesta informação do Conversa Afiada

    OS FATOS OCULTOS

    A mídia, em especial a Globo, omitiu informações cruciais na divulgação do dossiê e contribuiu para levar a disputa ao 2º turno

    Por Raimundo Rodrigues Pereira

    1.Pode-se começar a contar a história do famoso dossiê que os petistas teriam tentado comprar para incriminar os candidatos do PSDB José Serra e Geraldo Alckmin pela sexta-feira 15 de setembro, diante do prédio da Polícia Federal, em São Paulo. É uma construção pesada, com cerca de dez pavimentos, de cor cinza-escuro e como que decorada com uma espécie de coluna falsa, um revestimento de ladrilho azul brilhante, que vai do pé ao alto do edifício, à direita da grande porta de entrada. Dentro do prédio estão presos Valdebran Padilha e Gedimar Passos, ligados ao Partido dos Trabalhadores e com os quais foi encontrado cerca de 1,7 milhão de reais, em notas de real e dólar, para comprar o tal dossiê. Mas essa notícia é ainda praticamente desconhecida do grande público.

    Preocupação.

    “Tem de sair no Jornal Nacional”, exigiu o delegado Bruno ao entregar as fotos do dinheiro

    É por volta das 5 da tarde. A essa altura, mais ou menos à frente do prédio, que fica na rua Hugo Dantola, perto da Ponte do Piqueri, na Marginal do rio Tietê, na altura da Lapa de Baixo, estaciona uma perua da Rede Globo. Ela pára entre duas outras equipes de tevê: uma da propaganda eleitoral de Geraldo Alckmin e outra da de José Serra.

    Com o tempo vão chegando jornalistas de outras empresas: da CBN, da Folha, da TV Bandeirantes. E a presença das equipes de Serra e Alckmin provoca comentários. Que a Rede Globo fosse a primeira a chegar, tudo bem: ela tem uma enorme estrutura com esse objetivo. Mas como o pessoal do marketing político chegou antes? Cada uma das duas equipes tem meia dúzia de pessoas. A de Serra é chefiada por um homem e a de Alckmin, por uma mulher. As duas pertencem à GW, produtora de marketing político. Seus donos foram jornalistas: o G é de Luiz Gonzales, ex-TV Globo, e o W vem de Woile Guimarães, secretário de redação da famosa revista Realidade, do fim dos anos 1960. Entre os jornalistas, logo se sabe que foi Gonzales quem ligou para a Globo, avisando do que se passava na PF.

    E quem avisou Gonzales? Foi alguém da Polícia Federal? Foi alguém do Ministério Público, de Cuiabá, de onde veio o pedido para a ação da PF? Uma fonte no Ministério da Justiça disse a CartaCapital que as equipes da GW chegaram à PF antes dos presos, que foram detidos no Hotel Ibis Congonhas por volta da 6 da manhã do dia 15 e demoraram a chegar à sede da polícia. Gente da equipe da GW diz que a empresa soube da história através de Cláudio Humberto, o ex-secretário de imprensa do ex-presidente Collor, que tem uma coluna de fofocas e escândalos na internet e que teria sido o primeiro a anunciar a prisão dos petistas.

    Pode ser que sim, o que apenas leva à pergunta mais para a frente: quem avisou Cláudio Humberto? Mesmo sem ter a resposta, continuemos a pesquisar nessa mesma direção: a de procurar saber a quem interessava a divulgação da história do dossiê e como essa divulgação foi feita. Para isso, voltemos à região do prédio da PF duas semanas depois.

    *Confira a íntegra da reportagem na edição impressa da Carta Capital.

    http://www.cartacapital.com.br/index.php...

    http://conversa-afiada.ig.com.br/materia...

    O DOSSIE FOI DESQUALIFICADO PELOS AMIGOS E ALIADOS DO PSDB PRA IMPEDIR QUE O POVO SAIBA DA VERDADE..

    POIS SE É TUDO CASCATA AQUILO LÁ... ENTÃO PORQUE OS CARAS NÃO DEIXAM O POVO SABER O CONTEUDO ???

    DO QUE ELES TEM MEDO ????

    SE É DOSSIÊ FAJUTO, E NADA É VERDADEIRO, PORQUE NÃO MOSTRAM AO POVO ???

    FICOU CLARO QUE ELES QUEREM ABAFAR TUDO PRA NÃO PREJUDICAR A CANDIDATURA DO ALCKMIN !!!

    E TEM MUITO TUCANO ANALFABETO TORCENDO PRO ALCKMINTIRA VENCER.... MAS COMO TEM !!!

    OS PE-ESSE-DE-BISTAS SE JULGAM MUITO BEM INFORMADOS, MAS NA VERDADE NÃO SABEM MEDATE DO QUE O ALCKMIN E SEU PARTIDO FIZERAM....

    ELES CONTAM COM A AJUDA DA GLOBO E DA VEJA !!!

    E CONTAM COM A OMISSÃO DAS OUTRAS EMISSORAS....

    .

    SE A GLOBO É A FAVOR DA MORAL E DA TRANSPARENCIA.. PORQUE ELA NÃO FEZ O MESMO QUE FEZ O PT ATUALMENTE AS MESMAS COISAS COM O PFL E O PSDB ???

    PORQUE ELA NÃO INVESTIGAVA O GOVERNO FHC, E O GOVERNO DO COVAS E DO ALCKMIN EM SP??

    A GLOBO VIRA NO AVESSO A VIDA DE QUEM ELA QUER DERRUBAR...

    LEMBRAM DO EURICO MIRANDA??? O PRESIDENTE DO VASCO???

    ELE CRITICOU A GLOBO E EM RETALIAÇÃO A GLOBO INVESTIGOU A VIDA DELE INTEIRA E PASSOU NA TV !!!!

    SÓ PRA FERRAR O CARA...

    TUDO BEM QUE ELE NÃO PRESTAVA.... MAS SE ELE ERA ASSIM DESDE SEMPRE, PORQUE MÃO FEZ ISSO ANTES???

    ENTENDE ONDE QUERO CHEGAR ???

    É ISSO MESMO!!!

    O PSDB É PARCEIRO DA GLOBO E VICE VERSA !!!

    SE A GLOBO INVESTIGA A VIDA DE PESSOAS CORRUTAS COMO O SENHOR EURICO MIRANDA... PORQUE ELA NÃO INVESTIGA A PODRIDÃO DO ACM, DO ACM NETO, DO JADER BARBALHO, ENTRE OUTROS????

    E OS DESVIOS DE VERBA DO FLEURY NO GOVERNO DO ESTADO DE SP???

    E OS DESVIOS DA ÉPOCA DO QUÉRCIA???

    PORQUE A GLOBO SÓ EXPLORA E PÕE NA MIDIA O PT??

    PORQUE SERÁ???

    NÃO SOU DEFENSOR DO PT... MAS PORQUE ESSE GOSTO ESPECIAL PELO PT ???

    PORQUE A GLOBO NÃO FAZIA ISSO COM O PSDB DO FHC E DO COVAS E ALCKMINTIRA???

    PORQUE???

    SIMPLES: ELES NÃO QUEREM QUE AS VERDADES SEJAM CONHECIDAS PELO POVO... ASSIM... AGORA ELES VEEM A PUBLICO COMO PESSOAS DE MORAL, COMO HOMENS SERIOS, CORRETOS, QUE VÃO PASSAR O PAIS A LIMPO...

    AAAAAAAAAA........

    VÁ ENGANAR OS TROUXAS QUE GOSTAM DE TUCANO !!!!

    A MIM NÃO ENGANAM NÃO !!!

    E A LAVAGEM CEREBRAL DA GLOBO FUNCIONA BEM MESMO !!!

    OLHA SÓ A QUANTIDADE DE TUCANOS QUE TEM NO SUL E SUDESTE !!!!

    AFFF....

    TOMA DEUS QUE OS ELEITORES A HELOISA E DO CRISTOVAM APOIEM O LULA.... E QUE AS IGREJAS APOIEM O LULA COMO SEMPRE FIZERAM...

    É POR ISSO QUE A JUSTIÇA PROIBIU AS IGREJAS DE PREGARAM POLITICA...

    É QUE A MAIORIA DAS IGREJAS SÃO A FAVOR DO LULA....

    E A CONSPIRAÇÃO DO PFL E DO PSDB JUNTO DA GLOBO E OS PODRES DO JUDICIARIO PARTIRAM PRA CENSURA !!!

    CAMBADA DE FDP !!!

    OS QUE ACRDITAM NA COMPETENCIA DO E PUREZA MORAL DO PSDB SÃO ASSIM PORQUE ELES SE ACHAM CONHECEDORES DA VERDADE.

    ELES IMAGINAM NA CABECINHA INGENUA DELES, QUE OS TUCANOS SEJAM MUITO BEM PREPARADOS.... E ESTES ELEITORES SE ACHAM MUITO INFORMADOS PELAS NOTICIAS FEITAS POR REPORTERES COMPRADOS DA REVISTA VEJA E DE TODAS AS MATERRIAS EXIBIDAS NA GLOBO.

    ELES VÃO PELA ONDA MÍDIA!!!

    NO TEMPO DO FCH ELES FAZIM AS COISAS MUITO PIORES E A GLOBO E A VEJA NADA REVELAVAM...

    PORQUE SERÁ???

    E ESTE PESSOAL QUE DEFENDE O PSDB VAI PELA ONDA DA TV E DO JORNALISMO OPORTUNISTA.

    O GOVERNO LULA FOI DIFAMADO PORQUE A OPOSIÇÃO ARMOU O PALCO PARA QUE FOSSE DESSE JEITO E DETONASSEM A IMAGEM DO PT, E ESSE PESSOALZINHO AÍ QUE DEFENDE O PSDB VÃO PELO IMPULSO DAS NOTICIAS DO MOMENTO, MAS SE ESQUECEM E/OU NUNCA FICARAM SABENDO DAS FALCATRUAS DO TEMPO DO FCH E DAS MELECAS QUE O ALCKMIN FEZ A FRENTE DO ESTADO DE SÃO PAULO, COMO O DESVIO DE MILHOES DA NOSSA CAIXA, PRIVATIZAÇÕES OBSCURAS DE USINAS NO INTERIOR DO ESTADO, PROGRESSÃO CONTINUADA FAZENDO ALUNOS BURROS, PROVATIZOU A COMGÁS, A CEAGESP, E UM MONTE DE EMPRESAS ESTATAIS.

    NO GOVERNO COVAS, ONDE ALCKMIN ERA VICE, ELE JUNTO DO COVAS PRIVATIZARAM O BANESPA, SEM FALAR DAS 67 CPI’s QUE O PSDB ABAFOU PRA NÃO MANCHAR A IMAGEM DE “BOM MOCINHO” E “SENHOR COMPENTENCIA” E CARA DE “HONESTIDADE” DO ALCKMIN !!!

    K K K K K K K K K K . . . .

    POR ISSO EU AFIRMO:

    QUEM DEFENDE O PSDB É BURRO !!!!

    É INIMIGO DA NAÇÃO.

    ELE VAI VENDER A PETROBRAS E NOSSO PETRÓLEO VAI SER PROPRIEDADE DO EUA, E DAS CORPORAÇÕES INTERNCAIONAIS... SÓ PORQUE O BRASIL SE TORNOU AUTOSUFICIENTE EM PRETROLEO !!!!

    A PETROBRÁS TRÁS MUITA RENDA PARA O PAIS... AGORA ESTA FONTE DE RENDA VAI SER DADA AOS ESTRANGEIROS!!!!

    ISSO É LOUCURA!!!

    LOGO AGORA QUE O PAIS ESTÁ SE DESENVOLVENDO ESTE LOUCO MALDITO E FDP TUCANO VAI QUERER MELAR TUDO???

    E A CAIXA ECONOMICA???

    ELA FINANCIA CASA PROPRIA E MATERIAL DE CONSTRUÇÃO PARA OS POBRES... SE FOR PRIVATIZADA, ACABOU !!!

    O MESMO COM O BANCO DO BRASIL, CORREIOS, E MUITO MAIS !!!!

    A VALE DO RIO DOE JÁ ERA!!!

    ONDE FOI PARAR OS BILHOES OU MILHOES DA VENDA DELA???

    E AGORA, DEPOIS DE VENDIDA, PRA ONDE VAI A GRANA TODA DO LUCRO DESTA EMPRESA???

    FICA AQUI NO BRASIL???

    NNNNÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOO...

    POR ISSO QUE EU SOU CONTRA TODAS AS PRIVATIZAÇÕES !!!!

    O GOVERNO NEO LIBERALISTA DO PSDB SÓ DETONA O PAIS, ENFRAQUECE A NOSSA SOBERANIA E NOS DEIXA REFÉNS DOS INTERESSES E JOGUETES ESTRANGEIROS !!!

    SE UMA EMPRESA AMERICANA COMPRAR A PETROBRAS... QUE É O MAIS PLAUSIVEL, ELES VAÕ FAZER O QUE QUISEREM COM A NOSSA GASOLINA, VÃO LEVAR O PETROLEO PARA O EUA E O BRASIL TERÁ DE IMPORTAR PETROLEO SENDO QUE AQUI JÁ TEMOS O SUFICIENTE PARA NÓS !!!

    E AÍ???

    FORA A TRAMA DOS EUA EM QUERER CAUSAR UMA CRISE ENERGETICA NO BRASIL.. PRA ELES SERÁ SIPER FÁCIL... BASTARÁ APENAS MANDAR OS DONOS DA COMPANHIA AUMENTAR O PREÇO E NÃO FORNECER COMBUSTIVEL AO POVO QUE A CRISE VOLTA DE NOVO, DAÍ VEM A INFLAÇÃO, SOBEM O GÁS E COZINHA, AUMENTAM AS PASSAGENS DE ONIBUS, E POR TABELA TODAS AS COISAS AUMENTAM DE PREÇO.... E POR AÍ VAI !!!

    O PSDB É UM BRAÇO DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA INTERNACIONAL DOS PODEROSOS DO MUNDO INTEIRO.

    ELES DOMINAM EM VÁRIOS PAISES...

    E ONDE ELES NÃO CONSEGUEM ENTRAR, ELES FAZEM EMBARGOS COMERCIAIS.... É O CASO DE CUBA POR EXEMPLO !!!

    É UMA MOSTRUOSA REDE DE CONPIRAÇÃO INTERNACIONAL QUE DESVIA A VERBA DOS PAISES POBRES E EM DESEMVOLVIMENTO PARA ALIMENTAR OS PAISES RICOS!!!

    JÁ REPAROU QUE O BRASIL TEM MUITO IMPOSTO???

    PRA ONDE VAI ESTA GRANA???

    OS EMPRESÁRIOS AMERICANOS QUE SÃO DA MAÇONARIA ESTÃO POR TRAS DOS MOVIMENTOS DO PSDB E PFL... E ESTES DOIS PARTIDOS ALÉM DOS FUNCIONÁRIOS DO JUDICIÁRIO E DO LEGISLATICO E EXECUTIVO CONCURSADOS OU DE CARGO DE CONFIANÇA TRABALHAM EM CONJUNTO COM OS ELEITOS NAS URNAS E JUNTO DOS PODEROSOS EMPRESÁRIOS PARA DITAR AS REGRAS DA ECONOMIA, OS RUMOS DO PAIS, E A MASSA É CONDUZIDA COMO GADO E NÃO SABE O PORQUE DOS ACONECIMENTOS MUNDIAIS E MUITO MENOS QUEM DITA AS REGRAS...

    A GRANA DO PAIS É DESVIADA COM AS PRIVATIZAÇÕES E OS PODERES EXTERNOS PASSAM A MANIPULAR A SITUAÇÃO INTERNA NO PAIS A BEL PRAZER..

    E TODOS OS LUCROS DESTAS EMPRESAS VÃO PARA O EXTERIOR !!!

    A TRAMA É PRIVATIAR TUDO PARA DEIXAR A NAÇÃO NAS MÃOS DAS EMPRESAS AMERICANAS E EUROPEIAS PARA QUE ELES DOMINEM O MUNDO TUDO SÓ PRA ELES !!!

    POR ISSO TEMOS DE IMPEDIR QUE O BRASIL SEJA VÍTIMA DE CRIMOSOS ENGRAVATADOS QUE SE DISFARÇAM DE HOMENS SÉRIOS, E DECENTES...

    COMO ESTE ALCKMIN !!!!

    ELE É UM SAFADO.

    TAMBÉM O FHC, O SERRA E TODO OS MEMBROS DO PSDB E DO PFL !!!

    QUEM VOTA 45 JÁ DECLAROU SUA BURRICE E SUA IGNORANCIA, SUA FALTA DE VISÃO, SUA IDIOTICE, E SUA FALTA DE INFORMAÇÃO !!!

    OS TORCEDORES DAS AVES BICUDAS SÃO METIDOS PORQUE SE ACHAM DONOS DA VERDADE MORAL, ACHAM QUE ELES SÃO MAIS INTELIGENTES, MAIS BEM INFORMADOS E QUE SABEM DE TUDO SOBRE O PT.

    O PT NÃO É LÁ ESTAS COISAS. CO CERTEZA É UM PARTIDO COMO OUTRO QUALQUER... COM GENTE RUIM LÁ DENTRO... PORÉM, EXAGERARAM NA DOSE DAS CRITICAS... E FIZERAM DO PT UM SACO DE PANCADA E PÁRA-RAIOS DE TODAS AS DIFICULDADES E MAZELAS DO PAIS !!!!

    MAS OS BURROS DA NAÇÃO QUE APOIAM O PSDB, PERDEM DE VISTA TUDO O QUE O PSDB FEZ DE ERRADO, FERRANDO O BRASIL E ELES APLAUDEM ESTES CANALHAS DE PÉ...

    AFFFFFFFFFF......

    O PT PERTO DO QUE FAZ O PSDB E O PFL, É UM CRIANÇA !

    O PT, COMPARADO COM OS DOIS ACIMA É UM AMADOR !

    FOI POR ISSO QUE FORAM PEGOS NESTAS ARMADINHAS DA OPOSIÇÃO !!

    O PSDB E O PFL COM O APOIO DA GLOGO E DA REVISTA VEJA FIZERAM DE TUDO PRA ESCULHAMBAR COM O PT E COM O LULA...

    E PLANTARAM TODO TIPO DE NOTICIA E FIZERAM O QUE FIZERAM PRA MANCHAR O PT DE TODAS AS FORMAS POSSIVEIS E IMAGINAVEIS, PARA QUE ELES PUDESSSEM AGORA APARECER COMO SALVADORES DA PATRIA E ASSUMIREM O PODER E ASSIM PRIVATIZAR TUDO E SUMIR COM MUITO MAIS DINHEIRO QUE O PT !!!

    E AGORA O POVO BURRO APLAUDE ESTES LADROES FDP DE PÉ !!!

    ISSO QUE DÁ RAIVA !!!!

    OS TUCANISTAS SE ACHAM MAIS IBNTELIGENTES E MAIS INFORMADOS... MAS NA VERDADE NÃO SÃO NADA DISSO !!!

    TÁ VENDO COMO É???

    É TUDO AO CONTRÁRIO..

    SÃO TODOS METIDOS E CONVENCIDOS MAS NA VERDADE SÃO OS CIDADÃOS MAIS BURROS E IGNORANTES QUE EXISTEM....

    E POR CAUSA DESTES BURROS E IGNORANTES QUE FICAM POR AÍ PREGANDO MORAL E ANTI LULISMO.... E QUE SE ACHAM OS DONOS DA VERDADE, É POR CULPA DESTES QUE O PAIS SOFRERÁ AS CONSEQUENCIAS DESTA FALTA DE VISÃO DESTES INTELECTUAIS DE MER.DA...

    REZEM PRA DEUS FAZER MAIS PESSOAS VOTAREM NO LULA !!!

    POIS SE É RUIM COM ELE, SERÁ MUITO PIOR SEM ELE... MAS MUITO PIOR MEEEEEEEESSSMO SEM ELE !!!!

    SE O PSDB ASSUMIR O PODER SEREMOS FEITOS REFÉNS DO CAPITAL INTERNACIONAL !!!

    ISSO NÃO PODE ACONTECER!!!!!

    AS MANOBRAS DOS EUA USANDO O CHAVES PRA CONVERCER IVO MORALES A TOMAR A PETROBRAS DA BOLIVIA FOI UM JOGO SUJO DA ORGANIZAÇÃO SECRETA QUE EU FALEI... É PRA FAZER OS BRASILEIROS SENTIREM ODIO DO LULA, XINGANDO ELE DE FRACO, INCOMPETENTE, ETC... PRA PERDER POPULARIDADE...

    O PT IMPEDIU A ORGANIZAÇÃOS SECRETA DE CONTINUAR A TRAMA DE DESVIAR A GRANA DO PAIS PARA OS EUA...

    E OS CARAS DO PFL E DO PSDB QUE PERTENCEM A ESTA MÁFIA E ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL ...EM OBEDIENCIA A SEUS SUPERIORES AMERICANOS E ALEMÃES QUE FAZEM A PARTE DELES AQUI, PASSARAM A DIFAMAR E DERRUBAR INTERNAMENTE O LULA E TIRAR O PRESIDENTE DO POVO DO PODER, PARA QUE UM CARA DA ELITE E QUE GOVERNA PARA OS INTERESSES ESTRANGEIROS ASSUMA A PRESIDENCIA!!!

    ESSAS INFORMAÇÕES NUNCA VAZAM E NUNCA CHEGAM AO POVO, PORQUE SERÁ?????

    O POVO É MUITO MAL INFORMADO DOS BASTIDORES DA POLITICA E DOS BASTIDORES DAS ORGANIZAÇÕES ECRETAS INTERNACIONAIS, PORQUE A MIDIA FICA UM SILENCIO...

    A MIDIA SÓ MOSTRA O QUE ESTS CARAS QUEREM !!!

    O POVO ACHA QUE A UNICAS COISAS QUE SÃO VERDADEIRAS SÃO AS COISAS QUE APARECEM NA TV OU NO JORNAL OU QUE APARECEM NA INTERNET OU RESISTAS...

    SENDO QUE ESTAS NOTICIAS, ANTES DE SEREM VIUCULADAS ERAM APENAS INFORMAÇÕES DITAS POR ALGUE´M... DEPOIS FORAM ESCRITAS.

    O POVO É IDIOTA MESMO !!!

    E POR FALAR EM IDIOTA, LEIA ABAIXO AS “MARAVILHAS” QUE O ALCKMINTIRA , OU PINOCKIN FEZ NO GOVERNO DE SÃO PAULO !!!

    DÊEM UMA OLHADA !!!!

    1- Em 1995, quando o PSDB assumiu o governo do Estado de São Paulo, a participação paulista no PIB era de 37%. Em 2004, ela era apenas de 32,6% - ou seja, o Estado perdeu 12% de participação na riqueza nacional no tucanato. Isto significa menor crescimento econômico e menos geração de

    renda e empregos;

    2- Segundo o Dieese, o declínio econômico explica a taxa de desemprego de 17,5% em 2004, que cresceu 33,6% ao longo do governo tucano. Ela é superior à média nacional - cerca de 10%. Para agravar o drama dos desempregos, Alckmin ainda reduziu em R$ 9 milhões o orçamento das frentes de trabalho;

    3- Antes de virar governador, Alckmin conduziu todo processo de privatização das estatais, que arrecadou R$ 32,9 bilhões entre 1995-2000. Apesar da vultuosa soma arrecadada, o Balanço Geral do Estado mostra que a dívida paulista consolidada cresceu de R$ 34 bilhões, em 1994, para R$

    138 bilhões, em 2004;

    4- No exercício financeiro de 2003, as contas do Estado atingiram um

    déficit (receita menos despesa) de mais de R$ 572 milhões. E Alckmin ainda se gaba de ser um "gerente competente";

    5- São Paulo perdeu R$ 5 bilhões na venda do Banespa, considerando o total da dívida do banco estatal com a União paga às pressas por Alckmin para viabilizar sua venda ao grupo espanhol Santander;

    6- De 1998 a 2004, o orçamento estadual apresentou estimativas falsas de "excesso de arrecadação" no valor de R$ 20 bilhões. Boa parte deste dinheiro foi desviada para campanhas publicitárias;

    7- Alckmin isentou os ricos de impostos. De 1998 a 2004, a arrecadação

    junto aos devedores de tributos caiu 52%, representando uma perda de quase R$ 1 bilhão que poderiam ser investidos nas áreas sociais;

    8- Os investimentos também declinaram no desgoverno Alckmin. Sua participação percentual nos gastos totais caiu para 3,75%, em 2004 - bem inferior o montante de 1998, de 5,3% dos gastos;

    9- Alckmin arrochou os salários dos servidores públicos. O gasto com ativos e inativos caiu de 42,51% das despesas totais do Estado, em 1998, para 40,95%, em 2004, resultado da política de arrocho e redução das contratações via concurso público. Já os cargos nomeados foram ampliados na gestão tucana;

    10- Alckmin não cumpriu a promessa do desenvolvimento regional do Estado. Das 40 agências previstas em 2003, nenhuma foi criada. Os R$ 5,8 bilhões orçados para o desenvolvimento não foram aplicados;

    11- Alckmin cortou os gastos nas áreas sociais. Apesar do excesso de arrecadação de R$ 12 bilhões, entre 2001-2004, o governo deixou de gastar os recursos previstos. No ano de 2004, a área de desenvolvimento social perdeu R$ 123 milhões;

    12- Alckmin concedeu regime tributário especial às empresas, o que explica a fragilidade fiscalizatória na Daslu, que teve a sua proprietária presa por crimes de sonegação fiscal e evasão de divisas. Vale lembrar que Alckmin esteve presente na abertura desta loja de luxo; ele até cortou a sua fita inaugural;

    13- No desgoverno Alckmin, houve redução de 50% no orçamento do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que existe há 106 anos e é responsável por estudos sobre desenvolvimento econômico, geração de renda e fortalecimento da indústria paulista. Em julho passado, o IPT demitiu 10%

    dos seus funcionários;

    14- Alckmin extinguiu o cursinho pré-vestibular gratuito

    (Pró-Universitário), deixando de investir R$ 3 milhões, o que impediu a matrícula de 5 mil alunos interessados na formação superior;

    15- Alckmin vetou a dotação orçamentária de R$ 470 milhões para a educação. A "canetada" anulou a votação dos deputados estaduais. O ex-governador mentiu ao afirmar que investia 33% do orçamento em educação, quando só aplicava o mínimo determinado pela Constituição Estadual – 30%;

    16- O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais avaliou que a qualidade do ensino paulista é o pior do Brasil. Segundo esta fonte oficial, a porcentagem de alunos que se encontram nos estágios crítico e muito crítico representava 41,8% do total de alunos - 86,6% pior do que a média nacional;

    17- O programa de transferência de renda de Alckmin atendia 60 mil pessoas com um benefício médio de R$ 60. Durante a gestão da prefeita Marta Suplicy, o mesmo programa atendia 176 mil famílias com um complemento de renda de R$ 120;

    18- Após 12 anos de reinado tucano, as escolas continuaram sem a distribuição gratuita de uniformes, material escolar e transporte, ao contrário da experiência na administração da prefeita Marta Suplicy;

    19- Geraldo Alckmin, que na mídia se diz contra aumento de impostos, elevou a taxa de licenciamento dos veículos em mais de 200% (em valores reais) ao longo de seu desgoverno;

    20- A Comissão de Fiscalização da Assembléia Legislativa rejeitou as contas de Alckmin de 2004, após encontrar um saldo de R$ 209 milhões de recursos do Fundef que jamais foram investidos na educação e verificar que o aumento custo das internações hospitalares, apesar da diminuição do tempo de internação;

    21- Alckmin vetou projeto de lei que instituía normas para democratizar a participação popular em audiências públicas e na elaboração do orçamento, o que revela seu caráter autoritário e antidemocrático;

    22- O investimento em saúde no desgoverno Alckmin não atingiu sequer os 12% da receita de impostos, conforme determina a Lei. Para maquiar esta ilegalidade, o governo retirou da receita estadual os R$ 1,8 bilhão que o governo estadual recebeu pela lei Kandir, prejudicando a saúde pública;

    23- Desafiando a Lei e o próprio Tribunal de Contas do Estado, Alckmin contabilizou nas contas da saúde programas que não guardam relação com o setor, como a assistência aos detentos nas penitenciárias;

    24- A ausência de políticas públicas e a redução dos investimentos resultaram na flagrante precarização dos serviços de saúde. Muitos leitos ficaram desativados e desocupados por falta de pessoal e material. Só no

    Hospital Emílio Ribas, menos de 50% dos leitos ficaram desocupados e maioria deles foi desativada;

    25- Devido à incompetência gerencial de Alckmin, o Hospital Sapopemba, que atende uma vasta parcela da população da periferia, ficou durante muito tempo com cerca de 90% dos seus leitos desocupados;

    26- A média salarial dos servidores estaduais da saúde ficou 47% abaixo da rede municipal na gestão de Marta Suplicy. A ausência de contratações e os salários aviltados resultaram no aumento das filas, na demora para se marcar consultas e no abandono de postos de atendimento – como o de Várzea do Carmo;

    27- O prometido Hospital da Mulher ficou mais de dez anos no papel. Alckmin ainda teve a desfaçatez de estender uma faixa no esqueleto do prédio com publicidade da inauguração da obra inacabada;

    28- Alckmin fez alarde das unidades de computadores do Acessa-SP. O saldo de doze anos de tucanato foi de um Acessa para cada 158.102 habitantes. Em apenas quatro anos de gestão de Marta, a proporção foi de um Telecentro para cada 83.333 habitantes;

    29- Alckmin foi responsável pelo maior déficit habitacional do Brasil, segundo a ONU. O déficit é de 1,2 milhão de moradias. Desde 2000, o governo não cumpre a lei estadual que determina, no mínimo, 1% do orçamento em investimentos na área de habitação. Os recursos não aplicados somaram R$ 548 milhões;

    30- Alckmin fez com que São Paulo declinasse no ranking nacional do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), o que atesta a brutal regressão social no Estado durante o reinado tucano;

    31- Desde a construção do primeiro trecho do Metrô, em setembro de 1974, os tucanos foram os que menos investiram na ampliação das linhas - apenas 1,4 km de linhas/ano, abaixo da média de 1,9 km/ano da história da empresa. O Metrô de São Paulo é o mais caro do Brasil e um dos mais caros do mundo;

    32- Ao deixar o governo, Alckmin voltou a atacar a educação ao vetar o aumento em 1% no orçamento, aprovado pela Assembléia Legislativa. Numa fraude contábil, ele ainda transferiu parte da receita do setor para a área de transporte, o que representou um corte de R$ 32 milhões na educação;

    33- Apesar do silêncio da mídia, Alckmin esteve envolvido em várias suspeitas de corrupção. Um diálogo telefônico entre os deputados estaduais Romeu Tuma Jr. e Paschoal Thomeu revelou o flagrante esquema de compra de votos na eleição do presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo, em março passado;

    34- Durante 12 anos de governo do PSDB, cerca de 60 mil professores foram demitidos. O valor da hora aula no Estado é uma vergonha; não passa de R$ 5,30! Alckmin também tem inaugurado Fatecs (escolas técnicas) de "fachada", sem as mínimas condições de funcionamento;

    35- O governo tucano expulsou mais do que assentou famílias no campo. Da promessa de assentar 8 mil famílias, apenas 557 foram contempladas. Outro descaso aconteceu na habitação: os tucanos prometeram construir 250 mil casas, mas, desde 1999, só foram erguidas 37.665 unidades;

    36- Alckmin impôs a maior operação-abafa de Comissões Parlamentares de Inquérito no país para evitar a apuração das denúncias de corrupção. Ao todo, 65 pedidos de CPIs foram engavetados. Entre elas, as que investigariam ilícitos na Febem, nas obras de rebaixamento da Calha do Tietê, na CDHU e no Rodoanel;

    37- Somente na obra de rebaixamento da calha do rio Tietê foram registrados aditivos que ultrapassaram o limite legal de 25%. O valor inicial da obra era de R$ 700 milhões, mas o custo efetivo ultrapassou R$ 1 bilhão. Além disso, o valor inicial do contrato de gerenciamento saltou de R$ 18,6 para R$ 59,3 milhões;

    38- O Tribunal de Contas da União (TCU) também detectou irregularidades em 120 contratos da CDHU, que recebe 1% do ICMS arrecadado pelo Estado, ou seja, cerca de R$ 400 milhões. Mais uma evidência dos atos ilícitos cometidos pelo PSDB paulista de Geraldo Alckmin;

    39- Alckmin também deve explicações sobre a privatização da

    Eletropaulo, ocorrida em 1998. A empresa acumulou uma dívida superior a R$ 5,5 bilhões, incluindo mais de R$ 1 bilhão com o BNDES, que foi bancado pelo Estado. Entre 1998-2001, a empresa privatizada remeteu US$ 318 milhões ao exterior;

    40- Já na privatização dos pedágios, Alckmin doou à empresa Ecovias R$ 2,6 milhões ao reajustar a tarifa do sistema Anchieta-Imigrantes acima da inflação, o que feriu o Código de Proteção ao Consumidor. Em apenas um ano, a empresa privatizada arrecadou nas tarifas excorchantes R$ 2.675.808,00;

    41- Alckmin vetou o estacionamento gratuito nos shoppings de São Paulo e o projeto de lei que garantia a liberação das vagas nos hipermercados, tudo para beneficiar os poderosos conglomerados comerciais;

    42- Alckmin abusou da repressão no seu governo. Ele usou a tropa de choque da PM para reprimir os 500 estudantes e docentes que protestaram contra o veto às verbas para educação na Assembléia Legislativa, transformada numa praça de guerra. A PM também reprimiu duramente as ocupações

    de terra do MST;

    43- Alckmin gastou R$ 5,5 milhões nas obras do aeroporto "fantasma" em Itanhaém, no litoral sul. Ele tem capacidade para receber um Boeing 737, com cem passageiros, mas até o ano passado foi usado, em média, por

    cinco pessoas ao dia. O aeroporto é motivo de justificadas suspeitas de irregularidades;

    44- Alckmin reduziu os investimentos públicos, apesar dos excedentes de arrecadação entre 2001-2004. O Estado deixou de gastar cerca de R$ 1,5 bilhões na saúde; R$ 4 bilhões na educação; R$ 705 milhões na habitação; R$ 1,8 bilhão na segurança pública; e R$ 163 milhões na área de emprego e trabalho;

    45- Em 2004, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Alckmin deixou de aplicar R$ 51 milhões previstos no orçamento. Programas nas áreas de alimentação e nutrição devolveram a verba. Os recursos poderiam ser convertidos em 53.346 cestas básicas, 780.981 refeições e 670.730 litros de leite por mês.

    E AÍ ???

    ISSO A GLOBO NÃO MOSTRA NÉ???

    PORQUE???

    HEIN ????

    PORQUE ???

    QUERO QUE OS DEFENSORES DOS TUCANOS ME EXPLIQUEM O PORQUE !!!!

    QUERO SABER AGORA !!!

    SE PROVAREM POR A + B AS RAZÕES, COM EXPLICAÇÕES SÓLIDAS E MUITO BEM FUNDAMENTADAS... EU ACREDITAREI E MUDAREI MEU VOTO !!!

    E SE PROVAREM PRA MIM QUE O PSDB NÃO VAI PRIVATIZAR MAIS NADA.... ENTÃO EU PASSO A ANALISAR MELHOR AS PROPOSTAS...

    O ALCKMINTIRA FALA DE MELHORAR O BOLSA FAMILIA...

    MAS ELE MELHOROU POR ACASO O RENDA CIDADÃ???

    HEIN???

    Sobre o debate na TV:

    O PSDB é o partido da camuflagem e da sujeira debaixo do tapete !

    Enquanto Alckinóquio aproveitou cada pergunta, réplica e tréplica para criticar o adversário Lula, este procurou evitar as críticas.

    Digo evitar, porque rebateu as criticas com outras críticas inteligentes em formas de pergunta, a saber:

    1) O que foi feito com os bilhões de reais das privatizações da gestão FHC ? Na última eleição à Presidência, Garotinho fez esta pergunta a Serra e ele não respondeu. Hoje foi a vez de Alckmin não responder. E existe resposta ?

    2) Por que nenhuma das 67 propostas de CPI para investigar irregularidades no Governo Alckmin não foram aprovadas ? Note, 67 não são 7. Sem resposta.

    3) Situação da Febem e PCC. Por que não conseguiu resolver, tendo 12 anos de experiência no Governo de SP ?

    4) Por que o ensino de SP está tão fraco a ponto de os seus alunos ficarem em 8° lugar na prova do ENEM e a questão da aprovação automática ?

    5) Enquanto critica as atuais tarifas de impostos aplicadas pelo Governo Federal, aumentou em mais de 200% as tarifas de pedágio e do IPVA. Por que não revela isso ao povo brasileiro ?

    6) Falou sobre investir em energia. Esquece ele que no governo de FHC o Brasil ficou às escuras durante o Apagão ?

    Sinceramente, esperava um debate à altura de dois candidatos à presidência da República.

    Lula, dizem é analfabeto ou semi-analfabeto. Alckmin é Médico.

    Teoricamente, Alckmin daria uma "aula" a Lula e ao povo brasileiro, mas, vimos exatamente o contrário.

    Recado ao sr. Alckmin: "Tá na hora de elevar o nível do debate, apresentar mais propostas e criticar menos. Se insistir nas críticas, denunciará a si mesmo, afinal, não soube responder perguntas como: o que foi de SP durante os ataques do PCC ?

    Se formos falar de corrupção, enquanto no Governo Lula, tudo é passado a limpo no crivo da imprensa, do Congresso Nacional e da população brasileira, no Governo PSDB (o que inclui Serra, Alckmin e FHC) até hoje nenhuma CPI foi instaurada.

    Essa é a diferença. E se fosse, será que ficaria pedra sobre pedra ?!

    Esperamos que no próximo debate haja menos críticas e mais propostas e apresentação de trabalho concreto realizado, pois é isso que o povo brasileiro precisa.

    Aos torcedores do Alckmin, pergunto, sendo sincero(a) e honesto(a), que mais interessa ao povo brasileiro, críticas ou propostas ? Acusações ou soluções ? Doenças ou cura ? Um médico que estudou 6 ou 7 anos de Medicina não tinha mais argumentos além das mesmas críticas repetidas e desgastadas que ele mesmo não é capaz de responder quando voltadas ao seu "imaculado" PSDB ?

    Não basta ter um Diploma de Medicina e experiência de 12 anos de Governo, é necessário ter conteúdo. Faltou isso no candidato Alckmin. Criticar apenas é recurso de quem não tem proposta nem argumento. Lula já fez isso no passado e só perdeu. Adquiriu experiência e hoje sabe que criticar simplesmente não resolve nada.

    Incrível: até os PETISTAS ficaram surpresos com a falta de argumentos do Médico e ex-Governador Alckmin !!!

    Lula se manteve sóbrio o debate inteiro enquanto Alckmin optou pelo ataque e até desrespeito.

    Enquanto Lula chamava Alckmin de "governador", Alckmin preferiu chamá-lo de "candidato", "você"... Isso sem mencionar os momentos em que chamou Lula de mentiroso, etc.

    Precisa dizer quem venceu o debate ???

    SOBRE AS PROPOSTAS DE SEGURANÇA NACIONAL :

    Alckmin promoveu "choque de indigestão" na segurança

    Os tucanos parecem achar que falar grosso resolve o problema da criminalidade.

    O candidato tucano fala muito em "choque de gestão".

    Que "choque de gestão" é esse, que nos últimos meses chegou a semear o caos no sistema de segurança pública em São Paulo?

    Não se trata apenas de incompetência. Nem somente de publicidade enganosa.

    A verdade é que, também no terreno da segurança pública, Lula e Alckmin expressam projetos diferentes.

    O programa de Lula fala que é preciso garantir a segurança de brasileiros e brasileiras, por meio de uma segurança pública cidadã, articulada por um sistema único de segurança pública (ver o programa de Lula no link http://www.lula13.org.br/download/planog...

    Já o programa de Alckmin fala em criar um "Ministério da Segurança Pública". E diz que cabe ao governo federal "liderar a luta contra o crime e suas causas".

    Esta proposta, além do evidente propósito publicitário, contém um enorme risco: o de causar uma ruptura no Pacto Federativo, com desrespeito aos governos estaduais e uma centralização extrema, no governo federal, do setor da Segurança Pública.

    Este risco torna-se ainda maior, se levarmos em conta que os tucanos defendem a adoção do que eles chamam de "repressão implacável".

    Os tucanos parecem achar que falar grosso resolve o problema da criminalidade.

    Eles defendem modificações no Código de Processo Penal e na Lei de Execuções Penais, no sentido de reproduzir o modelo adotado no Estado de São Paulo, de massivo encarceramento.

    As rebeliões nas Febems e nos presídios demonstram que esta política, de encarceramento massivo, não resolve o problema da segurança pública.

    Em São Paulo, quase todos os presídios têm problemas por conta da superpopulação.

    O total de presos que trabalham caiu de 50,25% para 38,16%, entre 2003 e 2006. O total de presos que estudam caiu de 20,44% para 16,40%, entre 2003 e 2006.

    Não existe fiscalização dos condenados em liberdade condicional, nem do trabalho dos condenados em regime aberto ou semi-aberto.

    O número de suicídios no sistema também vem aumentando: foram quatro casos em 2003; 35 em 2004; 14 em 2005; e 13 até maio deste ano.

    Na prática, a política de encarceramento massivo transformou os presídios em universidades do crime e centros de recrutamento para o Primeiro Comando da Capital.

    **************************

    Pra quem acha que ele não vai privatizar a Petrobrás, nem a Caixa Econômica Federal, nem o Banco do Brasil, nem nada:

    O PSDB só sabe privatizar, privatizou um monte de empresas nos anos FHC na presidência da República e no Governo de SP com Geraldo Alckimin, que mente, como provo abaixo.

    Fonte(s):

    Estadão: Alckmin descarta privatização da Cesp e CTEEP (02/03/2005):

    http://www.estadao.com.br/ultimas/econom...

    16 meses depois ... voila:

    FSP Online: São Paulo privatiza empresa de transmissão de energia por R$ 1,193 bilhão (28/06/2006):

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinhe...

    Fica claro que discurso eleitoreiro é uma coisa.... depois... na prática a coisa é outra!!!

    ********************************

    GASTOS E MAIS GASTOS NO GOVERNO ALCKMIN !!!!

    Gasto com consultoria subiu 623% no governo Alckmin

    Agencia Estado

    Os números do balanço orçamentário de São Paulo mostram que os gastos de custeio cresceram 118,3% - 44,2% acima da inflação - entre 2000 e 2005, depois que o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) assumiu a administração estadual. O item da despesa que mais aumentou nesses cinco anos foi os serviços de consultoria, que pulou de R$ 24,4 milhões em 2000 para R$ 176,3 milhões em 2005, expansão de 623,4%.

    Esse aumento não ocorreu subitamente, mas a cada ano. Em 2001, quando o ex-governador Mário Covas morreu e Alckmin assumiu o cargo, o custo das consultorias apresentou um primeiro aumento, para R$ 28,8 milhões. Em 2002, último ano do mandato anterior, saltou para R$ 52,8 milhões. Nos três anos seguintes, esse gasto subiu mais 233,7%, atingindo R$ 86,5 milhões em 2002, R$ 101,3 milhões em 2004 e R$ 176,3 milhões do ano passado.

    A Secretaria de Planejamento do Estado atribui essa expansão a diversos fatores que teriam obrigado a administração a utilizar os serviços de auditorias e consultoria, como os contratos de obras financiadas pelo Banco Mundial e BID, os contratos de concessão das rodovias e o processo de avaliação anterior à venda das ações da Nossa Caixa e de abertura de capital da companhia estadual de energia, a CESP.

    "As consultorias são normalmente utilizadas em função de contratações financeiras, como no processo de privatização, mas em alguns casos também para pesquisas específicas que a gente precisa fazer", diz o secretário de Planejamento, Fernando Braga. "Não existe nenhuma assessoria fixa trabalhando dentro do governo."

    Dos órgãos da administração estadual, a Secretaria dos Transportes é atualmente o que mais gasta com consultorias. Foram R$ 59,3 milhões no ano passado. Em segundo lugar, aparece a Secretaria da Fazenda, responsável pelas privatizações, com R$ 35,1 milhões, seguida pela pasta de Ciência e Tecnologia, com R$ 26,8 milhões, e pela Secretaria de Governo e Gestão Estratégica, com outros R$ 13,5 milhões. Até a Secretaria de Cultura aparece com elevados gastos de consultoria, o equivalente a R$ 9,1 milhões em 2005.

    ********************************

    VEJAM MAIS:

    O QUE ALCKMIN JÁ FEZ POR SÃO PAULO

    ROMBO DE 1,2 BILHÃO NAS CONTAS DO ESTADO

    http://noticias.terra.com.br/brasil/inte...

    MENSALÃO TUCANO

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    INGERÊNCIA NAS LICITAÇÕES DA NOSSA CAIXA

    http://clipping.planejamento.gov.br/noti...

    MAIS FAVORECIMENTOS POLÍTICOS

    http://clipping.planejamento.gov.br/noti...

    PRIVATIZAÇÕES, UM CAPÍTULO À PARTE

    1. LINHA AMARELA DO METRÔ

    http://www.brasildefato.com.br/v01/agenc...

    2. EMPRESAS DE ENERGIA, GÁS, SANEAMENTO

    http://cartamaior.uol.com.br/templates/m...

    3. NOSSA CAIXA

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinhe...

    VÁRIOS MENSALINHOS MAIS DISCRETOS ABAIXO:

    USANDO A GRANA PRA BANCAR SUA REVISTINHA

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    BARRANDO UMA DAS 69 CPI's

    http://www.estadao.com.br/ultimas/nacion...

    FAZENDO SUCESSO COM O BEM PÚBLICO

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotid...

    AJUDANDO O FILHÃO

    http://noticias.terra.com.br/brasil/inte...

    AJUDANDO A ESPOSA LÚ

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    MAIS DA PATROA LÚ

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    Ou seja, vendeu patrimônio na surdina, sem consulta popular, em condições

    pra lá de camaradas, e deixou um rombo de UM BILHÃO E DUZENTOS MILHÕES.

    LULA TEM PREFENCIA EM MUITOS CANTOS DO PAIS :

    Lula volta a ganhar eleitores no sul.

    http://eleicoes.uol.com.br/2006/estados/...

    Lula começa o segundo turno com vantagem inesperada e demonstra cristalização de seus votos.

    http://datafolha.folha.uol.com.br/......

    OUTRAS QUESTÕES:

    O pior cego é o que não quer ver.

    Será que Alckmin, se eleito, dará conta do recado da segurança do país, uma vez que não conseguiu controlar o PCC nem os detentos da Febem de SP ?

    Enquanto Alckmin aproveitou cada pergunta, réplica e tréplica para criticar o adversário Lula, este procurou evitar as críticas.

    Digo evitar, porque rebateu as criticas com outras críticas inteligentes em formas de pergunta, a saber:

    1) O que foi feito com os bilhões de reais das privatizações da gestão FHC ? Na última eleição à Presidência, Garotinho fez esta pergunta a Serra e ele não respondeu. Hoje foi a vez de Alckmin não responder. E existe resposta ?

    2) Por que nenhuma das 67 propostas de CPI para investigar irregularidades no Governo Alckmin não foram aprovadas ? Note, 67 não são 7. Sem resposta.

    3) Situação da Febem e PCC. Por que não conseguiu resolver, tendo 12 anos de experiência no Governo de SP ?

    4) Por que o ensino de SP está tão fraco a ponto de os seus alunos ficarem em 8° lugar na prova do ENEM e a questão da aprovação automática ?

    5) Enquanto critica as atuais tarifas de impostos aplicadas pelo Governo Federal, aumentou em mais de 200% as tarifas de pedágio e do IPVA. Por que não revela isso ao povo brasileiro ?

    6) Falou sobre investir em energia. Esquece ele que no governo de FHC o Brasil ficou às escuras durante o Apagão ?

    VEJAM MAIS A FAVOR DO LULA E CONTRA O PSDB !!!!

    VEJA COMO O GOVERNO LULA FOI BOM !!!

    Basta comparar os 4 anos do governo Lula aos 8 anos do governo FHC:

    Número de policiais federais :

    Lula: 11 mil

    FHC: 5 mil

    Operações da PF contra a corrupção, crime organizado, lavagem de dinheiro etc.:

    Lula- 183

    FHC- 20

    Prisões efetuadas :

    Lula: 2.961

    FHC: 54

    Entre os anos de 2000 a 2005, as ações da Polícia Federal no combate ao crime cresceram 815%. Durante o governo do presidente Lula, a Polícia Federal realizou 183 operações e 2.961 prisões. (Uma média de 987 presos por ano). Já nos dois últimos anos do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, foram realizadas apenas 20 operações, com a prisão de 54 pessoas, ou seja, uma média de 27 capturas por ano.

    Criação de empregos :

    Lula: 6 milhões (4 milhões com carteira assinada)

    FHC: 700 mil

    Média anual de empregos gerados :

    Lula: 1,14 milhão

    FHC: 87,5 mil

    Média mensal de empregos gerados:

    Lula: 95 mil

    FHC: 8,7 mil

    Taxa de desemprego nas regiões metropolitanas :

    Lula: 8,3%

    FHC: 11,7%

    Desemprego em SP :

    Lula: 16,9%

    FHC: 19,0%

    Exportações (em dólares ):

    Lula: 118,3 bilhões

    FHC: 60,4 bilhões

    Balança comercial (em dólares):

    Lula: 103,3 bilhões

    FHC: - 8,4 bilhões

    Transações correntes (em dólares):

    Lula: 30,1 bilhões

    FHC: - 186,2 bilhões

    Risco-país :

    Lula: 204

    FHC: 2.400

    * No governo Lula, o país atingiu o patamar mais baixo da história.

    Inflação :

    Lula: 2,8%

    FHC: 12,53%

    Dívida com o FMI (em dólares):

    Lula: dívida paga

    FHC: 14,7 bilhões

    Dívida com o Clube de Paris (em dólares ):

    Lula: dívida paga

    FHC: 5 bilhões

    Dívida pública :

    Lula: 34,2%

    FHC: 35,3%

    Dívida externa :

    Lula: 2,41%

    FHC:12,45%

    Investimento em desenvolvimento (em reais):

    Lula: 47,1 bilhões

    FHC: 38,2 bilhões

    Empréstimo para habitação (em reais ):

    Lula: 4,5 bilhões

    FHC: 1,7 bilhões

    PIB:

    Lula: 2,6% ao ano (até 2005)

    FHC: 2,3% ao ano

    Crescimento industrial:

    Lula: 3,77%

    FHC: 1,94%

    Produção de bens duráveis :

    Lula: 11,8%

    FHC: 2,4%

    Aumento na produção de veículos:

    Lula: 2,4%

    FHC: 1,8%

    Crédito para a agricultura familiar:

    Lula: 6,1%

    FHC: 2,4%

    Crescimento real do salário mínimo :

    Lula: 25,3% *

    FHC: 20,6%

    * Ganho real de 25,7% em três anos

    Valor do salário mínimo em dólares :

    Lula: 152

    FHC: 55

    Poder de compra do salário mínimo em relação à cesta básica :

    Lula: 2,2 cestas básicas

    FHC: 1,3 cesta básica

    Aumento do custo da cesta básica:

    Lula: 15,6%

    FHC: 81,6%

    Índice de Desigualdade social:

    Lula: 0,559

    FHC: 0,573

    Participação dos mais pobres na renda :

    Lula: 15,2%

    FHC: 14,4%

    Número de pobres:

    Lula: 33,57%

    FHC: 34,34%

    Número de miseráveis :

    Lula: 25,08%

    FHC: 26,23%

    Transferência de renda (em reais):

    Lula: 7,1 bilhões

    FHC: 2,3 bilhões

    Média por família :

    Lula: 70 reais

    FHC: 25 reais

    Atendidos pelo programa Saúde da Família :

    Lula: 43,4%

    FHC: 30,4%

    Atendidos pelo programa Brasil Sorridente (atendimento odontológico) :

    Lula: 33,7% *

    FHC: 17,5%

    * 15 milhões de brasileiros foram pela primeira vez ao dentista.

    Mortalidade infantil indígena (por 1.000 habitantes) :

    Lula: 21,6

    FHC: 55,7

    Número de turistas que vêm ao Brasil:

    Lula: 4,6 milhões

    FHC: 3,8 milhões

    Pró-jovem - estudo subsidiado:

    Lula: 93 mil (18 a 24 anos) *

    FHC: ...

    * 100 reais por mês de subsídio a cada estudante

    Bolsa Família:

    Lula: 11,1 milhões de famílias *

    FHC: ...

    * Educação e subsídio alimentar

    Incremento no acesso a água no semi-árido nordestino:

    Lula: 762 mil pessoas e 152 mil cisternas

    FHC: zero

    Distribuição de leite no semi-árido (sistema pequeno produtor):

    Lula: 3,3 milhões de brasileiros

    FHC: zero

    Áreas ambientais preservadas:

    Lula: incremento de 19,6 milhões de hectares (2003 a 2006)

    Do ano de 1500 até 2002: 40 milhões de hectares

    Apoio à agricultura familiar:

    Lula: 7,5 bilhões (safra 2005/2006)

    FHC: 2,5 bilhões (último ano de governo)

    * O governo Lula investirá 10 bilhões na safra 2006/2007

    Compra de terras para Reforma Agrária:

    Lula: 2,7 bilhões (2003 a 2005)

    FHC: 1,1 bilhão (1999 a 2002)

    Investimento do BNDES em micro e pequenas empresas:

    Lula: 14,99 bilhões

    FHC: 8,3 bilhões

    Investimentos em alimentação escolar :

    Lula: 1 bilhão

    FHC: 848 milhões

    Investimento anual em saúde básica:

    Lula: 1,5 bilhão

    FHC: 155 milhões

    Equipes do Programa Saúde da Família :

    Lula: 21.609

    FHC: 16.698

    População atendida pelo Prog. Saúde da Família:

    Lula: 70 milhões

    FHC: 55 milhões

    Porcentagem da população atendida pelo Programa Saúde da Família :

    Lula: 39,7%

    FHC: 31,9%

    Pacientes com HIV positivo atendidos pela rede pública de saúde:

    Lula: 151 mil

    FHC: 119 mil

    Juros :

    Lula: 16%

    FHC: 25%

    BOVESPA :

    Lula: 35,2 mil pontos

    FHC: 11,2 mil pontos

    Dívida externa :

    Lula: 165 bilhões

    FHC: 210 bilhões

    Desemprego no país:

    Lula: 9,6%

    FHC: 12,2%

    Dívida / PIB:

    Lula: 51%

    FHC: 57,5%

    Eletrificação Rural:

    Lula: 3.000.000 de pessoas

    FHC: 2.700 pessoas

    Livros gratuitos para o Ensino Médio:

    Lula: 7 milhões

    FHC: zero

    Geração de Energia Elétrica:

    Lula: 1.567 empreendimentos em operação, gerando 95.744.495 kW de potência. Está prevista para os próximos anos uma adição de 26.967.987 kW na capacidade de geração do País, proveniente dos 65 empreendimentos atualmente em construção e mais 516 outorgadas.

    FHC: APAGÃO

    Fontes: IBGE, IBGE/Pnad (Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar - desde 1994); ANEEL; Bovespa; CNI; CIESP; Ministérios Federais e Agências Reg .; SUS; CES/FGV; jornais FSP, O Globo e O Estado.

    Casos de corrupção não investigados no governo FHC

    Um estudioso de São Paulo, Altamiro Borges, recuperou brevemente a nossa memória política da década recente e a colocou na rede.

    VEJAM:

    O sociólogo Rogério Chaves enxugou o texto, que envio a vocês na esperança de que possa contribuir com o debate - e para que não esqueçamos dos anos tucanos (ainda tão recentes e precocemente esquecidos) e de que a campanha presidencial já começou.

    SIVAN

    Logo no início da gestão de FHC, denúncias de corrupção e tráfico de influências no contrato de US$ 1,4 bilhão para a criação do Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam) derrubaram um ministro e dois assessores presidenciais. Mas a CPI instalada no Congresso, após intensa pressão, foi esvaziada pelos aliados do governo e resultou apenas num relatório com informações requentadas ao MinistérioPúblico.

    PASTA ROSA

    Pouco depois, em agosto de 1995, eclodiu a crise dos bancos Econômico (BA), Mercantil (PE) e Comercial (SP). Através do Programa de Estímulo à Reestruturação do Sistema Financeiro (Proer), FHC beneficiou com R$ 9,6 bilhões o Banco Econômico numa jogada política para favorecer o seu aliado ACM. A CPI instalada não durou cinco meses, justificou o "socorro" aos bancos quebrados e nem sequer averiguou o conteúdo de uma pasta rosa, que trazia o nome de 25 deputados subornados pelo Econômico.

    PRECATÓRIOS

    Em novembro de 1996 veio à tona a falcatrua no pagamento de títulos no Departamento de Estradas de Rodagem (Dner). Os beneficiados pela fraude pagavam 25% do valor destes precatórios para a quadrilha que comandava o esquema, resultando num prejuízo à União de quase R$ 3 bilhões. A sujeira resultou na extinção do órgão, mas os aliados de FHC impediram a criação da CPI para investigar o caso.

    COMPRA DE VOTOS

    Em 1997, gravações telefônicas colocaram sob forte suspeita a aprovação da emenda constitucional que permitiria a reeleição de FHC. Os deputados Ronivon Santiago e João Maia, ambos do PFL do Acre, teriam recebido R$ 200 mil para votar a favor do projeto do governo. Eles renunciaram ao mandato e foram expulsos do partido, mas o pedido de uma CPI foi bombardeado pelos governistas.

    DESVALORIZAÇÃO DO REAL

    Num nítido estelionato eleitoral, o governo promoveu a desvalorização do real no início de 1999. Para piorar, socorreu com R$ 1,6 bilhão os bancos Marka e FonteCidam - ambos com vínculos com tucanos de alta plumagem. A proposta de criação de uma CPI tramitou durante dois anos na Câmara Federal e foi arquivada por pressão da bancada governista.

    PRIVATARIA

    Durante a privatização do sistema Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas entre Luis Carlos Mendonça de Barros, ministro das Comunicações, e André Lara Resende, dirigente do banco. Eles articulavam o apoio a Previ, caixa de previdência do Banco do Brasil, para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o tucano Pérsio Árida. A negociata teve valor estimado de R$ 24 bilhões. Apesar do escândalo, FHC conseguiu evitar a instalação da CPI.

    CPI DA CORRUPÇÃO

    Em 2001, chafurdando na lama, o governo ainda bloqueou a abertura de uma CPI para apurar todas as denúncias contra a sua triste gestão. Foram arrolados 28 casos de corrupção na esfera federal, que depois se concentraram nas falcatruas da Sudam, da privatização do sistema Telebrás e no envolvimento do ex-ministro Eduardo Jorge. A imundície no ninho tucano novamente ficou impune.

    EDUARDO JORGE

    Secretário-geral do presidente, Eduardo Jorge foi alvo de várias denúncias no reinado tucano: esquema de liberação de verbas no valor de R$ 169 milhões para o TRT-SP; montagem do caixa-dois para a reeleição de FHC; lobby para favorecer empresas de informática com contratos no valor de R$ 21,1 milhões só para a Montreal; e uso de recursos dos fundos de pensão no processo das privatizações.

    Nada foi apurado e hoje o sinistro aparece na mídia para criticar a "falta de ética" do governo Lula.

    E apesar disto, FHC impediu qualquer apuração e sabotou todas as CPIs. Ele contou ainda com a ajuda do procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, que por isso foi batizado de "engavetador-geral". Dos 626 inquéritos instalados até maio de 2001, 242 foram engavetados e outros 217 foram arquivados. Estes envolviam 194 deputados, 33 senadores, 11 ministros e ex-ministros e em quatro o próprio FHC.Nada foi apurado, a mídia evitou o alarde e os tucanos ficaram intactos.Lula inclusive revelou há pouco que evitou reabrir tais investigações - deve estar arrependido dessa bondade! (um grave erro, diga-se de passagem, porque acabou sendo conivente).

    Diferente do reinado tucano, o que é uma importante marca distintiva do atual governo, hoje existe maior seriedade na apuração das denúncias de corrupção. Tanto que o Ministério da Justiça e sua Polícia Federal surgem nas pesquisas de opinião com alta credibilidade. Nesse curto período foram presas 1.234 pessoas, sendo 819 políticos, empresários, juízes, policiais e servidores acusados de vários esquemas de fraude - desde o

    superfaturamento na compra de derivados de sangue até a adulteração de leite em pó para escolas e creches. Ações de desvio do dinheiro público foram atacadas em 45 operações especiais da PF.

    Já a Controladoria Geral da União, encabeçada pelo ministro Waldir Pires, fiscalizou até agora 681 áreas municipais e promoveu 6 mil auditorias em órgãos federais, que resultaram em 2.461 pedidos de apuração ao Tribunal de Contas da União. Apesar das bravatas de FHC, a Controladoria só passou a funcionar de fato no atual governo, que inclusive já efetivou 450 concursados para o trabalho de investigação. "A ação do governo do presidente Lula na luta decidida contra a corrupção marca uma nova fase na história da administração pública no país,porque ela é uma luta aberta contra a impunidade", garante Waldir Pires.

    Diante de fatos irretocáveis, fica patente que a atual investida do PSDB-PFL não tem nada de ética. FHC, que orquestrou a recente eleição de Severino Cavalcanti para presidente da Câmara (com a incompetência do PT), tem interesses menos nobres nesse embate. Através da CPI dos Correios, o tucanato visa imobilizar o governo Lula e desgastar sua imagem, preparando o clima para a sucessão presidencial. De quebra, pode ainda ter como subproduto a privatização dos Correios, acelerando a tramitaçãodo projeto de lei 1.491/99, interrompida pelo atual governo, que acaba com o monopólio estatal dos serviços postais."

    Frei Joaquim Fonseca de Souza, OFM

    Assessor da CNBB para a Música Litúrgica

    PARA QUEM AINDA PENSA QUE O ALCKMIN É HONESTO, SERÁ OTIMO QUE LEIAM ISTO QUE SE SEGUE ABAIXO:

    ROMBO DE 1,2 BILHÃO NAS CONTAS DO ESTADO

    http://noticias.terra.com.br/brasil/inte...

    LINHA AMARELA DO METRÔ

    http://www.brasildefato.com.br/v01/agenc...

    EMPRESAS DE ENERGIA, GÁS, SANEAMENTO

    http://cartamaior.uol.com.br/templates/m...

    NOSSA CAIXA

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinhe...

    AJUDANDO OS ALIADOS

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    INGERÊNCIA NAS LICITAÇÕES DA NOSSA CAIXA

    http://clipping.planejamento.gov.br/noti...

    MAIS FAVORECIMENTOS POLÍTICOS:

    http://clipping.planejamento.gov.br/noti...

    USANDO A GRANA PRA BANCAR SUA REVISTINHA

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    AJUDANDO O FILHÃO:

    http://noticias.terra.com.br/brasil/inte...

    AJUDANDO A ESPOSA

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    MAIS DA PATROA

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasi...

    FAZENDO SUCESSO COM O BEM PÚBLICO:

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotid...

    E AÍ TUCANADA ????

    VÃO CONTINUAR A DEFENDER O ALCKMIN ??????

    HEIN?????

    AGORA A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR...

    PORQUE A GLOBO E A VEJA NÃO DENUNCIAM NADA DESTAS COISAS QUE O PSDB FEZ E AINDA FAZ ?????

    HEIN????

    QUERO SABER !!!!!

    EXPLIQUEM PRA MIM E PRA MAIORIA DOS QUE AINDA GOSTAM DO LULA!!!!!

    QUERO VER SE CONSEGUEM EXPLICAR ISSO DE MODO CONVINCENTE !!!

    DESAFIO OS TUCANOS A PROVAREM SUA LIMPEZA MORAL, HONESTIDADE E TRANSPARENCIA !!!!

    DUVIDO E DEU Ó DÓ !!!!

    POR ISSO.... PRA QUEM É BEM INFORMADO... O VOTO É 13!!!

    SABEM PORQUE MAIS...

    LEIA:

    Na época da Ditadura Militar os políticos eram da Arena são os mesmo que estão hoje no PFL e PSDB.

    Na era FHC e vi o país ser posto à venda.

    Mais de 100 empresas públicas serem privatizadas, sem que o produto da venda tenha sido utilizado em favor do País.

    Ficamos 08 anos sem nenhum centavo de reajuste salarial.

    Vimos colegas de trabalho, concursados, serem demitidos, através do malsinado RH 008.

    Vimos todo o processo de desmonte da Caixa para a privatização.

    Vimos dezenas e dezenas de CPIs serem abortadas a custa de muita grana.

    Vimos o Procurador Geral da União ser chamado de Engavetador Geral da União.

    Vimos a Polícia Federal de mãos amarradas.

    Vi,os o FMI mandando e desmandando e os Governos dizendo amém.

    Vimos um país que gerou apenas 8 mil empregos mensais durante 08 longos anos.

    Vimos trabalhadores escravos.

    Vimos e vivemos. Participamos de dezenas de passeatas.

    Vimos o "pensamento único" do PSDB calando jornais, rádios e TVs.

    Vimos o Banco Central "doando" milhões de dólares para os banqueiros falidos salvarem suas peles.

    Vimos milhares de micros e pequenas empresas fechando suas portas para dar lugar aos importados pela paridade do dólar.

    Vimos o escândalo do SIVAM.

    Agora, o Brasil do presidente LULA é assim:

    O Brasil gera mais de 100 mil empregos mensais;

    As indústrias batem recordes de produção;

    O comércio bate recordes de venda;

    O país bate recordes de exportações;

    Dispensamos a tutela do FMI;

    O BB contrata milhares de novos empregados concursados;

    Estamos entrando em período de deflação;

    Temos 09 milhões de famílias são atendidas pelos programas sociais do Governo;

    A agricultura familiar está tendo acesso ao crédito e de fato sendo valorizada;

    As pequenas e micros empresas voltam a abrir portas;

    A Polícia federal atua sem amarras e desbarata uma quadrilha atrás da outra, como nunca em toda a sua história;

    A fiscalização da Receita Federal está fazendo as grandes empresas e bancos recolherem impostos (tanto que a Receita Federal também bate recordes de arrecadação);

    O Ministério do trabalho fiscaliza as empresas (o FGTS também bate recordes históricos de arrecadação) e está erradicando o trabalho escravo no campo.

    Agora vocês que defendem o PSDB querem que a gente seja contra o LULA e que a gente saia às ruas contra LULA e o governo popular???!!!

    MAS DE JEITO NENHUM !!!!

    Estou pronto para ir às ruas pedir investigação de quaisquer atos de corrupção praticados por quem quer que seja.

    Que a Polícia Federal, O Ministério Público Federal e outras instituições sérias investiguem com total isenção, e que a Justiça puna exemplarmente todo aquele que tenha praticado irregularidade.

    Fazer o jogo e servir de instrumento de pessoas como ACM, Bornhausen, FHC, Serra, Alckmin, Arthur Virgílio, Álvaro Dias, Jeffersons da vida e outros, que todos sabemos bem quem são, JAMAIS!!!

    É LULA PRESIDENTE DE NOVO SIM !!!!

    É LULA DE NOVO COM A FORÇA DO POVO !!!

    .

  • Anônimo
    Há 1 década

    Bom, essa é uma questão q nos leva aos primórdios da política republicana brasileira, pois na época a maioria dos políticos eram fazendeiros sem instrução que se perpetuaram no poder e criaram leis para a manutenção dessa realidade, o que persiste até hoje.

    Acho que hoje, para desenpenhar quaisquer funções é necessário o 2º grau completo, até mesmo pq o mercado existe, o que não acontece com a política.

    Tb acho q conhecimento e inteligência não são sinônimos.

    Se a lei permite então qualquer cidadão pode se beneficiar dela.

    Candidatem-se a um cargo político se acham q podem fazer a diferança e resistir as tentações, pois nenhum cargo de vereador a presidente exige escolaridade.

  • O que você acha das respostas? Você pode entrar para votar em uma resposta.
  • Há 1 década

    Não,precisa de inteligência para saber escolher os auxiliares e ter a vontade de fazer alguma coisa pelo povo e pais. Escolaridade não é tudo, basta pesquisar a história do Brasil, só tem doutor ou general e veja o pais que nos deixaram. Você sabia que o maior QI já encontrado no mundo foi de um lavrador francês analfabeto. Para dizer a verdade esta informação é meio antiga, não sei se já encontraram outro mas valeu para a época.O presidente da república não precisa ser necessariamente um administrador, precisa ser um líder para comandar um grupo de especialistas em busca de um objetivo.

  • Há 1 década

    É pq a sua cabecinha é muito limitada com o meio acadêmico! Vc só é capaz de aprender se alguém te apresentar algo, não é capaz de aprender por conta própria

  • PRO LULA É VANTAJOSO ESSE LOBY QUE ELE TEM DE NAO SABER PORTUGUES NAO SABER NAO NE PORQUE SE ELE QUISESSE SABER JA TERIA APRENDIDO

  • Aldo
    Lv 6
    Há 1 década

    Só pra constar e pra você deixar de ser burra: a legislação proibe analfabetos de se candidatarem.

    Do jeito que você coloca a pergunta parece, que o Lula é um total analfabeto.

  • cricri
    Lv 4
    Há 1 década

    porque o país se chama brasil.

  • Anônimo
    Há 1 década

    Conheço pessoas que tem phd, mas como administradores são um verdadeiro fracasso. Por isto acho que administra é mas nato.Lula com certeza é o melhor.

  • Há 1 década

    Esta é a última mensagem política que envio, se você, eleitor, achar que deve lê-la, fique à vontade e reflita seriamente sobre o que está escrito abaixo, não é uma defesa Petista nem Tucana, abra um pouco os olhos para ver como estão andando as eleições e os eleitores em nosso país e vamos ver realmente quem é o ignorante.

    Tenho certeza que vai lhe valer a pena!

    Bom proveito!

    ÓDIO DE CLASSE: CAMPANHA ANTI-LULA DESTILA PRECONCEITO E RACISMO

    Luiz Inácio Lula da Silva tem sido vítima e discursos preconceituosos desde que disputou pela primeira vez um cargo executivo (em 1982). Mas na atual disputa eleitoral, com o crescente protagonismo da internet na campanha, o nível de baixaria e preconceito contra Lula chegou a níveis nunca antes observados numa eleição presidencial.

    O portal de relacionamentos Orkut foi alvo, recentemente, de processos judiciais que denunciam a utilização do site para a propagação de idéias racistas, preconceituosas e moralmente ofensivas.

    Como reação às denúncias, a Google Inc., controladora do Orkut, determinou a retirada de todas as comunidades que contivessem conteúdo inapropriado.

    Mas o que a Google não se deu conta ainda é que o “perigo” mora também em ambientes onde não se imagina que o preconceito e o racismo vão prosperar.

    Comunidades criadas no rastro do processo eleitoral, como as que são dedicadas às candidaturas presidenciais, são diariamente bombardeadas com mensagens de ódio e preconceito.

    Na comunidade “Nós votamos LULA Presidente 13”, a todo momento são denunciadas mensagens de conteúdo racista e preconceituoso, em geral disparadas por pessoas que se autodeclaram anti-Lula e de alguns que se definem como apoiadores da candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB).

    É preciso ressaltar, porém, que o site oficial do candidato Geraldo Alckmin, em nenhum momento reproduziu, repercutiu ou incentivou qualquer mensagem deste tipo.

    "Pobre", "nordestino" "ignorante"...

    Um dos comentários mais polêmicos foi de um usuário do Orkut que proclamou que Alckmin “não irá precisar dos nordestinos” se for eleito presidente.

    Um outro usuário chegou a espalhar uma imagem propondo a divisão do país em duas partes: o Norte e Nordeste ficaria sob a presidência de Lula e o Sul, Sudeste e Centro-Oeste sob o comando de Alckmin. Outro usuário, escreveu: “o pobre é burro por natureza, ele vota no Lula para continuar pobre"".

    Devido à enorme quantidade, seria impossível listar todas as mensagens de cunho preconceituoso que percorrem o Orkut diariamente, mas o tom de todas elas é sempre muito parecido.

    As “peças” de propaganda anti-Lula não ficam restritas ao Orkut. Elas se espalham pela Internet com uma velocidade espantosa. É difícil encontrar um usuário de internet que não tenha recebido em sua caixa postal eletrônica pelo menos uma mensagem que qualifica o presidente como “ignorante”, “iletrado”, “nordestino burro”, “operário cachaceiro” e outras tantas de calão ainda mais baixo. E nos últimos tempos, esta adjetivação deplorável passou a ser estendida também aos eleitores do presidente.

    Uma das mensagens que mais se propagaram através de e-mails foi uma falsa carta atribuída, também falsamente, a uma pessoa de nome Otacílio na qual se registrava: “Senhor Lula, o senhor foi colocado onde está por pessoas tão ignorantes quanto o senhor”.

    Mas a difamação é tamanha que a campanha de Lula precisou criar um boletim chamado “Boletim antivírus”, destinado a desmentir e criticar as mensagens espalhadas pela Internet.

    Segundo texto deste boletim, parte significativa das mensagens anti-Lula que circulam na Internet é constituída de charges, piadas, fotos e frases depreciativas contra o presidente da República. Há de tudo: de mentiroso a analfabeto, passando por bêbado.

    “Claro que se trata de grosseria, pura e simples. Mas, no fundo, estamos diante de um velho e lamentável conhecido: o preconceito de classe. Numa de suas variantes, o trabalhador não teria condições de governar o país, porque não teria a "alta cultura" exigida para tanto”, diz o boletim.

    Deficiência vira motivo de piada e peças de campanha

    Fora da Internet (mas alimentada por ela) o preconceito ganha forma através de peças de campanha como adesivos e panfletos apócrifos.

    Na região Sul, apoiadores de Alckmin distribuíram nas últimas semanas adesivos mostrando a figura de uma mão, com quatro dedos, dentro de um círculo cortado pela tarja símbolo de ""proibido"".

    A militância pró-Lula reagiu à ofensa e criou um outro adesivo, que mostra o desenho de uma mão aberta em ""L"", símbolo das campanhas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acompanhado dos dizeres ""Sou contra o preconceito, sou Lula"".

    A iniciativa foi do deputado Dr. Rosinha (PT-PR), que mantém em seu site modelos do adesivo e comentários sobre a campanha preconceituosa dos adversários de Lula.

    O presidente perdeu o dedo mínimo da mão esquerda num acidente de trabalho, quando era torneiro mecânico em fábrica do ABC paulista. Também a Associação Paranaense de Deficientes se mostrou indignada com a imagem, que incentivaria o preconceito.

    Segundo o assessor da campanha de Lula no Paraná, Fernando César de Oliveira, o adesivo está disseminado em Curitiba e no interior do Estado. O material também foi visto em Goiânia e São Paulo.

    Em Porto Alegre, o mesmo material foi apreendido no último domingo. Ele era distribuído por correligionários da coligação Rio Grande Afirmativo, de Yeda Crusius (PSDB).

    A juíza eleitoral Ângela Maria Silveira determinou busca e apreensão dos adesivos por considerar que promoviam manifestação preconceituosa em relação ao presidente.

    Um leitor do Vermelho que prefere não se identificar, enviou uma mensagem ao portal lamentando a campanha anti-Lula que explora a deficiência do presidente.

    Ele afirma que, na empresa onde trabalha, recebeu um e-mail contendo uma imagem explorando de forma jocosa os quatro dedos de Lula.

    “Além de confundir o eleitor mais simples, é extremamente preconceituoso. Recebi este e-mail do meu gerente e fiquei chateado, pois também perdi parte do indicador e médio da mão direita”, protesta.

    Lideranças derrapam em comentários polêmicos

    Mas o discurso preconceituoso não está impregnado apenas na ""militância"" que faz a campanha de Alckmin acontecer.

    Lideranças importantes do PSDB, como o recém-eleito governador de São Paulo, José Serra, e até o vice na chapa de Geraldo Alckmin, o senador José Jorge (PFL-PE), já foram flagrados em comentários polêmicos. Isso sem falar na já clássica frase do pefelista Jorge Bornhausen sobre “acabar com essa raça” de petistas.

    No último dia 16 de agosto, durante uma entrevista ao programa SPTV, da Rede Globo, José Serra afirmou que parte da culpa pelos maus resultados da educação no estado de São Paulo seria dos migrantes.

    ""Diferentemente dos Estados do Sul [que foram os primeiros colocados na avaliação], São Paulo tem muita migração. Muita gente que continua chegando... Este é um problema"", afirmou Serra.

    Já o vice de Alckmin, senador José Jorge, comentou que a votação de Lula no primeiro turno seria prejudicada por causa dos eleitores nordestinos que, segundo insinuação do senador, não sabem votar direito.

    ""No Nordeste, onde o Lula tem a maioria, o aproveitamento do voto é menor, porque as pessoas erram mais"", afirmou José Jorge.

    E não apenas os tradicionais aliados apelam para o preconceito, mas também os novos aderentes da candidatura tucana, como o ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, dão sua cota de contribuição para difamar o adversário a partir de comentários discriminatórios.

    Em texto publicado nesta quarta-feira (11), Garotinho, que é evangélico, repudiou os rituais de religiões afro-brasileiras. Além da manjada tradição de citar os recentes escândalos no governo, Garotinho diz que o presidente Lula fez vodu na África e “tomou banho de pipoca na Bahia”.

    “Sempre fui um defensor da liberdade religiosa. Mas é inadmissível que um cristão renomado, que conheça a palavra de Deus, vote em Lula, sabendo o que ele faz para ganhar voto”, cita Garotinho no texto.

    Mídia grande também destila seu veneno

    Setores da mídia conservadora também ajudam a colocar lenha nesta fogueira. Basta lembrar a lamentável reportagem da revista Veja, na qual o semanário estampou na capa a foto de uma mulher negra, título de eleitor na mão e a manchete espalhafatosa: “Ela pode decidir a eleição”.

    A chamada de capa ainda trazia a maldosa descrição: “Nordestina, 27 anos, educação média, R$ 450 por mês, Gilmara Cerqueira retrata o eleitor que será o fiel da balança em outubro”.

    Segundo o jornalista Altamiro Borges, “o intuito evidente da capa e da reportagem interna era o de estimular o preconceito de classe contra o presidente Lula, franco favorito nas pesquisas eleitorais entre a população mais carente”

    Algum tempo depois, foi a vez do jornal O Estado de São Paulo alimentar o mesmo discurso. Em matéria do dia 25 de setembro, o Estadão afirma que “eleitor do Nordeste expressa maior tolerância com desvios do que o do Sudeste”.

    O tom preconceituoso da matéria chocou até mesmo profissionais da grande imprensa. O jornalista Franklin Martins escreveu em seu site um texto no qual afirma que “jogando com números de uma pesquisa do Ibope que não prova nada, a matéria tenta sustentar a tese de que os nordestinos, os pobres e os negros dão menor valor à questão ética do que os habitantes do “Sul Maravilha”, os ricos e os pobres.” ... “Mas há mais. O Estadão avalia também que a pesquisa do Ibope permite estabelecer relação entre cor de pele e rigor moral: ‘Os que se autodeclaram brancos são mais implacáveis com a ética: 88% não votariam num corrupto; os que se autodeclaram pardos cobram menos e 85% não votariam em indiciados por corrupção; mas os que se autodeclaram pretos são os menos rígidos com a ética: só 82% negam o voto a corruptos’. Queira-se ou não, a idéia que se passa é de que, quanto mais escurinha for a cor da pele, maior será a frouxidão com valores éticos”... "Tenha a santa paciência...”, protesta Martins, certamente externando uma indignação que é de todos os brasileiros de bom senso.

    Já a Folha de S.Paulo é mais cuidadosa em relação a matérias que envolvem conceitos étnicos e raciais, mas é adepta de outro tipo de preconceito: o que atinge pessoas com pouca escolaridade.

    Exemplo claro disso é a lista de perguntas que o jornal da família Frias havia preparado para o presidente Lula, caso ele tivesse aceitado participar da sabatina agendada pelo jornal durante o primeiro turno das eleições.

    Entre as 50 perguntas que poderiam ser feitas, estavam algumas do tipo: “Como o Sr. responde aos que o consideram um deslumbrado com o poder?”, “Qual o último livro que o Sr. leu? Poderia comentá-lo?” e “O Sr. é extremamente católico. Já foi criticado por uma espécie de discurso messiânico. O Sr. de fato considera que é melhor que seus antecessores, que é predestinado? Por quê?”.

    Desabafo de um eleitor

    Em artigo publicado no site AfroPress, o cineasta Joel Zito de Araújo desabafa:

    “Para nós que temos sensibilidade e faro para o preconceito e o racismo, não será evidente o quanto de preconceito étnico (nordestino) e de classe está por trás da campanha anti-lula?

    Confesso que, também por uma questão racial e de classe, sinto nojo do que leio na imprensa e ouço da classe média que circulam em torno de mim. Não sinto nenhuma intimidade e identidade com os articulistas da Folha, de O Globo, e com esse enorme clamor udenista da classe média pela punição ética do Lula.

    Esse é o mesmo povo elitista de sempre, de mentalidade colonizada que odeia a nossa luta política, as proposições de cotas, o povo real que temos. E, que nos odeiam e nos vêem como porta-vozes do atraso e do ressentimento. Vejam onde estão os principais nomes que combatem as cotas?

    É por tudo isto, e pelas coisas positivas que Lula fez no campo da cultura, no campo racial, na diminuição do sofrimento daqueles que são realmente pobres, na política de estreitamento de relações sul-sul, inclusive com a África, que decidi o meu voto. Embora tudo isto que nomeio como positivo seja passível de muita crítica. Nada foi feito de forma irretocável. Mas foi um avanço.

    Essas são as razões que decidi pelo voto no Lula, e que me levaram a escrever este artigo, desejando ardorosamente que esta novela ridícula acabe no próximo domingo (o texto foi escrito antes do primeiro turno).”

Tem mais perguntas? Obtenha suas respostas perguntando agora.